Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Empresariais > 3 Ferramentas indispensaveis para empreendedores de primeira viagem

3 Ferramentas indispensaveis para empreendedores de primeira viagem

Categoria: Empresariais
Comentários: 5
3 Ferramentas indispensaveis para empreendedores de primeira viagem

O que são: As ferramentas para empresas são essenciais para organizar elementos no início de um negócio.

Por que adquirir ferramentas: Os empreendedores de sucesso, ao falar sobre sua trajetória, muitos irão comentar que para chegar onde estão eles, não conseguiram apenas por conta da sua paixão. Foi preciso enfrentar diversos erros e obstáculos e, só assim, o sucesso foi alcançado. Muita das vezes, a maioria dos empreendedores de primeira viagem estão se deparando com certas empresas que fecham suas portas logo nos primeiros dois anos de operação.

Sabemos que o sucesso de uma empresa requer muito trabalho e, na maioria das situações, isso não acontece do dia para a noite. Pensando nisso, resolvemos disponibilizar 3 ferramentas que podem salvar empreendedores de primeira viagem.

Conheça-as:
Ferramentas que salvam empreendedores de primeira viagem

1. Utilizar modelos de negócios

Existem várias falhas que levam pequenas empresas ao suicídio. Muitos empreendedores se culpam, acreditando que não são suficientes capazes para fazer o negócio funcionar. Outros, acreditam que o modelo de negócio é variável e dá muito certo.

Segundo especialistas, as falhas não estão nas duas opções citadas acima. A maioria desses empreendedores simplesmente ficam sem dinheiro para suportar o negócio. E sabemos que é preciso ter dinheiro para dar inicio e dar continuidade nos projetos de uma empresa.

Muitas empresas buscam diversas soluções, onde encontram o modelo de negócio como saída. E o mais utilizado é o crowdsourcing. Por ser novo, esse modelo vem causando inovações disruptivas no mercado, trazendo vantagens e desvantagens, como qualquer outro modelo.

Como resultado, o público ou a massa fornece seu conhecimento técnico e tempo para a empresa, gerando os resultados positivos que as grandes empresas precisam.

2. Ter uma equipe capacitada

Empresas que procuram crescer devem ter uma equipe capacitada. Além de estarem capacitadas, elas apresentam um mix de experiências adequadas ao modelo de negócios ou a outros serviços. A estrutura organizacional é um ponto forte, pois uma empresa com estrutura forte não tem seu relacionamento com o cliente abalado.

Para uma empresa colecionar comentários positivos em relação a diversos setores, vários profissionais, desde o presidente ao estagiário, tem a responsabilidade de tirar as dúvidas e reduzir a insegurança de todos os seus consumidores.

O segredo é ser honesto com seus clientes. Também é preciso saber se está contemplando o que pode dar errado. Nesse momento é a hora que entra em cena a sua equipe, e acredite, elas podem ajudar a identificar a vulnerabilidade do seu negócio.

3. Não avaliar corretamente seu modelo de negócios

Nem todo mundo incorpora um modelo de negócios em seu planejamento. Para grandes empreendedores, é muito simples guardar o conceito do seu negócio, o problema está na avaliação do seu modelo de negócios.

Ter uma grande ideia é um grande passo, é claro. Mas o que muitos não sabem é que isso é apenas o começo de vários problemas, onde nem sempre essa ideia será um modelo rentável.

O grande passo que as empresas de sucesso tomaram foi recorrer a um centro de desenvolvimento de pequenas empresas. Por lá, os profissionais irão avaliar o modelo de negócios e, assim, irão oferecer aconselhamento especializado. O resultado final é que seus negócios já estabelecidos ganham uma estrutura mais viável. Optar por essa escolha vale muito a pena.


Fabio Santos

Título: 3 Ferramentas indispensaveis para empreendedores de primeira viagem

Autor: Fabio Santos (todos os textos)

Visitas: 0

617 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 5 )    recentes

  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãosergio

    21-04-2014 às 23:19:38

    Fantástico, vou fazer apresentação na escola com base neste texto - 3 Ferramentas indispensaveis para empreendedores de primeira viagem - posso?

    ¬ Responder
  • SophiaSophia

    01-05-2014 às 15:44:04

    Pode sim, Sergio. Só cite no seu trabalho o link da Rua Direita,ok? Obrigada!

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoEdmundo júnior

    21-04-2014 às 01:05:35

    Sim eu concordo muito boas dicas as 3 ferramentas indispensáveis para empreendedores de primeira viagem , fez muito sentido

    ¬ Responder
  • SophiaSophia

    01-05-2014 às 15:47:22

    A Rua Direita agradece! Volte outras vezes!

    ¬ Responder
  • SophiaSophia

    20-04-2014 às 16:55:59

    A Rua Direita recomenda a todos os leitores utilizarem essas dicas, muito boas!

    ¬ Responder

Comentários - 3 Ferramentas indispensaveis para empreendedores de primeira viagem

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Os primeiros brinquedos

Ler próximo texto...

Tema: Brinquedos
Os primeiros brinquedos\"Rua
O brinquedo é mais do que um objecto para a criança se divertir e distrair, é também uma forma de conhecer o mundo que tem ao seu redor e para dar asas à sua imaginação. Desta forma, os brinquedos sempre estiveram presentes na sociedade.

Os primeiros brinquedos datam de 6500 anos atrás, no Japão, em que as crianças brincavam com bolas de fibra de bambu. Entretanto há 3000 anos surgiram os piões feitos de argila e decorados, na Babilónia.

No século XIII apareceram os soldadinhos de chumbo, porém só eram acessíveis às famílias nobres. Cinco séculos mais tarde, apareceram as caixas de música, criadas por relojoeiros suíços.

As bonecas são muito antigas, surgiram enquanto figuras adoradas como deusas, há 40 mil anos, mas a primeira fábrica abriu apenas em 1413 na Alemanha. Barbie, a boneca mais famosa do mundo, foi criada em 1959, mas ainda hoje é das mais apetecíveis pelas crianças.

O grande boom dos brinquedos aconteceu quando se descobriu o plástico para o fabrico. Mesmo assim, muitas famílias não podiam comprar brinquedos aos filhos, como tal, estes utilizavam diversos tipos de materiais e construíam os seus próprios brinquedos.

Actualmente, as crianças têm acesso a uma enorme variedade de brinquedos, desde bonecas, a carros telecomandados, a videojogos… Educativos ou apenas lúdicos, há de tudo e para todos os gostos e preços.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Os primeiros brinquedos

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • umdolitoys 23-01-2013 às 05:46:38

    Adorei a reportagem! e tenho algo para vocês verem!!

    Espero que gostem!!!

    ¬ Responder
  • sofia 22-07-2012 às 21:56:29

    Achei muito interecante e muito legal saber que ano foi fabricadoas bonecas

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios