Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Decoração > A diferença de uma moldura

A diferença de uma moldura

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Decoração
Visitas: 6
Comentários: 3
A diferença de uma moldura

Uma boa moldura faz muita diferença na decoração da casa ou do escritório. Sabe aquela tela que você já agüenta mais olhar, ou aquele quadro que já lhe parece tão fora de moda e até mesmo aquela foto que aparenta não combinar com nada? Tudo pode mudar completamente com uma simples troca de moldura.

A moldura não serve apenas para dar acabamento em telas e quadros ou manter as fotos sobre a estante, ela também é parte da decoração de um ambiente e realça a imagem a qual ela envolve.

Existe uma infinidade de modelos, cores e tamanhos de molduras, algumas são especificas para certos tipos de utilização. A moldura em caixa alta é muito usada em telas, por exemplo.

São encontradas molduras em madeira, metal, gesso, resina ou plástico, com acabamento fosco ou brilhante.

O vidro e o fundo utilizado na composição de uma emolduração também são muito importantes, nos casos em que é utilizado vidro sempre verifique se tem a opção entre vidro comum ou antirreflexo, em quadros ou porta-retratos em que a imagem fica distante do vidro, este deve ser comum. Já nos casos em que o vidro fica exatamente sobre a imagem, prefira o antirreflexo, assim você verá apenas a imagem do quadro sem qualquer alteração ou sombreamento.

O fundo de acabamento, aquilo que fica atrás da imagem, pode ser em mdf, eucatex ou plástico, se for possível opte pelo eucatex. Apesar de ele dar um pouco mais de trabalho na hora da montagem, devido ao pó, ele resiste mais ao mofo e a umidade do que o mdf e é mais resistente a quebras e rachaduras do que o plástico.

Mas as molduras não servem apenas para telas, quadros e porta-retrato, elas também renovam espelhos e dão um acabamento especial em móveis. Um bom espelho não é muito barato, então antes de trocar aquele espelho no qual você não suporta mais se olhar, pense em renová-lo com uma bela moldura.

Muitos marceneiros conseguem trabalhar bem o detalhamento de móveis com molduras, em banheiros, por exemplo, fica um charme o balcão com detalhes em moldura igual ao espelho.

Uma boa opção para quem gosta de fotos, mas não quer ter vários porta-retratos pela casa, são os quadros multifotos que podem ser encontrados prontos em lojas de fotografia e decoração e também em moldurarias e vidraçarias onde você tem a possibilidade de fazer no tamanho e formato que desejar.


Fabiane Martello

Título: A diferença de uma moldura

Autor: Fabiane Martello (todos os textos)

Visitas: 6

771 

Imagem por: Muffet

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 3 )    recentes

  • SophiaSophia

    26-04-2014 às 21:46:06

    Uma bela moldura tem grande valor e nos dá a oportunidade de colocarmos uma foto, algo que deixe lembranças em nossa vida e daqueles que estarão no lugar.

    ¬ Responder
  • Daniela VicenteDaniela Vicente

    17-09-2012 às 21:37:55

    eu gosto muito de molduras. favorece imenso a casa e dá um toque muito pessoal, com fotografias nossas, da nossa família, de férias, etc. acho que quem não gosta de molduras tem algum problema com o lado pessoal, que deve resolver. conheço pessoas que não gostam de molduras e nunca percebi bem porquê, mas acredito que está ligado a algo a resolver.há muitas variedades de molduras e parece-me algo fantástico para decorar a casa.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoWillians

    05-02-2013 às 18:18:14

    Tbm concordo, valoriza e harmoniza o ambiente da casa!!!

    ¬ Responder

Comentários - A diferença de uma moldura

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

A arte de trabalhar a madeira

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Serviços Construção
A arte de trabalhar a madeira\"Rua
A carpintaria constitui, digamos assim, a arte de trabalhar a madeira. É claro que, de acordo com o produto final, se percebe bem que uns carpinteiros são mais artistas do que outros…

Às vezes nem se trata tanto dos pormenores, mas mesmo de desvirtuar o que era a ideia inicial e constava da encomenda. Mal comparado, quase se assemelha à situação daquela aspirante a costureira que pretendia fazer uma camisola para o marido e, no fim, saíram umas calças!

Na construção civil, a madeira é utilizada para diversos fins, temporários ou definitivos. Na forma vitalícia (esperam os clientes!) incluem-se estruturas de cobertura, esquadrias (portas e janelas), forros, pisos e edifícios pré-fabricados.

Quase todos os tipos de madeira podem ser empregues na fabricação de móveis, mas alguns são preferidos pela sua beleza, durabilidade e utilidade. É conveniente conhecer as características básicas de todas as madeiras, como a solidez, a textura e a côr.

Ser capaz de identificar o género de madeira usado na mobília lá de casa pode ajudar a determinar o seu real valor. Imagine-se a possibilidade de uma cómoda velha, que estava prestes a engrossar o entulho para a recolha de lixo, ter sido feita com o que hoje se considera uma madeira rara.

É praticamente equivalente a um bilhete premiado do Euromilhões, dado que se possui uma autêntica relíquia! Nestes casos, a carpintaria entra na área do restauro e da recuperação. Afinal, nem tudo o que é velho se deita fora…

Por outro lado, as madeiras com textura mais fraca são frequentemente manchadas para ganhar personalidade. Aqui há que remover completamente o acabamento para se confirmar a verdadeira natureza da madeira.

É assim também com muita gente: tirando a capa, mostram-se autenticamente. Mas destes, nem um artificie com “bicho-carpinteiro” consegue fazer nada…!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:A arte de trabalhar a madeira

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Imagem por: Muffet

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Luene ZarcoLuene

    23-09-2014 às 13:23:35

    Uma excelente técnica que penso ser muito bonito e sofisticado. A arte de trabalhar madeira está sempre em desenvolvimento e crescimento.

    ¬ Responder
  • Rua DireitaRua Direita

    01-06-2014 às 05:18:46

    É ótimo o trabalho com a madeira. Pode-se perceber grandes obras que se faz com ela. Realmente, é uma verdadeira arte!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios