Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Alimentação > O Essencial Sobre o Vegetarianismo

O Essencial Sobre o Vegetarianismo

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Alimentação
Visitas: 4
O Essencial Sobre o Vegetarianismo

O vegetarianismo é uma dieta alimentar que soma cada vez mais adeptos, sendo que muitos reclamam que é, mais que aquilo que comem, um estilo de vida. Existem diversificadas razões na base da escolha pessoal pelo vegetarianismo - restrições alimentares advindas de intolerâncias e alergias, busca por uma alimentação mais saudável ou sensibilidade para o sofrimento animal parecem ser as principais razões para a adoção de uma dieta vegetariana ou vegana.

Quase nem é preciso dizer, mas a cozinha vegetariana pode (e deve) ser muito saborosa, além de cumprir os pressupostos de uma dieta nutritiva, que se basta a si própria, e claro, mais ecológica. As opções são muitas e variam também de acordo com o tipo de vegetarianismo que se adota.




Assim, há os ovo-lacto-vegetarianos, que mantêm ovos, leite e derivados na sua dieta, os ovo-vegetarianos, os lacto-vegetarianos e claro, os vegetarianos “puros”, que excluem da sua dieta alimentar qualquer produto de origem animal. Por último, existem os veganos que, para além de seguirem uma alimentação estritamente vegetariana, não consomem, no seu dia a dia, qualquer produto de origem animal. Excluem assim produtos testados em animais (produtos de higiene capilar e corporal, cosméticos e perfumes de companhias que testem em animais) e produtos de origem animal, como sapatos, casacos ou malas de pele. O veganismo constitui, por assim dizer, o último estádio da evolução no sentido de uma maior humanidade e consciencialização em relação aos animais. Muitos vegetarianos dos primeiros estádios aqui apresentados têm por objetivo final o veganismo, passando para isso por diversas fases.

No respeitante aos produtos alimentares, o vegetariano consome alimentos variados, que lhe permitam obter proteína, fibra e as vitaminas essenciais. A soja, o tofu e o seitan são alimentos ricos em proteínas, utilizados na confeção de pratos tão diversificados quanto a imaginação do cozinheiro, que é, geralmente, também o consumidor. Cozidos, estufados, grelhados e caldeiradas vegetarianas podem ser tão ou mais saborosos quanto pratos semelhantes realizados com carne e peixe, já que muitos pratos vegetarianos são inspirados em “originais” não vegetarianos. Para quem se quer aventurar no mundo do vegetarianismo, a inspiração pode ser procurada em diversos sites da internet dedicados a essa cozinha em expansão. Delicie-se!

Sofia Nunes

Título: O Essencial Sobre o Vegetarianismo

Autor: Sofia Nunes (todos os textos)

Visitas: 4

685 

Comentários - O Essencial Sobre o Vegetarianismo

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Um sinal de compromisso

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Jóias Relógios
Um sinal de compromisso\"Rua
Exibir uma aliança de compromisso é, frequentemente, motivo de orgulho e, quando se olha para ela, vai-se rodando-a no dedo e fica-se com aquela expressão ridícula na cara.

Uma questão se coloca: qual a razão de estas alianças de compromisso serem tão fininhas: será porque os seus principais clientes, os jovens, são sujeitos de poucas posses (tendendo as mesadas a emagrecer ainda mais com a crise generalizada) ou porque esse compromisso, não obstante a paixão arrebatadora, é frágil e inseguro?

Sim, porque aqui há que fazer cálculos matemáticos: x compromissos vezes y alianças…com um orçamento limitado sobre um fundo sentimental infinito…

Depois, importa perpassar os tipos destas alianças. Há as provisórias, que duram em média quinze dias; há as voadoras, que atravessam os ares à velocidade da luz quando a coisa dá para o torto; há as que insistem em cair do dedo, sobretudo em momentos em que ter um compromisso se revela extremamente inoportuno; e depois há as residentes, que uma vez entradas não tornam a sair.

Os pombos-correios usam anilhas onde figuram códigos que os identificam. Talvez não fosse completamente descabido fazer umas inscrições deste género em algumas alianças de compromisso por aí…

Só para ajudar os mais esquecidos a recordarem a que “pombal” pertencem.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Um sinal de compromisso

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Luene ZarcoLuene

    22-09-2014 às 05:46:10

    Um sinal de amor e lealdade perpétua! Adoro ver os vários modelos de aliança! Vale a pena escolher uma bem bonita!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios