Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Energias Renováveis > Fontes alternativas de energia

Fontes alternativas de energia

Comentários: 12
Fontes alternativas de energia

Desde o início do século XX, o mundo tem sofrido com a exploração de seus recursos naturais, e com a poluição da atmosfera, e com a degradação do solo. O petróleo, por exemplo, tem sido uma fonte de energia, e foi tão continuamente extraído que seus poços já começam a se esgotar, pouco menos de 100 anos após o início de sua utilização efetiva. O carvão, é um recurso ainda mais antigo, também é considerado esgotável. A energia nuclear, da mesma maneira, tem nos alerta para o perigo dos resíduos radioativos. O uso das fontes tradicionais traça sua trajetória ao declínio, não só pela sua característica, mas por que é uma ameaça ao meio ambiente.

Chamamos fonte alternativa de energia na ecologia para que se ganhar um espaço cada vez maior, essa fontes que chamamos de alternativa, que não prejudica a natureza, e são renováveis, e é por isso são perenes, existe varias tipos de fontes como, por exemplo: fontes renováveis são as que inclui a energia solar, é o painel solar, célula fotovoltaica, e a energia eólica é a turbina eólica, e o cata-vento, e a energia hídrica são roda d’água, turbina aquática e a biomassa que é matéria de origem vegetal.

O Brasil já demonstrou, em foro internacional, que a sua intenção é aprimorar o uso da energia renováveis e diversificar as fontes de geração de energia, com esse compromissa reduz o risco de um novo déficit hidrológico, que em geral leva a crise e o racionamento.

Muitos vêem a geração de energia renováveis como uma iniciativa isolada, incapaz de atender à grande demanda de um país continental. Com a utilização da energia alternativa não precisa abandonar de imediato os recursos tradicionais. Já na Alemanha, por exemplo, provou que o uso das fontes renováveis pode ser útil para o estado, e para a população e ao meio ambiente. A Alemanha é responsável por cerca de um terço de toda a energia eólica instalada no mundo. Isso representa metade da potencia gerada em toda a Europa.com esse investimento permitiu aos germânicos destacarem na utilização do combustível de origem vegetal, ou seja, biomassa. É Praticamente inesgotável, a fonte de energia solar que pode ser usada na produção de energia elétrica através de painéis solares e células fotovoltaicas. Os países que a quantidade de sol é abundante durante todo o ano, isso estimular o uso do recurso. Existem duas grandes formula de usar energia solar, a passiva e a ativa.

O método ativo baseia-se em transformar os raios solares em outra forma de energia: a térmica ou a elétrica, enquanto a passiva é utilizado para aquecimento de prédios ou edifícios através de concepções e estratégias construtivas. Esta aplicação é mais comum na Europa onde o frio constante demanda opções para a calefação. Já os painéis fotovoltaicos é a mais promissora fonte de energia renováveis, pois sua principal vantagem é a quase ausência de poluição. A grande limitação dos dispositivos fotovoltaicos é seu baixo rendimento, já a outra inconveniência são os custos de produção dos painéis que são elevados, devido a pouca disponibilidade de materiais semicondutores.



Waldiney Melo

Título: Fontes alternativas de energia

Autor: Waldiney (todos os textos)

Visitas: 0

778 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 12 )    recentes

  • Daiany Nascimento

    17-09-2012 às 18:26:14

    Texto muito bom. Acredito que as melhores fontes alternativas de energias sejam a eólica e a solar, pois existem em abundância e são eternas.

    ¬ Responder
  • taistais

    22-06-2012 às 15:02:07

    muinto bom oseu trabalho

    ¬ Responder
  • hiris torlonehiris torlone

    08-04-2011 às 19:00:44

    ADOREI SUA MATERIA , ME AJUDOU MUITO COM O MEU TRABALHO DA ESCOLA !!!
    PARABENS !!!

    ¬ Responder
  • Manuella TorlonniManuella Torlonni

    07-04-2011 às 00:10:06

    Gostei muito dá matéria, pois me ajudou muito
    desde já agradeço...
    Subrinha e Cristiane Torlonni

    ¬ Responder
  • Relief Gaiaaugusto

    30-03-2011 às 18:29:28

    minha professora vai ficar feliz valeu pela dica

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoBruna

    30-03-2010 às 17:05:23

    Muito Boa essa matéria!
    Me ajudou muito.
    Parabéns .

    ¬ Responder
  • palomapaloma

    12-03-2010 às 18:14:53

    o texto é muito bom eu fiquei sabendo muitas coisas que eu ñ sabia

    ¬ Responder
  • MONTENEGRO, JULIETAMONTENEGRO, JULIETA

    03-02-2010 às 19:21:41

    gostaria de saber se os Senhores dispõem de material sobre, Fontes alternativas de energia em DVD e também sobre reciclagem. Estou a procura de material para alunos de 8ª série ao Ensino Médio. Grata, pela atenção.

    ¬ Responder
  • maísa dos santosmaísa dos santos

    06-11-2009 às 12:58:21

    muito inteligente essa matéria,ainda mais para realização de trabalhos.

    ¬ Responder
  • Wagner Urbano Bravosara

    19-10-2009 às 09:43:56

    bastante interesante

    ¬ Responder
  • deboradebora

    19-09-2009 às 22:23:54

    Muito interessante o artigo. gostaria de receber mais informações sobre o assunto, se possível, pois estou trabalhando com meus alunos sobre o assunto. Obrigada

    ¬ Responder
  • Adelina KaserosAdelina Kaseros

    21-04-2009 às 19:02:47

    Agora,entendi melhor, isso veio me alerta sobre a energia.
    Obrigado pela sua explicação.
    E parabenizo toda a equipe da rua direita.

    ¬ Responder

Comentários - Fontes alternativas de energia

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como burlar a crise e fazer a viagem dos sonhos gastando pouco

Ler próximo texto...

Tema: Viagens
Como burlar a crise e fazer a viagem dos sonhos gastando pouco\"Rua
Não é novidade para ninguém que o Brasil está passando por uma séria crise econômica e política. Atrelado a isso, a elevação do dólar nos últimos meses tem contribuído para a queda considerável no número de viagens internacionais. Para os amantes de viagens, também chamados travelholics, a crise não é um motivo para adiar aquela viagem tão esperada.
Nesse post você terá dicas de como superar esse momento e realizar seu sonho de uma forma mais econômica, sem precisar de guias turísticos, que encarecem ainda mais a viagem.

Dica 1) Planeje sua viagem com antecedência.
Provavelmente a maioria já ouviu falar disso, mas é a pura verdade. Programar a viagem é o primeiro passo para uma estadia tranquila e bem mais barata. Escolher o destino, a época do ano e com quem ir é o começo de tudo. As passagens aéreas costumam ter preços promocionais quando comprada com antecedência e você poderá escolher melhor onde passará as noites.

Dica 2) Pesquise os preços das passagens diariamente.
Se o destino já está definido, comece a buscar as passagens já. Os preços costumam variar diariamente, e sim, podem cair ou subir absurdamente de um dia para o outro. Eu super indico o Google Voos como busca de passagem. Ele apresenta os valores e os horários das mais variadas companhias aéreas e no final, te redireciona para o site da empresa sem te cobrar nenhuma taxa por isso. Além disso, ter em mente a opção de flexibilizar as datas pode te possibilitar um bom desconto no final. Você e o seu vizinho de assento podem estar indo pro mesmo destino, mas pagando valores completamente diferentes.

Dica 3) Use e abuse do Google Maps para escolher a região de hospedagem.
O Google Maps é uma opção de busca com mil e uma utilidades. Depois de escolhida a cidade, pesquise a localização dos principais pontos turísticos que são do seu interesse. Há várias ferramentas para busca de hotéis e pontos turísticos no site. Se você vai depender de transporte público ou ''viação pé'' para conhecer a cidade, uma boa dica para economizar tempo e dinheiro é ficar na região cultural da cidade. Você poderá pagar um pouco mais caro na estadia, mas economizará em outros quesitos.

Dica 4) Utilize os sites de busca de hotéis para fazer as reservas.
Depois de muito pesquisar, descobri que organizar a viagem por conta própria pode sair até pela metade do preço do que seria através de uma agência de viagem. Existem muitos sites de hotéis, mas é bom pesquisar sua credibilidade em fóruns e sites de reclamação. Minha sugestão é o Booking.com, há anos no mercado com milhões de clientes, ele é reconhecido pela sua transparência e grande assistência àqueles que precisaram resolver algum problema. Utilizando as datas de entrada e saída, e os filtros como valor máximo da diária e número de estrelas, você encontra o melhor hotel pro seu gosto e seu bolso.

Dica 5) Seguro Viagem
É imprescindível a contratação de um seguro viagem se você está indo para o exterior. Dependendo do país, uma diária no hospital pode sair mais cara que toda a viagem. Sem falar que em caso de extravio de bagagem e algum problema mais grave com um parente próximo no país de origem, além de outras questões, o seguro tem a cobertura específica. Não se deixe levar pelos pequenos preços. Procure aqueles conhecidos mundialmente e, de preferência, utilizado por algum conhecido. Quanto mais detalhado for, melhor.

Dica 6) Curta a pré-viagem pesquisando
O período antes da viagem é tão gostoso quanto ela, propriamente dita. Aproveite para pesquisar sobre os locais do seu interesse, restaurantes, lojas e principalmente transporte. Hoje, já existe taxímetro online em grandes metrópoles, onde você pode fazer um cálculo estimado da corrida de um lugar a outro. Como o nosso objetivo é a economia, são muitas as alternativas de transporte. Além do bom e velho ônibus, as vans compartilhadas do aeroporto para o hotel podem sair bem mais em conta que o táxi. Para quem for ficar poucos dias em uma grande cidade, os ônibus vermelhos de dois andares, conhecidos por Hop On Hop Off, dão uma geral na cidade, passando pelos principais pontos e possibilitando ao turista parar onde quiser, e esperar pelo próximo nos pontos indicados. Existem ticktes de 24, 48 e 72 horas ilimitado, a partir do momento do primeiro uso.

Pesquisar mais textos:

Letícia Spínola Flávio

Título:Como burlar a crise e fazer a viagem dos sonhos gastando pouco

Autor:Letícia Spínola Flávio(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Adriana SantosAdriana Santos

    10-11-2015 às 21:16:50

    Gostei das dicas! Valeu!
    Realmente, as pessoas que amam viajar encontram diversas formas, nem que seja um lugar próximo a sua cidade!

    Abraços!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios