Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > 10 DICAS PARA SUPERAR A ANSIEDADE

10 DICAS PARA SUPERAR A ANSIEDADE

Categoria: Outros
10 DICAS PARA SUPERAR A ANSIEDADE

O que é Ansiedade?

O termo "ansiedade" tem várias definições nos dicionários não técnicos: aflição, angústia, perturbação do espírito causada pela incerteza, relação com qualquer contexto de perigo, entre outros.

Levando-se em conta o aspecto técnico, devemos entender ansiedade como um fenômeno que ora nos beneficia, ora nos prejudica, dependendo das circunstâncias ou intensidade, e que tornar-se patológico, isto é, prejudicial ao nosso funcionamento psíquico (mental) e somático (corporal).

A ansiedade estimula o indivíduo a entrar em ação, porém, em excesso, faz exatamente o contrário, impedindo reações.
Causas

Os transtornos de ansiedade são doenças relacionadas ao funcionamento do corpo e às experiências de vida.

A pessoa pode se sentir ansiosa a maior parte do tempo sem nenhuma razão aparente ou pode ter ansiedade apenas às vezes, mas tão intensamente que se sentirá imobilizada. A sensação de ansiedade pode ser tão desconfortável que, para evitá-la, as pessoas deixam de fazer coisas simples (como usar o elevador) por causa do desconforto que sentem.
Sintomas
Sintomas de Ansiedade

Os transtornos da ansiedade têm sintomas muito mais intensos do que aquela ansiedade normal do dia a dia. Eles aparecem como:

Preocupações, tensões ou medos exagerados (a pessoa não consegue relaxar)
Sensação contínua de que um desastre ou algo muito ruim vai acontecer
Preocupações exageradas com saúde, dinheiro, família ou trabalho
Medo extremo de algum objeto ou situação em particular
Medo exagerado de ser humilhado publicamente
Falta de controle sobre pensamentos, imagens ou atitudes, que se repetem independentemente da vontade
Pavor depois de uma situação muito difícil.

Tratamento de Ansiedade

Existem três tipos de tratamento para os transtornos de ansiedade:
Série Ansiedade
Controle a ansiedade

Medicamentos (sempre com acompanhamento e receita médica)
Psicoterapia com psicólogo ou médico psiquiatra
Combinação dos dois tratamentos (medicamentos e psicoterapia).

A maior parte das pessoas com ansiedade começa a se sentir melhor e retoma as suas atividades depois de algumas semanas de tratamento. Por isso, é importante procurar ajuda especializada na unidade de saúde mais próxima. O diagnóstico precoce e preciso da ansiedade, o tratamento eficaz e o acompanhamento por um prazo longo são imprescindíveis para obter melhores resultados e menores prejuízos.

1. EVITE CAFEÍNA E AÇÚCARES REFINADOS

Ambos são estimulantes da ansiedade e por isso devem ser evitados. Açúcares podem até causar a impressão oposta, de calmaria, logo a pós a sua ingestão, mas algum tempo depois, causarão o efeito oposto.

2. EVITE PREOCUPAÇÕES

É verdade que algumas preocupações são inevitáveis, mas tente afastar de sua mente aquelas que não influenciam em nada na resolução de seus problemas, pois essas só servem para aumentar os seus níveis de ansiedade.

3. PRATIQUE EXERCÍCIOS FÍSICOS

A prática de exercício físico auxilia na descarga de energia e relaxamento do corpo, além de elevar os níveis de satisfação emocional. Além disso, ajuda a distrair a mente, a regular o sono e estimula o sistema imunológico.

4. CONSUMA CHÁS PARA RELAXAR

Bons exemplos de chás que induzem naturalmente ao relaxamento: maçã com camomila, erva cidreira, kava, hipericão, laranja com hortelã.

5. PRATIQUE MEDITAÇÃO E/OU YOGA

Ambas práticas ajudam a acalmar a mente e relaxar o corpo. A Yoga é um meio termo entre a meditação e o exercício físico e tem trazido ótimos resultados entre os seus adeptos.

6. PENSAMENTO POSITIVO

Oriente seus pensamentos para vibrações positivas, especialmente nos momentos de crise ansiosa. Pode parecer difícil, mas com treino e prática, você consegue. Pensamentos negativos podem te jogar no ciclo vicioso da ansiedade, já os positivos, podem atenuar seus sintomas.

7. RESPIRE FUNDO

E calmamente… quando você consegue controlar o ritmo da sua respiração, aos poucos seu metabolismo se estabiliza também.

8. RESPEITE SUAS LIMITAÇÕES

E, quando for preciso, peça ajuda para resolver os problemas que estão te causando ansiedade.

9. OCUPE SUA MENTE

De preferência com algo útil e prazeroso, para que você tire o foco dos problemas e das causas da ansiedade.

10. IDENTIFIQUE A CAUSA

Depois de identificar o problema que está causando ansiedade em você, mantenha-se longe dele, pelo menos até que possa solucioná-lo.

Caso todas essas dicas não funcionem, procure um psiquiatra, que poderá te orientar com algum medicamento específico para ansiedade. Ou mesmo um psicólogo para te ajudar e descobrir novos recursos para lidar com a situação.


Elisangela Lourenço de Oliveira

Título: 10 DICAS PARA SUPERAR A ANSIEDADE

Autor: Elisangela Lourenço Oliveira (todos os textos)

Visitas: 0

186 

Comentários - 10 DICAS PARA SUPERAR A ANSIEDADE

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Autobiografia de Alice B. Toklas, de Gertrude Stein, pela primeira vez em Portugal

Ler próximo texto...

Tema: Literatura
Autobiografia de Alice B. Toklas, de Gertrude Stein, pela primeira vez em Portugal\"Rua
Gertrude Stein foi uma escritora de peças de teatro, de peças de opera, de ficção, de biografia e de poesia, nascida nos Estados Unidos da América, e escreveu a Autobiografia de Alice B. Toklas, vestindo a pele, e ouvindo pela viva voz da sua companheira de 25 anos de vida, os relatos da historia de ambas, numa escrita acessível, apresentando situações caricatas ou indiscretas de grandes vultos da arte e da escrita da sua época. Alice B. Toklas foi também escritora, apesar de ter vivido sempre um pouco na sombra de Stein. Apesar de ambas terem crescido na Califórnia, apenas se conheceram em Paris, em 1907.


Naquela altura, Gertrude vivia há quatro anos com o seu irmão, o artista Leo Stein, no numero 27 da rue de Fleurus, num apartamento que se tinha transformado num salão de arte, recebendo exposições de arte moderna, e divulgando artistas que viriam a tornar-se muito famosos. Nestes anos iniciais em Paris, Stein estava a escrever o seu mais importante trabalho de início de carreira, Three Lives (1905).


Quando Gertrude e Alice se conheceram, a sua conexão foi imediata, e rapidamente Alice foi viver com Gertrude, tornando-se sua parceira de escrita e de vida. A casa, como se referiu atrás, tornou-se um local de reunião para escritores e artistas da vanguarda da época. Stein ajudou a lançar as carreiras de Matisse, e Picasso, entre outros, e passou a ser uma espécie de teórica de arte, aquela que descrevia os trabalhos destes artistas. No entanto, a maior parte das críticas que Stein recebia, acusavam-na de utilizar uma escrita demasiado densa e difícil, pelo que apenas em 1933, com a publicação da Autobiografia de Alice B. Toklas, é que o trabalho de Gertrude Stein se tornou de facto reconhecido e elogiado.


Alice foi o apoio de Gertrude, foi a dona de casa, a cozinheira, grande cozinheira aliás, vindo mais tarde a publicar algumas das suas receitas, e aquela que redigia e corrigia o que Gertrude lhe ditava. Assim, Toklas fundou uma pequena editora, a Plain Editions, onde publicava o trabalho de Gertrude. Aliás, é reconhecido nesta Autobiografia, que o papel de Gertrude, no casal, era o de marido, escrevendo e discutindo arte com os homens, enquanto Alice se ocupava da casa e da cozinha, e de conversar sobre chapéus e roupas com as mulheres dos artistas que visitavam a casa. Depois da morte de Gertrude, Alice continuou a promover o trabalho da sua companheira, bem como alguns trabalhos seus, de culinária, e um de memórias da vida que ambas partilharam.


Assim, este livro que inspirou o filme “Meia noite em Paris”, de Woody Allen, é um livro a não perder, já nas livrarias em Portugal, pela editora Ponto de Fuga.

Pesquisar mais textos:

Liliana Félix Leite

Título:Autobiografia de Alice B. Toklas, de Gertrude Stein, pela primeira vez em Portugal

Autor:Liliana Félix Leite(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios