Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Fotografia > Molduras

Molduras

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Fotografia
Visitas: 4
Comentários: 4
Molduras

Uma fotografia ou um quadro, por mais artísticos e belos que sejam, podem ser tornados ainda melhores se tiverem a moldura adequada a enquadra-los e a destacar a peça em questão.

As molduras são caixilhos para guarnecer e adornar, entre outras coisas, pinturas, fotografias, espelhos, entre outros. Muitas vezes, é o próprio conjunto entre a moldura e o seu conteúdo que valoriza uma obra de arte, sendo que existem até mesmo molduras com iluminação incorporada para dar aida mais realce à peça de arte ou fotografia que pretende evidenciar.

As molduras apareceram há cerca de 3.000 anos em pinturas feitas em vasos e em túmulos. Mais tarde, surgiram em mosaicos, painéis decorativos ou ainda nos famosos retábulos, em que a própria moldura era, por vezes, uma obra de arte maior do que a própria pintura ou igualmente trabalhosa.

As molduras são tão antigas como a própria arte e acompanham desde há muito os movimentos artísticos ao longo da história.

Atualmente, existe uma tendência pela simplificação, pelo que é considerado o ideal uma moldura simples e pouco adornada que permite destacar o conteúdo que se pretende expor.

As molduras digitais começam agora também a ocupar um lugar de destaque na nossa sociedade que cada vez mais está atenta às gadgets e novas tecnologias.Estas molduras funcionam através de um cartão de memória que é inserido na própria moldura e permite depois fazer uma apresentação que inclui uma ou várias fotos.

Agora as molduras tornam-se em algo dinâmico que lhe permite ter um ou vários ecrãs onde podemos recordar aquele jantar ou aquelas férias na neve ou uma outra fotografia que tiramos durante um acesso artístico quaisquer.


Rua Direita

Título: Molduras

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 4

763 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 4 )    recentes

  • neusaneusa

    04-02-2012 às 22:52:15

    @neusa
    por que já não mandaram o preço, o site para compra, se tem o tamanho 20x25 ???

    ¬ Responder
  • neusaneusa

    25-01-2012 às 13:13:59

    Gostaria de saber onde encontrar a moldura mostra acima, dourada, no tamanho 20x25. Compro por atacado para minha loja e, dependendo do preço, peço bastante.
    obrigada.
    neusa

    ¬ Responder
  • martagasparmartagaspar

    13-05-2011 às 20:33:13

    Tenho meia dúzia delas parecidas, maiores e mais pequenas e gostaria de vendê-las

    ¬ Responder
  • izabela eveliizabela eveli

    27-04-2011 às 03:00:56

    adorei essa moldura da foto, você teria como informar onde posso encontra-lo para comprar? ou pelo menos parecido...
    Obrigado,
    Izabela.

    ¬ Responder

Comentários - Molduras

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Martelos e marrettas

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Ferramentas
Martelos e marrettas\"Rua
Os martelos e as marretas são, digamos assim, da mesma família. As marretas poderiam apelidar-se de “martelos com cauda”. Elas são bastante mais robustas e mantêm as devidas distâncias: o cabo é maior.

Ambos constituem, na sua génese, amplificadores de força destinados a converter o trabalho mecânico em energia cinética e pressão.

Com origem no latim medieval martellu, o martelo é um instrumento utilizado para “cacetear” objectos, com propósitos vários, pelo que o seu uso perpassa áreas como o Direito, a medicina, a carpintaria, a indústria pesada, a escultura, o desporto, as manifestações culturais, etcétera, variando, naturalmente, de formas, tamanhos e materiais de composição.

A diversidade dos martelos é, realmente, espantosa. O mascoto, por exemplo, é um martelo grande empregue no fabrico de moedas. Com a crise económica que assola o mundo actualmente, já se imaginam os governantes, a par dos banqueiros, de martelo em punho para que não falte nada às populações…

Há também o marrão que, mais do que o “papa-livros” que tira boas notas a tudo, constitui um grande martelo de ferro, adequado para partir pedra. Sempre poupa trabalho à pobre água mole…

O martelo de cozinha serve para amaciar carne. Daquela que se vai preparar, claro está, e não da de quem aparecer no entretanto para nos martelar a paciência…!

Já no âmbito desportivo, o lançamento do martelo representa uma das provas olímpicas, tendo sido recentemente adoptado na modalidade feminina. Imagine-se se, em vez do martelo, se lançasse a marreta… seria, certamente, mesmo sem juiz nem tribunal, a martelada que sentenciaria a sorte, ou melhor, o azar de alguém!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Martelos e marrettas

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios