Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Vestuário > O que deve vestir e não vestir no trabalho

O que deve vestir e não vestir no trabalho

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Vestuário
Visitas: 8
Comentários: 2
O que deve vestir e não vestir no trabalho

Num emprego em que não seja obrigatório o uso de uniforme, as condições climatéricas não são o único motivo de dúvida relativamente ao que se deve levar vestido. Em certos casos, a escolha pode mesmo tornar-se penosa. Contudo, é possível sublimar ou até eliminar a incerteza quando se têm em conta fatores como a filosofia da empresa, o cargo que se ocupa e a forma de trajar dos demais funcionários. De salientar que sempre que se exerçam funções de chefia ou de contacto direto com clientes, a imagem do colaborador é a imagem da empresa que ele está a representar.

Nesta perspetiva, tudo o que traduza exageros, quer seja na roupa (mini-saias ou mini-blusas que reportam a atividade profissional de outra natureza (!), cores garridas ou fluorescentes, que trocam os olhos dos interlocutores, decotes tão exagerados que prendem olhares e “desprendem” concentração no(s) assunto(s) em questão, calças com uma cintura de tal maneira descaída que mais parecem estar em queda livre, etcétera), na maquilhagem (não vale a pena fazer concorrência ao arco-íris!), no cabelo, nas unhas, nas joias e acessórios (é bom lembrar-se que o seu contrato não engloba a exibição ostensiva de joalharia – para isso existem os manequins, que saem bastante mais baratos…) e em qualquer elemento de uma aparência que se pretende sóbria. De igual modo, saltos muito altos, camisa de manga curta com gravata (para os homens), meias brancas com calças clássicas, gravata com calça de ganga, entre outros conjuntos aberrantes estão interditos.

Ter cuidado com o próprio aspeto é assaz importante, uma vez que o vestuário tem a dita de transmitir mensagens e revelar certos pontos da personalidade de quem o enverga. Vestir-se adequadamente é indicativo do valor que uma pessoa dá à a si mesma e da possibilidade de retratar de forma adequada a organização. Efetivamente, o(a) profissional não se veste apenas para si, mas também para clientes, chefes e companheiros de trabalho. Sendo assim, a moda vigente deve ser a cultura da empresa e não as tendências de um setor que muda constantemente.

Embora a seleção da roupa dependa do local, do grau de exigência e das horas do dia (ou da noite), discrição é a palavra de ordem. A extravagância chama a atenção, mas é contraproducente no que toca ao profissionalismo. Outro requisito essencial é a maneira como a vestimenta assenta no corpo. Roupas demasiado largas dão um ar de desmazelo e excessivamente apertadas delineiam contornos que dificilmente deixarão os seus ouvintes atentos às suas ideias. Vestir uma peça que lhe cai na perfeição trará uma confiança extra, até pelo bem-estar que lhe proporciona. Um fato azul-marinho, por exemplo (tanto para homem como para senhora) evoca poder e tem força numa entrevista de emprego. Já o cinzento (simples) evidencia experiência, independentemente da idade.

Maria Bijóias

Título: O que deve vestir e não vestir no trabalho

Autor: Maria Bijóias (todos os textos)

Visitas: 8

696 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • SophiaSophia

    09-06-2014 às 03:41:50

    Muito importante essa observação do que deve se vestir ou não no ambiente de trabalho.Penso que a modéstia, o bom senso é o caminho!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • Sofia NunesSofia Nunes

    16-09-2012 às 16:23:16

    Não defendo regras estritas que condicionam aquilo que devemos vestir no local de trabalho, uma vez que só condicionam a liberdade e a expressão pessoal de cada um. No entanto, aqueles que, por gosto ou por vicissitudes da vida, se encontram no mundo empresarial no qual existem indicações rigorosas sobre aquilo que devem ou não vestir, podem, com imaginação e bom gosto, adaptar o seu estilo pessoal ao código de vestuário do trabalho. Boas dicas.

    ¬ Responder

Comentários - O que deve vestir e não vestir no trabalho

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Dicas para decorar salas pequenas.

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Decoração
Dicas para decorar salas pequenas.\"Rua
A realidade das grandes cidades é que a maioria das pessoas mora em espaços pequenos. É fato também que todos desejam ter um ambiente acolhedor e aconchegante para receber amigos. Em contrapartida, na medida em que os espaços encolhem, a quantidade de aparelhos eletrônicos que utilizamos aumenta cada vez mais. Há ainda quem use a sala como home-office.

Nesta busca de inspiração para organizar e incrementar sua sala, encontramos uma série de sites especializados e blogs com muitas, muitas ideias. O conceito de D.I.Y. (do it yourself) que significa "faça você mesmo” nunca esteve tão na moda. É uma alternativa para reduzir gastos com mão de obra e nada melhor do que criar um espaço com um toque todo seu. Inspirações e ideias não faltam. Hoje, de certa forma todos nos sentimos meio decoradores.

Mas planejar a decoração de uma sala pequena exige alguns cuidados para que o ambiente não fique entulhado de móveis, disfuncional ou até mesmo desagradável.

Confira algumas dicas para decorar sua sala com estilo e valorizando seu espaço:
Os espelhos, além da autocontemplação, causam efeitos interessantes. Aplicados, por exemplo, em uma parede inteira pode duplicar a amplitude do ambiente. Pode ser usado também em móveis, tetos, em diversos formatos e valorizar a luminosidade da decoração.

As cores tem poder de causar sensações. Em ambientes com pouco espaço, elas podem colaborar para que a sensação de amplitude possa tanto aumentar quanto diminuir. Para pintar as paredes de sua sala aposte em cores claras. O teto com uma cor mais clara que a das paredes, por exemplo, pode simular uma elevação do teto, já em uma cor mais escura, promoverá uma sensação de rebaixamento do teto.

A escolha e posição dos móveis são um aspecto muito importante. Opte por poucos móveis, nunca de tamanhos exagerados e posicione-os de forma que valorize o espaço. Móveis que misturam poucos materiais, baixos e com linhas retas proporcionam leveza ao ambiente.

Uma solução muito interessante para espaços pequenos é a utilização de prateleiras. Caixas para produtos horto frutícolas reformadas podem se tornar lindas prateleiras. Mas cuidado com a profundidade, para não atrapalhar na disposição de outros móveis e objetos.

Móveis multifuncionais ou móveis inteligentes são excelentes alternativas para uma sala pequena. Um bom exemplo são pufes, que podem ser usados como mesas de centro ou ficarem alojados debaixo de aparadores e quando recebemos visitas podem se transformar em assentos extras. Mesas dobráveis também são uma ótima opção.

Escolher o mesmo piso ou revestimento pode dar a impressão de área maior, de continuidade. Mudanças drásticas de um ambiente para outro pode causar a sensação de divisão e consequentemente fazer parecer menor.

Algumas outras dicas: um sofá retrátil ou reclinável garante muito mais conforto e ocupa o espaço de um sofá simples. Suporte ou painéis móveis para TV possibilitam que ela seja movida na direção desejável. Caso o ambiente tenha escadas, escolher um modelo de escadas vazadas evita divisões e pode se tornar uma peça de destaque na sala. E para as cortinas, escolha tecidos leves, lisas e sem estampas.

De qualquer forma, ouse, não tenha medo de arriscar, crie, não copie, só assim será seu!

Luciana Santos.

Outros textos do autor:
Dicas para decorar salas pequenas.

Pesquisar mais textos:

Luciana Maria dos Santos

Título:Dicas para decorar salas pequenas.

Autor:Luciana Maria Santos(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Carlos Rubens Neto 16-06-2016 às 16:20:24

    Excelente matéria! Parabéns Luciana ;)

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios