Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Vestuário > Saldos! O que deve comprar

Saldos! O que deve comprar

Categoria: Vestuário
Visitas: 4
Comentários: 3
Saldos! O que deve comprar

A época de saldos representa uma oportunidade para se adquirir roupa mais barata e, espera-se, regressar a casa com a certeza de se terem comprado as peças certas. Existem, assim, duas épocas pré-definidas durante o ano para que os comerciantes escoem o produto em final de colecção, poupem no armazenamento de peças que já ninguém compra e comecem a encomendar a nova colecção. É, pois, entre 15 de Julho e 15 de Setembro e entre 28 de Dezembro e 28 de Fevereiro que normalmente se verificam as épocas de saldos.

Quando partir na odisseia das compras em saldos, lembre-se de que deverá observar alguns preceitos fundamentais. Deste modo, escolha a parte da manhã para ir às compras e seleccione lojas e boutiques mais sossegadas, ao invés de lojas situadas em centros comerciais (estas terão mais gente e as peças já estarão mais escolhidas, pelo que vai ser difícil encontrar o que procura). Elabore também uma lista do que pretende comprar (calças, blusas, casacos, acessórios) e anote tudo num papel. Calcule também quanto pretende gastar em cada peça e estabeleça um tecto para o montante gasto nos saldos. Aproveite também a onda dos preços baixos para comprar peças de roupa habitualmente mais caras, nomeadamente casacos de Inverno ou blusões de couro e, ainda, para visitar lojas de marca que, por esta altura, têm artigos a preços idênticos aos que paga pela sua roupa habitual fora de época. Lembre-se também de comprar apenas peças que combinam com a roupa que já tem guardada no armário, caso contrário arrisca-se a ter de comprar mais peças para combinarem com a peça isolada que adquiriu e, assim, não estará a cumprir o objectivo máximo dos saldos: poupar. Compre peças de utilidade no dia-a-dia e, quando se deparar com aquela camisola com que sempre sonhou, não hesite: compre-a mesmo, pois se decidir ir para casa pensar se deve efectuar ou não a compra, arrisca-se a voltar à loja e a não encontrar a peça pretendida. Finalmente, desconfie sempre de preços extremamente baixos, pois as peças em fim de colecção podem não estar nas melhores condições e arrisca-se a comprar roupa com defeito. Numa situação destas, deverá regressar à loja e pedir que lhe troquem a peça ou que lhe devolvam o dinheiro, a não ser que a razão do desconto fosse o próprio defeito.

Posto isto, saia de casa e… boas compras!

Isabel Rodrigues

Título: Saldos! O que deve comprar

Autor: Isabel Rodrigues (todos os textos)

Visitas: 4

628 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 3 )    recentes

  • SophiaSophia

    09-06-2014 às 00:26:06

    É certo que devemos aproveitar o saldo, pois há bastante preços em conta, mas é preciso ter cuidado com o que comprar para não exagerar.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoCarla Horta

    09-09-2012 às 12:24:50

    Na altura dos saldos aproveito para comprar algumas roupas que sejam de uma marca mais cara e que se encontram com bons descontos. Existem marcas que primam pela qualidade mas que não são para todas as bolsas, pelo que nos saldos há que aproveitar.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoGlorinha

    25-08-2009 às 10:43:33

    Os saldos para mim são um perdição, aproveito para comprar todo, até mesmo aqueles trapinhos que acabo por não usar e ficam esquecidos no armário.

    ¬ Responder

Comentários - Saldos! O que deve comprar

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Contador de moedas

Ler próximo texto...

Tema: Material Escritório
Contador de moedas\"Rua
O mundo dos negócios exige um grande dispêndio de energia e muitas horas de trabalho. No entanto hoje já é possível fazer recurso da alta tecnologia para poupar tempo e dinheiro. O recurso às funções do computador para o comércio facilita e atrai muitos clientes para empresas e comerciantes. No que diz respeito a contas é possível fazer uma contagem rápida e eficaz do dinheiro, sem passar horas a contar e com o risco de engano. É por isso que cada vez mais pessoas ligadas a negócios e serviços optam por adquirir um contador de moedas. Deste modo sabem que poupam tempo e não falham na sua contagem.

Dos inúmeros equipamentos que a alta tecnologia põe ao dispor, este é sem dúvida um equipamento que beneficia em muito o trabalho de muita gente. Por ser pequeno é muito cómodo e exige pouco espaço, ou melhor pode ser colocado em qualquer lugar.

Torna-se evidente que as novas tecnologias vieram para simplificar a vida e trazem muitas vantagens, rentabilizam e poupam tempo. No caso do contador de moedas, sem enganos, falhas e complicações. É o ideal para ter num escritório de uma empresa, em escolas, cafés, pastelarias, salões de jogos, bancos, cinema, serviços financeiros e de tesouraria e outros ligados a serviços públicos e privados.

Em resumo, se está ligado a qualquer trabalho de comércio ou serviços pode poupar muto tempo e problemas apenas colocando um equipamento destes no seu espaço de trabalho. As suas vantagens são inúmeras, em especial: permite realizar uma contagem rápida das moedas dividindo-as e fazendo a sua soma, conta o total das moedas, o valor total em cada tipo de moedas e a quantidade de todas as moedas.

Contem e separa no mínimo duzentas e vinte moedas por minuto, sem erro, conta e separa tudo no mesmo equipamento, permite alimentar o aparelho com quantidades entre as trezentas e quinhentas moedas de cada vez e continuar a adicionar mais moedas enquanto está a contar. Além disso o aparelho pode ser programado para separar um número de moedas predeterminado.

O seu design é bastante inovador e resistente. Os materiais de elevada qualidade, de fácil ligação e paragem automática.

Possui uma elevada funcionalidade, baixo consumo (70W), pouco peso, aproximadamente quatro kg, velocidade ultra rápida, pequena dimensão e estão todos certificados pela EU. Deste modo também possuem garantia, são fáceis de usar e de arrumar.

As suas funções práticas permitem que o contador de moedas possa estar em qualquer lugar.

Pesquisar mais textos:

Teresa Maria Batista Gil

Título:Contador de moedas

Autor:Teresa Maria Gil(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios