Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Telemóveis > Quando o telemóvel avaria

Quando o telemóvel avaria

Categoria: Telemóveis
Visitas: 2
Comentários: 2
Quando o telemóvel avaria

Quando o telemóvel sofre avarias, é terrível pensar em ficar sem celular, na possíbilidade de não se ter comunicação móvel e em determinados momentos causa raiva, indignação, frustração por pensar que foi adquirido um aparelho de pouca resistência e, até mesmo sentir-se enganado quanto à proposta de um telemóvel de tecnologia de última geração com informação vinculada nos mais expressivos meios de comunicação.

Comece a pensar, que não há motivos para tantas emoções de frustação assim, há uma concordância de que tem e deve haver uma solução, porém, consideremos que não é pouco comum que o aparelho telefônico sofra avarias por excesso de tombos ou por ficar molhado, mesmo sendo produzido para não sofrer avarias facilmente, elas podem ocorrer sem no entando ser um defeito de fábicação.

No caso de uma avaria na entrega do telefône celular, o melhor a fazer é contatar a empresa em que foi realizada a compra, registrar a avaria e solicitar a troca do aparelho por um outro igualmente novo que esteja em perfeitas condiçoes de uso. É importante que ao receber uma mercadoria, o cliente abra de imediato para conferir se está de acordo com o produto que foi escolhido e verificar se a carcaça está prefeita, mesmo que essa compra tenha sido realizada diretamente no balcão.

Se for um outro caso de avaria, como sendo por motivos de queda ou ranhuras, se apenas a carcaça foi atingida e os componentes estão em plena funcionalidade, pode trocar a parte externa, que é a carcaça e manter o telemóvel.

No segmento da telefonia móvel, há opções que vão desde a empresa fabricante, por intermédio de lojas conveniadas até a profissionais que atuam nesse ramo e que fazem a substituição. Caso haja preferência em substituir o telemóvel, ele pode ser vendido mas sempre informando o tipo de avaria que tem. Se for um tipo de avaria que comprometa os componetes, não dá para tentar ir usando até que tenha uma pane total, esse tipo de equipamento é alimentado por bateria que alimenta o aparelho e, em raríssimos casos, pode dar choque e até mesmo fechar curto, portanto, nada de ficar improvisando quando o assunto for componentes, mesmo que o telemóvel esteja ligando e desligando e recebendo algumas ligações, com certeza ele vai parar e dixar seu utilizador na mão.

Ninguém quer isso não é mesmo? Ficar longe dos nossos contatos e na hora que mais precisar não conseguir estabeler contato.


Sílvia Baptista

Título: Quando o telemóvel avaria

Autor: Sílvia Baptista (todos os textos)

Visitas: 2

663 

Imagem por: monkeyatlarge

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • Luene ZarcoLuene

    05-11-2014 às 11:00:27

    Todo telemóvel perde seu valor com o passar do tempo. Isso é inevitável! Da última vez, doei meu celular, pois já não valia muito. Para quem vive trocando de celular para algo mais moderno, terá que passar por esses probleminhas.

    ¬ Responder
  • SophiaSophia

    03-06-2014 às 22:47:18

    Às vezes, compramos um celular e não dura nem 2 meses. Daí, temos que colocar na assistência técnica, isso é muito chato.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Comentários - Quando o telemóvel avaria

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O meu instrumento musical avariou!

Ler próximo texto...

Tema: Instrumentos Musicais
O meu instrumento musical avariou!\"Rua
É inevitável que, mais cedo ou mais tarde, um instrumento musical precise de reparação.

Mesmo que conheçamos bem o nosso instrumento e o consigamos arranjar, na maioria das vezes é necessário um técnico para o fazer com a melhor das qualidades.

Eventualmente, nem será necessário existir um problema com o instrumento, poderá ser apenas uma questão de manutenção. 

No caso de uma guitarra, por exemplo, qualquer instrumentista é perfeitamente capaz de substituir uma corda partida e tirar da guitarra o mesmo som que ela tinha.

No entanto, existem reparações, seja uma amolgadela no tampo ou uma tarraxa arrancada, que convêm ser feitas por técnicos especializados.

Por norma, as próprias casas que vendem instrumentos musicais efectuam essas reparações ou são capazes de aconselhar técnicos para as fazer.

Mediante o instrumento musical em questão, a reparação ou manutenção poderá ser mais cara. É sempre mais fácil arranjar um técnico que repare um piano do que um que arranje oboés.

Apesar de ser normal cuidar do nosso instrumento musical regularmente, os percalços acontecem todos os dias. Para os contornar, há sempre alguém que nos poderá aconselhar melhor do que nós próprios.

Apesar de poder sair mais caro, temos também a certeza de que o nosso instrumento foi arranjado por especialistas no assunto.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:O meu instrumento musical avariou!

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Imagem por: monkeyatlarge

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • luiz fabiano 18-02-2012 às 15:48:28

    boa tarde amigos preciso de um cabo flex da lcd da camera g70 se aulguem tiver mande um email obrigado

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios