Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Vestuário > Roupas do verão

Roupas do verão

Categoria: Vestuário
Visitas: 2
Comentários: 3
Roupas do verão

Não se desanime e abuse das cores cítricas, e fique lindona sob a alta temperatura deste verão. Use sempre a batinha solta, que realça o busto e desfaça a barriguinha neste look, a calça jeans skinny alonga a silueta e deixa você como se estivesse perdido alguns quilinhos. Mas se você quer usar um minivestido de tom cítrico + legging neutro é uma combinação perfeita e ideal. As batas coloridas com apliques garantem um belo visual pop chique, é uma ótima opção para sair do casual. São também ideais os vestidos de visco lycra com apliques em paetê é muito sensual, isto é se seu intuito é arrasar. Garanta nesta estação mais quente do ano que é o verão não usar tons escuros como o preto e marrom, e azul marinho. Entre nessa moda agora e adote os tons cítricos para o dia a dia.

A ordem é que apareçam as cores cítricas com as tendências dos anos 80, que voltaram com tudo e prometem deixar qualquer look muito mais arrasador e vibrante. Os tons como azul Royal, roxo. Pink, amarelo-flúor e laranja já invadiram as ruas de todos os países. Mas tenha cuidado que a idéia é saber usar as cores e não parecer um papagaio. Todas as mulheres devem aderir essas cores inclusive as mais cheinhas, e aprenda a tirar proveito das novidades para o seu tipo físico e fique por dento das cores cítrico. Com salto alto e cores vibrantes é preciso ter muito personalidade para andar por ai com esse visual vibrante. Mas se você é tímida deve evitar essas cores, é sempre bom está segura para poder chamar atenção.

Nunca deve usar duas cores cítricas, é bom sempre usar peças inteiras como vestidos, ou misturar uma peça com outra em tom neutro para não sobrecarregar o look, blusa cítrica+ saia neutra. Já um tipo casual é possível deixar um visual mais esportivo, que combine uma peça cítrica com uma calça jeans ou uma legging fica show, ou outra opção é usar uma blusa de cor vibrante por baixo de um terninho neutro, isso vai deixar você arrasar. Saiba ser centro das atrações com acessórios bastante expressivos, com braceletes e colares grandes, de acrílico, prata, metais pesados, entre outros, e nunca acessórios delicados e românticos. O tom de pele é muito importante, as mais branquinhas devem optar por tons fortes mais gelados, como o roxo, azul Royal, Pink. Já as morenas fiam belíssimas com as cores quentes, como amarelo- flúor laranja.


Waldiney Melo

Título: Roupas do verão

Autor: Waldiney (todos os textos)

Visitas: 2

666 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 3 )    recentes

  • SophiaSophia

    09-06-2014 às 01:58:31

    Roupas de varão são excelentes para usar uma regatinha, um short e ficamos até mais à vontade. Porém, não se deve exagerar usando mini roupas que ficam mais vulgar do que bem vestidas.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • jessica souza

    06-11-2012 às 18:46:24

    quero ver a novidas da moda.

    ¬ Responder
  • Sofia NunesSofia Nunes

    16-09-2012 às 15:48:20

    Quem não adora roupa de verão? Quase tudo é permitido em termos de combinações e é significativamente mais barata e animada que a roupa de inverno, não causando tantas confusões na altura de escolher o conjunto diário. Mesmo quando as obrigações pessoais ou sociais obrigam à escolha de roupas menos descontraídas, a escolha é sempre vasta o sucesso garantido, desde que tenhamos bom gosto e não nos deixemos levar pelo espírito demasiado relaxado da estação.

    ¬ Responder

Comentários - Roupas do verão

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Um caminho para curar o transtorno alimentar

Ler próximo texto...

Tema: Saúde
Um caminho para curar o transtorno alimentar\"Rua
De acordo com um relatório divulgado em novembro de 2014 pelo Comitê Permanente sobre o Status da Mulher, entre 600 mil a um milhão de canadenses cumprem os critérios diagnósticos para um transtorno alimentar em um dado momento. Problemas de saúde mental com ramificações físicas graves, anorexia e bulimia são difíceis de tratar.

Os programas públicos de internação frequentemente não admitem pacientes até que estejam em condição de risco de vida, e muitos respondem mal à abordagem em grupo. As clínicas privadas costumam ter listas de espera épicas e custos altos: um quarto custa de US$ 305 a US$ 360 por dia.


Corinne lutou juntamente com seus pais contra a bulimia e anorexia por mais de cinco anos. Duffy e Terry, pais de Corinne, encontraram uma clínica na Virgínia. Hoje, aos 24 anos, ela é saudável e está cursando mestrado em Colorado. Ela e seus pais acreditam que a abordagem holística, o foco individualizado e a estrutura imersiva de seu tratamento foram fundamentais para sua recuperação.

Eles sabem que tinham acesso a recursos exclusivos. "Tivemos sorte", diz Duffy. "Podíamos pagar por tudo." Mas muitos não podem.
A luta desta família levou-os a refletir sobre o problema nos Estados Unidos. Em 2013, eles fundaram a Water Stone Clinic, um centro privado de transtornos alimentares em Toronto. Eles fazem yoga, terapia de arte e participam na preparação de refeições, construindo habilidades na vida real com uma equipe de apoio empática. Os programas funcionam nos dias da semana das 8h às 14h, e até agora, não tem lista de espera. Porém essa abordagem é onerosa: aproximadamente US$ 650 por dia.

A família criou a Fundação Water Stone - uma instituição de caridade que fornece ajuda a pacientes que não podem pagar o tratamento. Os candidatos são avaliados por dois comitês que tomam uma decisão baseada na necessidade clínica e financeira. David Choo Chong foi o primeiro a se beneficiar da fundação. Ele havia tentado muitos programas, mas nenhum foi bem sucedido. A fundação pagou metade do tratamento. Dois anos depois, Choo Chong, feliz e estável diz "Water Stone me ajudou a encontrar quem eu sou".

Pesquisar mais textos:

Roberta Darc

Título:Um caminho para curar o transtorno alimentar

Autor:Roberta Darc(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios