Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Telemóveis > Poupe no Saldo do Telemóvel

Poupe no Saldo do Telemóvel

Categoria: Telemóveis
Comentários: 3
Poupe no Saldo do Telemóvel

A palavra de ordem é poupar. Fazemos contas e o saldo da nossa conta bancária diminui de forma cavalgante e nada do que fazemos evita o desastre. As contas aparecem cada vez mais astronómicas e quando o saldo bancário se aproxima do zero, o melhor é mesmo a todo o custo e com a máxima urgência, sentar-se e fazer contas. Depois das contas decida um plano de estratégia para começar a poupar.

Entre todas as despesas que podem ser cortadas e reduzidas, existe uma em que esta possibilidade é extraordinária. A do telemóvel. Ninguém diz que deva deixar de utilizar o telemóvel, mas reduzir os custos é uma coisa que está ao alcance de todos nós, enquanto utilizadores e viciados.

Para reduzir os custos do telemóvel, deve antes de mais verificar que tipo de chamadas faz. Estude-se e aos seus hábitos. Deverá compreender se é um utilizador que só usa o telemóvel para receber chamadas, um tarifário em que é obrigado a pagar uma mensalidade não faz qualquer sentido. Sendo só um utilizador do aparelho para receber chamadas, opte por um tarifário em que pode ter retorno em saldo de cada chamada.

Se por outro lado é um aficionado em mensagens, compre pacotes de mensagens sem estar associado a nenhuma mensalidade fixa. Existem no entanto algumas operadoras que o obrigam a carregamentos obrigatórios mas em contrapartida oferecem-lhe um sem número de mensagens diárias.

Se a utilização do seu telemóvel é para qualquer operadora em qualquer altura do dia, faça um acordo de mensalidade. Isto é, receberá a sua factura no final de cada mês. Isto pode levar a alguns descontrolos, mas o custo de cada chamada é o mais baixo de todos s tarifários.

Adira a promoções. Se estas implicarem um custo de adesão, verifique se é ou não vantajoso. Se for, adira a todas. Já sabe que terá de estar atento a todas elas.

Tenha ainda especial atenção aos serviços de roaming. Se for com a sua cara-metade, opte por só um de vocês utilizar o telemóvel. Aproveite e avise alguns amigos e familiares que vai estar no estrangeiro, pelo que devem evitar telefonemas desnecessários.

Em vez de telefonar do estrangeiro, opte por utilizar as mensagens. Recebe e envia com valores normais sem acréscimos por estar no estrangeiro.

O mais importante é tentar negociar com a sua operadora e conhecer as ofertas da concorrência. Conhecer o mercado é a melhor forma de poupar.


Carla Horta

Título: Poupe no Saldo do Telemóvel

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 0

624 

Imagem por: Robert S. Donovan

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 3 )    recentes

  • Rafaela CoronelRafaela

    31-10-2014 às 12:25:40

    É uma das coisas que tenho feito bastante: poupar tudo o que posso. Ainda mais no uso do telemóvel que hoje temos outras ferramentas para nos comunicar com as pessoas. O uso de zap zap e messenger é um deles. É preciso apenas estar conectado a internet para comunicar com a outra pessoa. O Messenger é bom porque permite fazer ligações gratuitas, a outra só precisa ter o messenger instalado e com internet. Isso é boom demais para economizar!

    ¬ Responder
  • SophiaSophia

    02-06-2014 às 15:45:46

    É importante poupar mesmo com o uso de celular. Uma boa estratégia é verificar qual a sua maior necessidade: é ligações para a mesma operadora? é o uso de sms? Então, cada um tem a sua própria utilidade e é bom aproveitar as promoções. O uso de dual chip também é sempre bom! Assim, atingimos mais pessoas e gastamos menos.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • Daniela VicenteDaniela Vicente

    16-09-2012 às 21:15:30

    Gostei do assunto aqui tratado. Nos dias de hoje é muito importante ter em conta todas as despesas e sem dúvida que os tarifários impostos pelas operadoras não ajudam muito na poupança. Por enquanto é possível poupar alguns euros, mas o que é certo e sabido é que o valor das chamadas ou mensagens tem aumentado. Vendo bem o telemóvel é muito útil, mas também um vício dispendioso.

    ¬ Responder

Comentários - Poupe no Saldo do Telemóvel

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O que é uma Open House?

Ler próximo texto...

Tema: Imóveis Venda
O que é uma Open House?\"Rua
Este é um tema que vem pôr muito a lindo o trabalho de alguns mediadores imobiliários e do seu trabalho.

Quando temos um imóvel para vender, muitos são os métodos a utilizar e os meios que nos levam até eles para termos o nosso objetivo cumprido – A venda da Casa.
Quando entregamos o nosso imóvel para que uma mediadora o comercialize, alguns aspetos têm de ser tidos em conta, como a legalidade da empresa e quem será a pessoa responsável pela divulgação da sua casa, mas a ansia de vermos o negócio concretizado é tanta, que muitas vezes nos escapa a forma como fazem a referida divulgação e publicidade do imóvel.

Entre anúncios na internet e as conhecidas folhas nas montras dos estabelecimentos autorizados, muitas mediadoras optam por fazer uma ação que está agora muito em voga que é uma Open House. Mas afinal, o que é isto de nome estrangeiro que tanto se vê pelas ruas e em folhetos de anúncio?

Ora bem, a designação em Português é muito simples – Casa Aberta. E na realidade, uma Open House é isso mesmo. Abrir uma Casa para que todos a possam ver. NO entanto, requerem-se alguns aspetos que as mediadoras normalmente preveem, mas que é fundamental que o proprietário do imóvel também tenha consciência e conhecimento.

Por norma as imobiliárias só fazem este tipo de intervenção e ação em imóveis que têm como exclusivo, isto é, quando é uma só determinada mediadora, a autorizada a poder comercializar o imóvel.

Em segundo lugar, este tipo de ação de destaque requer à mediadora custos com tempo, recursos humanos e financeiros.
A mediadora começa por marcar um dia próprio que por norma é datado para um feriado ou fim de semana. Faz então publicidade local através de folhetos e flyres anunciando a Open House, o dia e a hora, tal como o local. Muito provavelmente serão tiradas fotografias ao seu imóvel.

Através de redes sociais também poderão ser divulgadas as ações.
No dia da Open House, o local será indicado com publicidade da sua casa e da imobiliária e começarão a aparecer visitas ao imóvel.

Sugiro que não tenha mobiliário e muito menos valores em casa. O ideal será o imóvel estar desocupado de todos e quaisquer bens, por uma questão de segurança, mas também porque as áreas parecerão maiores e isso com toda a certeza ajuda à venda.

A imobiliária será responsável pela limpeza e trato do imóvel, pelo que se ocorrerem danos, serão eles os responsáveis.
Neste tipo de ações, é normal que a concorrência das imobiliárias apareça e faça parcerias que para si só trará vantagens.

Uma Open House pode não ser uma ação de destaque em Portugal, mas por exemplo nos Estados Unidos, é o normal e mais agradável. Os clientes não se sentem pressionados como numa visita normal e os negócios concretizam-se com muito mais rapidez e naturalidade.

Pesquisar mais textos:

Carla Horta

Título:O que é uma Open House?

Autor:Carla Horta(todos os textos)

Imagem por: Robert S. Donovan

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios