Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Vestuário > Borla Mania

Borla Mania

Categoria: Vestuário
Comentários: 3
Borla Mania

Este Verão vamo-nos deparar com alguns novos, pontos-chave em termos de tendências na moda feminina. Uma das mais interessantes e refrescntes é o uso de borlas. E o que são borlas?

Bem, as borlas são originalmente, os ornamentos que podíamos até a uns anos atrás encontrar em cortinas. Sim é verdade, as borlas este ano estão presentes como um acessório que complementa um sapato, um cinto largo de vestido, tal como, pode ser um aplique para uns brincos ou até mesmo podem servir para adornar um colar cumprido, mais eclético.

Aconselha-se no entanto, que estas sejam de materiais, tal como, o dourado ou seda, materiais com um certo brilho, pois com certeza não quererá parecer um hippy, mas poderá encontrar borlas feitas de todo o tipo de material e cores. Convém que não faço uso de borlas demasiado grandes, pelo menos nos sapatos, tente restringir o recurso a estas, ao mínimo para evitar um look demasiado pesado.

Faça uso destas, pois irão definitivamente trazer um elemento de boa disposição, alegria, brincadeira e leveza ao seu look de Verão.

Mostramos alguns exemplos de borlas, como apresentadas pela Gucci , Louis Vuitton e Tiffany & Co., aplicadas nas mais diversas formas.

Divirta-se este Verão.



Bruno Jorge

Título: Borla Mania

Autor: Bruno Jorge (todos os textos)

Visitas: 0

611 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 3 )    recentes

  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoCarla Horta

    07-09-2012 às 23:17:33

    Já existem lojas especializadas em comercializar este tipo de borlas, bolinhas e outros adereços. Interessa ter imaginação e começar a trabalhar. Nos sapatos e principalmente em sandálias as borlas dão um aspecto diferente e original. É de experimentar.

    ¬ Responder
  • miguelBruno Jorge

    09-04-2011 às 11:56:37

    @Joana Afumetar
    Bom dia Joana.Bem, eu penso que aqui no site será um pouco complicado mas aconselho seguir este exemplo, que lhe dá a possibilidade de fazer borlas personalizadas em casa. O que na minha opinião é óptimo para conseguir uma maior coerência no seu estilo, este video do Youtube é optimo. Tente, no entanto, usar materiais mais finos. http://www.youtube.com/watch?v=p9H82Kk49zM
    Boa sorte e boas borlas. Um óptimo Verão.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoJoana Afumetar

    08-04-2011 às 00:38:28

    Entao , Borlas e Mais Borlas este verao Bruno....ok e onde compro aqui no site...

    ¬ Responder

Comentários - Borla Mania

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Autobiografia de Alice B. Toklas, de Gertrude Stein, pela primeira vez em Portugal

Ler próximo texto...

Tema: Literatura
Autobiografia de Alice B. Toklas, de Gertrude Stein, pela primeira vez em Portugal\"Rua
Gertrude Stein foi uma escritora de peças de teatro, de peças de opera, de ficção, de biografia e de poesia, nascida nos Estados Unidos da América, e escreveu a Autobiografia de Alice B. Toklas, vestindo a pele, e ouvindo pela viva voz da sua companheira de 25 anos de vida, os relatos da historia de ambas, numa escrita acessível, apresentando situações caricatas ou indiscretas de grandes vultos da arte e da escrita da sua época. Alice B. Toklas foi também escritora, apesar de ter vivido sempre um pouco na sombra de Stein. Apesar de ambas terem crescido na Califórnia, apenas se conheceram em Paris, em 1907.


Naquela altura, Gertrude vivia há quatro anos com o seu irmão, o artista Leo Stein, no numero 27 da rue de Fleurus, num apartamento que se tinha transformado num salão de arte, recebendo exposições de arte moderna, e divulgando artistas que viriam a tornar-se muito famosos. Nestes anos iniciais em Paris, Stein estava a escrever o seu mais importante trabalho de início de carreira, Three Lives (1905).


Quando Gertrude e Alice se conheceram, a sua conexão foi imediata, e rapidamente Alice foi viver com Gertrude, tornando-se sua parceira de escrita e de vida. A casa, como se referiu atrás, tornou-se um local de reunião para escritores e artistas da vanguarda da época. Stein ajudou a lançar as carreiras de Matisse, e Picasso, entre outros, e passou a ser uma espécie de teórica de arte, aquela que descrevia os trabalhos destes artistas. No entanto, a maior parte das críticas que Stein recebia, acusavam-na de utilizar uma escrita demasiado densa e difícil, pelo que apenas em 1933, com a publicação da Autobiografia de Alice B. Toklas, é que o trabalho de Gertrude Stein se tornou de facto reconhecido e elogiado.


Alice foi o apoio de Gertrude, foi a dona de casa, a cozinheira, grande cozinheira aliás, vindo mais tarde a publicar algumas das suas receitas, e aquela que redigia e corrigia o que Gertrude lhe ditava. Assim, Toklas fundou uma pequena editora, a Plain Editions, onde publicava o trabalho de Gertrude. Aliás, é reconhecido nesta Autobiografia, que o papel de Gertrude, no casal, era o de marido, escrevendo e discutindo arte com os homens, enquanto Alice se ocupava da casa e da cozinha, e de conversar sobre chapéus e roupas com as mulheres dos artistas que visitavam a casa. Depois da morte de Gertrude, Alice continuou a promover o trabalho da sua companheira, bem como alguns trabalhos seus, de culinária, e um de memórias da vida que ambas partilharam.


Assim, este livro que inspirou o filme “Meia noite em Paris”, de Woody Allen, é um livro a não perder, já nas livrarias em Portugal, pela editora Ponto de Fuga.

Pesquisar mais textos:

Liliana Félix Leite

Título:Autobiografia de Alice B. Toklas, de Gertrude Stein, pela primeira vez em Portugal

Autor:Liliana Félix Leite(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios