Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Vestuário > Sapatos Rasos VS Sapatos de alto com plataforma

Sapatos Rasos VS Sapatos de alto com plataforma

Categoria: Vestuário
Comentários: 1
Sapatos Rasos VS Sapatos de alto com plataforma

Um dos pontos que penso estar constantemente na mente das mulheres, quando se preparam para sair de casa ou quando preparam a sua toilete para o dia seguinte, é sem duvida a questão do calçado. Muitas recorrem à bota como o seu calçado de eleição, mas para aquelas que gostam de usar um sapato, seja ele raso ou alto, existe sempre uma questão que surge nas suas cabeças. Deverei usar uns sapatos rasos ou uns saltos altos?

Bem, é sabido que esta questão é muitas vezes ignorada em prol da confortabilidade. O que na minha maneira de ver é ridículo e passo a explicar. Os sapatos rasos podem ser confortáveis sem dúvida nenhuma e ajudam qualquer uma a chegar ao fim do dia com os pés descansados, são levezinhos e fazem aquele pezinho pequenino, e sem esforço trazem um look desportivo que ao mesmo tempo é actual. Sim, todas as mulheres os usam e são aceites na nossa sociedade e nos nossos locais de trabalho, a questão é que além de não serem femininos, sexy’s e inovadores, são extremamente enfadonhos.

Sou totalmente da opinião que, uns sapatos altos, sejam eles de salto alto normal ou um salto alto de plataforma, fazem maravilhas ao corpo feminino. Além de obrigarem a uma postura mais recta e ombros direitos, são incrivelmente femininos.

Estes têm a capacidade de até mesmo, para uma mulher que não possua o corpo “perfeito” ou as pernas “perfeitas”, conferir uma postura mais recta e elevar toda a sua presença, a um estado bem mais feminino e atraente. Na procura da confortabilidade, os saltos altos com plataforma, são os aliados de qualquer mulher que queira transmitir um ideal constante de feminilidade e queira ter uma presença forte e reconhecida. Aposte e arrisque. Não são tão confortáveis!? Quer ser uma mulher feminina e imponente ou só mais uma “Maria vai com as outras”?

Eleve-se a sua feminilidade até onde ela a deve levar e verá que as pessoas iram olhar para si com outros olhos. Sigam a nova grande tendência, ser-se uma mulher de poder e feminina.



Bruno Jorge

Título: Sapatos Rasos VS Sapatos de alto com plataforma

Autor: Bruno Jorge (todos os textos)

Visitas: 0

651 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • SophiaSophia

    12-06-2014 às 20:05:45

    Quando saio para um lugar que necessita uma boa caminhada como por exemplo, compras prefiro as sandálias baixas. Mas, quando é algo bem especial, uma saída com amigas, namorado prefiro os sapato alto.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Comentários - Sapatos Rasos VS Sapatos de alto com plataforma

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Martelos e marrettas

Ler próximo texto...

Tema: Ferramentas
Martelos e marrettas\"Rua
Os martelos e as marretas são, digamos assim, da mesma família. As marretas poderiam apelidar-se de “martelos com cauda”. Elas são bastante mais robustas e mantêm as devidas distâncias: o cabo é maior.

Ambos constituem, na sua génese, amplificadores de força destinados a converter o trabalho mecânico em energia cinética e pressão.

Com origem no latim medieval martellu, o martelo é um instrumento utilizado para “cacetear” objectos, com propósitos vários, pelo que o seu uso perpassa áreas como o Direito, a medicina, a carpintaria, a indústria pesada, a escultura, o desporto, as manifestações culturais, etcétera, variando, naturalmente, de formas, tamanhos e materiais de composição.

A diversidade dos martelos é, realmente, espantosa. O mascoto, por exemplo, é um martelo grande empregue no fabrico de moedas. Com a crise económica que assola o mundo actualmente, já se imaginam os governantes, a par dos banqueiros, de martelo em punho para que não falte nada às populações…

Há também o marrão que, mais do que o “papa-livros” que tira boas notas a tudo, constitui um grande martelo de ferro, adequado para partir pedra. Sempre poupa trabalho à pobre água mole…

O martelo de cozinha serve para amaciar carne. Daquela que se vai preparar, claro está, e não da de quem aparecer no entretanto para nos martelar a paciência…!

Já no âmbito desportivo, o lançamento do martelo representa uma das provas olímpicas, tendo sido recentemente adoptado na modalidade feminina. Imagine-se se, em vez do martelo, se lançasse a marreta… seria, certamente, mesmo sem juiz nem tribunal, a martelada que sentenciaria a sorte, ou melhor, o azar de alguém!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Martelos e marrettas

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios