Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Vestuário > Dê uma reviravolta ao seu armário

Dê uma reviravolta ao seu armário

Categoria: Vestuário
Visitas: 12
Comentários: 3
Dê uma reviravolta ao seu armário

No que toca a arrumações, nada me agrada mais do que chegar a casa com novas peças de roupa e arrumá-las no armário. Nada me motiva mais a arrumar o guarda-roupa! Gosto de retirar peças que já não visto, quer seja por me ter desgostado delas, ou apenas porque não me parece que me favoreçam – dou por mim a pensar no dia em que também elas foram novas e como estava feliz com a sua aquisição !!

Como qualquer mulher, gosto de ter peças de roupa para ocasiões distintas: peças mais casuais, roupa para o dia-a-dia e um número reduzido de toiletes de cerimónia. Como tal, há que saber dividir e arrumar o armário da forma mais prática e de acesso rápido às roupas mais requisitadas.

O ideal é possuir um armário que comporte gavetas, cabides e, ocasionalmente, uma zona em que pode arrumar roupa dobrada, empilhando peça sobre peça.

Nos cabides, que devem ser de diferentes formatos e objectivos, opte por arrumar calças, saias, camisas, coletes, casacos, calções, blusões, vestidos e blusas ou camisolas mais finas. Reserve a zona menos acessível do roupeiro para a roupa de cerimónia e casacos de inverno de grande volume. Na época do frio, poderá alterar esta ordem, destinando o espaço menos alcançável a vestidos e outras roupas de verão.

Nas gavetas, tem duas opções: pode colocar roupa de estações diferentes da actual, impedindo que se sujem e onde menos a perturbarão; ou então, pode optar por arrumar roupa interior, meias, collants ou pequenas peças que utiliza todo o ano. Pessoalmente, gosto de destinar as gavetas a roupa que não uso durante meses, libertando o espaço que resta às peças que utilizo naquela estação.

Para quem tem espaço, sugiro que separe as peças de roupa consoante a sua natureza ou objectivo. Por exemplo, gosto de separar as camisolas de lycra das restantes e separo as que normalmente utilizo para jantar fora ou sair à noite num local distinto. Assim, na altura de escolher, não perco tanto tempo à procura do que quero, pois sei à partida a zona onde muito provavelmente estará a roupa que pretendo.

Para mim, esta forma de arrumação faz sentido e aplica-se da melhor formas ao espaço que tenho. Existem no mercado várias soluções para arrumação. Procure informar-se sobre estas e perceber quais são as que melhor se adequam a si e ao seu armário.



Cláudia Bandeira

Título: Dê uma reviravolta ao seu armário

Autor: Cláudia Bandeira (todos os textos)

Visitas: 12

638 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 3 )    recentes

  • SophiaSophia

    09-06-2014 às 01:41:41

    Tento evitar deixar o armário bagunçado, pois quando se procura uma roupa, acabamos não encontrando. É tão importante deixá-lo bem organizado, ainda mais ao sair de casa para trabalhar.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoCarla Horta

    09-09-2012 às 12:31:19

    Como tenho armários grandes e bastante espaço, optei por colocar uma peça de roupa por cada cabide e está dividido em categorias e cores. por exemplo, saias de um lado, separadas por cores, calças também e depois camisas e casacos. Até nas prateleiras das camisolas está assim. Para arrumar é mais fácil também.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoClarinha

    24-08-2009 às 12:17:34

    Oi..estive lendo este artigo e uma boa ideia é tambem arrumar a roupa por cores..ou seja os tops pretos todos juntos, camisolas de malha azuis todas juntas e etc..è muto prático para quem tem bastante roupa..Sempre que queremos um top preto já sabemos onde esta.

    ¬ Responder

Comentários - Dê uma reviravolta ao seu armário

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Ler próximo texto...

Tema: Informática
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?\"Rua
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Bom, Não é de hoje que tecnologia vem surpreendendo a todos nós com grandes revoluções e os custos que diminuem cada vez mais.
Hoje em dia é comum ver crianças com smarthphones com tecnologia que a 10 anos atrás nem o celular mais moderno e caro do mercado tinha.
Com isso surgiram sugiram vários profetas da tecnologia e visionários, tentando prever qual será o próximo passo.

E os filmes retratam bem esse tema e usam essa formula que atrai a curiosidade das pessoas.
Exemplos:

Minority report - A nova lei de 2002 (Imagem)

Transcendence de 2014

Em Transcendence um tema mais conspiratório, onde um ser humano transcende a uma consciência artificial e assim se torna imortal e com infinita capacidade de aprendizagem.
Vale a pena ver tanto um quanto o outro filme. Algumas tecnologias de Minority Report, como utilizar computadores com as mãos (caso do kinect do Xbox 360 e One) e carros dirigidos automaticamente, já parecem bem mais próximo do que as tecnologias vistas em Transcendence, pois o foco principal do mesmo ainda é um tema que a humanidade engatinha, que é o cérebro humano, a máquina mais complexa conhecida até o momento.

Eu particularmente, acredito que em alguns anos teremos realmente, carros pilotados automaticamente, devido ao investimento de gigantes como o Google e o Baidu nessa tecnologia.

Também acho que o inicio da colonização de Marte, vai trazer grandes conquistas para humanidade, porém grandes desafios, desafios esses que vão nos obrigar a evoluir rapidamente nossa tecnologia e nossa forma de encarar a exploração espacial, não como um gasto, mas sim como um investimento necessário a toda humanidade e a perpetuação da sua existência.

A única salvação verdadeira para humanidade e para o planeta terra, é que seja possível o ser humano habitar outros planetas, seja localizando planetas parecidos com a terra ou mudando planetas sem condições para a vida em planetas habitáveis e isso só será possível com gente morando nesses planetas, como será o caso do Marte. O ser humano com a sua engenhosidade, aprendeu a mudar o ambiente a sua volta e assim deixou de ser nômade e da mesma forma teremos que aprender a mudar os mundos, sistemas, galáxias e o universo a nossa volta.

Espero que tenham gostado do meu primeiro texto.
Obrigado à todos!
Até a Próxima!


Pesquisar mais textos:

Érico da Silva Kaercher

Título:Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Autor:Érico da Kaercher(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios