Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Vestuário > O Filme dos vestidos

O Filme dos vestidos

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Vestuário
Comentários: 1
O Filme dos vestidos

Há quem faça história pelos mais variados motivos. Atos heroicos, vertiginosas aventuras e um sem fim de histórias que a grande tela nos mostra de forma gigantesca e que tão bem nos fazem sonhar. Há ainda quem nos faça recordar (ou simplesmente identificar) determinado filme de cinema por causa de um “simples” vestido.

Se as histórias dos filmes nos fazem sonhar, rir, chorar ou recordar, algumas cenas marcam-nos para sempre e os vestidos, quer queiramos, quer não, estão presentes. Podemos optar por assistir a um filme pelos mais diversos motivos – realizador, atores, titulo, história, categoria, argumento – mas certo é que existem cenas que jamais esqueceremos.
Há vestidos com história que pertencem a uma história, e se de história se trata, comecemos pelos clássicos.





Vivian Leigh protagonizou uma história absolutamente extraordinária no eterno filme “E tudo o Vento Levou”. Quem não se lembra do vestido verde-esmeralda feito com os reposteiros ou até mesmo do “simples” roupão vermelho que envergou durante o filme.
Grace Kelly, que soube-se depois, tinha nascido para ser mesmo princesa, encantou com um vestido comprido em “Janela Indiscreta”.

Em 1958, a diva Elizabeth Taylor envergou um vestido branco que fez furor. Em “Gata em teto de zinco quente”, a silhueta de Taylor fazia história.

Se falamos em divas, Marilyn Monroe não podia ficar esquecida. Em “O pecado mora ao lado”, Marilyn imortalizou um vestido branco que definiu um corte muito próprio. Ainda nos dias de hoje se identifica determinado decote, como o de Monroe.

No poderoso Red Carpet dos dias de hoje, elege-se o vestido vermelho que Julia Roberts envergou no filme “Pretty Woman”. O “real” conto de fadas das nossas vidas marcou todos os filmes românticos de uma época em que se foi permitido sonhar ao jeito de cinderela.
Qualquer mulher se imaginou no vestido amarelo sem costas que Kate Hudson vestiu em “Como perder um homem em 10 dias”.

O vestido curto de Sharon Stone em “Instinto Fatal”, ao preto justo de Demie Moore em “Proposta Indecente”, passando pelo conservador vestido comprido à época que Kate Winslet em “Titanic”, não existe um terminar neste guarda-roupa de sonho.
São um sem número de vestidos de sonho que não fazem somente meninas e adolescente suspirar.

No final de contas, se alguns de nós tem a opinião que o nosso dia-a-dia deveria ter uma banda sonora que nos acompanhasse o passo, certo é que o vestido ideal na perfeita altura da vida de uma mulher, causaria o furor de um filme de amor.


Carla Horta

Título: O Filme dos vestidos

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 0

666 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • SophiaSophia

    12-06-2014 às 19:59:17

    Adoro filmes assim! Podemos ver os vários estilos, cores e modelos. Muito bom!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Comentários - O Filme dos vestidos

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Manutenção Automovel

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Automóveis
Manutenção Automovel\"Rua
Faça você mesmo a revisão do seu automóvel e poupe dinheiro em oficinas. Primeiro verifique com a ajuda de outra pessoa a iluminação exterior. Uma pessoa fica no interior do carro e liga as luzes, verifique á frente os mínimos, os médios, os máximos e os piscas. Depois atrás verifique os mínimos os stop a marcha atrás e o farol de nevoeiro.

A seguir verifique a iluminação do interior do veículo e do painel de instrumentos e a afinação do travão de mão.

Agora está na hora de verificar os filtros de ar, gasóleo e habitáculo. Dependendo da utilização eles podem fazer em média 40.00km, se estiverem sujos substitua-os por novos.

A seguir vem a mudança do óleo este em geral pode-se retirar pelo bujão de vazamento do cárter, convém substituir a anilha e o filtro de óleo. O óleo novo deve respeitar as especificações do fabricante, verificar no livro de manual de utilizador do veículo os litros de óleo do motor. Meter o óleo novo pelo bucal superior do motor com a ajuda de um funil, o nível do óleo não pode ultrapassar o máximo. Se não sabe a quantidade de óleo deite 4 litros e depois verifique o nível pela vareta de verificação de nível e vá deitando até chegar ao nível certo.

Agora é preciso verificar as pastilhas de travões, hoje em dia como quase todos os veículos têm jantes especiais consegue verificar sem desmontar as rodas. Substituir se necessário as pastilhas, ao desmontar repare como desmonta para depois voltar a montar tudo de novo. Por fim verifique a pressão dos pneus com um manómetro, a pressão indicada varia de carro pra carro se não sabe a pressão indicada ponha 2.2bar que é em média a pressão que todos utilizam.

Convém dizer que qualquer material que precise basta procurar numa loja de peças auto próxima de si ou então encomendar via net pois existem vários sites especializados em peças e materiais de manutenção auto. Vai ver que não custa nada se eu aprendi você também pode aprender e além disso fica a conhecer melhor o seu carro.

Com isto tudo pode poupar em média 200€ por cada revisão.
Obrigado e até a próxima.

Outros textos do autor:
Manutenção Automovel

Pesquisar mais textos:

Vendas Online

Título:Manutenção Automovel

Autor:Vendas Online(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    17-06-2014 às 04:55:10

    Há inúmeros benefícios para fazer a manutenção do automóvel, pois isso garante melhor preservação do veículo e se prolonga o uso por muitos e muitos anos.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios