Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Alimentação > O Essencial Sobre o Vegetarianismo

O Essencial Sobre o Vegetarianismo

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Alimentação
Visitas: 4
O Essencial Sobre o Vegetarianismo

O vegetarianismo é uma dieta alimentar que soma cada vez mais adeptos, sendo que muitos reclamam que é, mais que aquilo que comem, um estilo de vida. Existem diversificadas razões na base da escolha pessoal pelo vegetarianismo - restrições alimentares advindas de intolerâncias e alergias, busca por uma alimentação mais saudável ou sensibilidade para o sofrimento animal parecem ser as principais razões para a adoção de uma dieta vegetariana ou vegana.

Quase nem é preciso dizer, mas a cozinha vegetariana pode (e deve) ser muito saborosa, além de cumprir os pressupostos de uma dieta nutritiva, que se basta a si própria, e claro, mais ecológica. As opções são muitas e variam também de acordo com o tipo de vegetarianismo que se adota.




Assim, há os ovo-lacto-vegetarianos, que mantêm ovos, leite e derivados na sua dieta, os ovo-vegetarianos, os lacto-vegetarianos e claro, os vegetarianos “puros”, que excluem da sua dieta alimentar qualquer produto de origem animal. Por último, existem os veganos que, para além de seguirem uma alimentação estritamente vegetariana, não consomem, no seu dia a dia, qualquer produto de origem animal. Excluem assim produtos testados em animais (produtos de higiene capilar e corporal, cosméticos e perfumes de companhias que testem em animais) e produtos de origem animal, como sapatos, casacos ou malas de pele. O veganismo constitui, por assim dizer, o último estádio da evolução no sentido de uma maior humanidade e consciencialização em relação aos animais. Muitos vegetarianos dos primeiros estádios aqui apresentados têm por objetivo final o veganismo, passando para isso por diversas fases.

No respeitante aos produtos alimentares, o vegetariano consome alimentos variados, que lhe permitam obter proteína, fibra e as vitaminas essenciais. A soja, o tofu e o seitan são alimentos ricos em proteínas, utilizados na confeção de pratos tão diversificados quanto a imaginação do cozinheiro, que é, geralmente, também o consumidor. Cozidos, estufados, grelhados e caldeiradas vegetarianas podem ser tão ou mais saborosos quanto pratos semelhantes realizados com carne e peixe, já que muitos pratos vegetarianos são inspirados em “originais” não vegetarianos. Para quem se quer aventurar no mundo do vegetarianismo, a inspiração pode ser procurada em diversos sites da internet dedicados a essa cozinha em expansão. Delicie-se!

Sofia Nunes

Título: O Essencial Sobre o Vegetarianismo

Autor: Sofia Nunes (todos os textos)

Visitas: 4

685 

Comentários - O Essencial Sobre o Vegetarianismo

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como Solicitar O Seguro Desemprego - Passo A Passo!

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Utilidades Domésticas
Como Solicitar O Seguro Desemprego - Passo A Passo!\"Rua
O seguro desemprego é instituído pela Lei Nº 7.998, de 11 de janeiro de 1990 e que tem por finalidade prover a assistência financeira temporária ao trabalhador desempregado sem justa causa. Foi sancionado pelo presidente da República do Brasil e também é regido pela Consolidação das Leis Trabalhistas – CLT.

Este benefício é concedido a todo e qualquer trabalhador que foi dispensado apenas em regime de sem justa causa ou quando houver acordo judicial e o juiz autorizar o pagamento devido ao ex-trabalhador da empresa.

Sua duração é de 3(três) a 5(meses) de forma contínua e dependerá do tempo em que ficou empregado. O valor mensal é calculado conforme o que o trabalhador ganhava durante o período em que estava empregado.

Essa assistência financeira e temporária tem algumas regras, por isso, é muito importante conhecê-la antes mesmo de solicitá-la nos órgãos responsáveis.

Para ter direito ao benefício:


- Precisa ter a carteira devidamente assinada da empresa;
- Ter trabalhado durante 6 meses na empresa (no mínimo);
- Não ter recebido esse benefício no período de 16(dezesseis) meses ininterruptos;
- Ter sido dispensado sem justa causa.

Quem tem direito ao benefício:


- Os trabalhadores demitidos sem justa causa;
- O pescador artesanal; e
- O empregado doméstico, desde que o empregador esteja recolhendo o Fundo de Garantia de Tempo de Serviço (FGTS).

Como solicitar – Passo a passo:


1) Dirija-se à qualquer Caixa Econômica Federal ou ao M.T.E (Ministério do Trabalho e Emprego) da sua cidade munidos dos seguintes documentos:
- Rescisão contratual, carteira de trabalho devidamente dado baixa com a data de saída e assinada e carimbada pela empresa, as duas vias do seguro desemprego preenchido e fornecido pela empresa, cartão do PIS/PASEP ou o cartão cidadão, extrato do recebimento do pagamento do FGTS, comprovante de residência e os últimos 3 (três) contra-cheques;
2) Entregue todos esses documentos ao atendente. Eles vão fornecer o protocolo de entrada do seguro desemprego, vão lhe dizer quantas parcelas você tem direito e a data que você receberá a primeira (30 dias).

Bem, apenas isso e agora é só esperar para o recebimento do pagamento das parcelas. Para consultar, acesse este link: http://granulito.mte.gov.br/sdweb/consulta.jsf
Digite com seu número de PIS/PASEP e logo abaixo com o código no visor e clique em consultar. Vai abrir outra tela com as informações das parcelas.

Pesquisar mais textos:

Briana Alves

Título:Como Solicitar O Seguro Desemprego - Passo A Passo!

Autor:Briana Alves(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios