Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > O Amor Não se Diz, Prova-se

O Amor Não se Diz, Prova-se

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Outros
O Amor Não se Diz, Prova-se

Vivemos num mundo estranho, cujos “inquilinos” têm atitudes estranhas mas às quais todos já nos habituámos há muito. Todos os dias ouvimos coisas bonitas, escutamos músicas fantásticas que cantam sentimentos ainda mais bonitos, vemos filmes que falam das mesmas coisas, e por vezes parece que o mundo chega a ser bonito, tão cheio de altruísmo, de amor ao próximo, no entanto quando abandonamos os castelos feitos no ar verificamos que à nossa volta as pessoas enganam-se umas às outras, vivem à procura da oportunidade certa para passarem o outro para trás, são trapaceiras, egoístas, mesquinhas e mentirosas, e os sentimentos de amor e altruísmo, são meros atos de poesia… estranhamente o mundo é um mundo muito mais de palavra do que de ação. Muitas vezes eu própria não consigo agir absolutamente em conformidade com aquilo que apregoo e em que acredito… Porquê? Porque esta matéria humana de que está impregnado o sangue que me corre nas veias, impede-me de ser outra coisa que não isto, humana… imperfeita, incapaz… falível, direi…
Mas Deus provou o seu amor para connosco quando Cristo morreu por nós sendo nós ainda pecadores, isto é o que encontramos em Romanos 5:8. Nós falamos, Deus prova. Nós pronunciamos palavras, Ele é um deus de ação e age nas nossas vidas no intuito de fazer de nós, gente nova, gente com garra, gente que no futuro seja capaz de demonstrar um pouco do amor de Deus pelos homens.

Nos dias de hoje, muitos são os que apregoam o amor de Deus, mas não são assim tantos os que provam o amor de Deus através das suas atitudes; falta gente que viva esse amor de Deus. Digo isto porque se toda a gente amasse como Deus amou o mundo, jamais existiria ódio, jamais haveria vingança, jamais haveria maledicência, e por onde quer que andemos, para onde quer que olhemos, verificamos que a maioria das pessoas está bem quando o seu irmão está mal…

Deus deu o seu bem mais precioso, o seu filho único para remissão de uma gente que o ignorava, uma gente que vivia de costas voltadas para ele, uma gente que o desprezaria quando Ele viesse ao mundo… foi a gente como esta, gente como aquela que nós encontramos nos nossos dias, gente que odeia, gente que o rejeita, foi a gente assim que Deus entregou o seu filho para que a salvasse… para que remisse a sua vida do inferno e lhe desse uma vida nova cheia de verdadeiro amor, aquele amor genuíno que dá sem pretender receber nada em troca… um amor que o ser humano não tem como compreender se não der o passo de entregar a sua vida na mão deste Deus amoroso que está ainda de mão estendida para receber aquele que quiser aceitar o seu favor.

O tempo escasseia mas é ainda hora de encontrar o Amor verdadeiro, o amor de Deus que podemos espalhar através da nossa própria existência!

Ana Sebastião

Título: O Amor Não se Diz, Prova-se

Autor: Ana Sebastião (todos os textos)

Visitas: 0

616 

Comentários - O Amor Não se Diz, Prova-se

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O meu instrumento musical avariou!

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Instrumentos Musicais
O meu instrumento musical avariou!\"Rua
É inevitável que, mais cedo ou mais tarde, um instrumento musical precise de reparação.

Mesmo que conheçamos bem o nosso instrumento e o consigamos arranjar, na maioria das vezes é necessário um técnico para o fazer com a melhor das qualidades.

Eventualmente, nem será necessário existir um problema com o instrumento, poderá ser apenas uma questão de manutenção. 

No caso de uma guitarra, por exemplo, qualquer instrumentista é perfeitamente capaz de substituir uma corda partida e tirar da guitarra o mesmo som que ela tinha.

No entanto, existem reparações, seja uma amolgadela no tampo ou uma tarraxa arrancada, que convêm ser feitas por técnicos especializados.

Por norma, as próprias casas que vendem instrumentos musicais efectuam essas reparações ou são capazes de aconselhar técnicos para as fazer.

Mediante o instrumento musical em questão, a reparação ou manutenção poderá ser mais cara. É sempre mais fácil arranjar um técnico que repare um piano do que um que arranje oboés.

Apesar de ser normal cuidar do nosso instrumento musical regularmente, os percalços acontecem todos os dias. Para os contornar, há sempre alguém que nos poderá aconselhar melhor do que nós próprios.

Apesar de poder sair mais caro, temos também a certeza de que o nosso instrumento foi arranjado por especialistas no assunto.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:O meu instrumento musical avariou!

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • luiz fabiano 18-02-2012 às 15:48:28

    boa tarde amigos preciso de um cabo flex da lcd da camera g70 se aulguem tiver mande um email obrigado

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios