Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Telemóveis > Clonagem de telemóvel

Clonagem de telemóvel

Categoria: Telemóveis
Visitas: 22
Comentários: 2
Clonagem de telemóvel

O telefône celular é alvo de clonagem independente da operadora prestadora dos serviços, são muitas as queixas recebidas pelo serviço de proteção ao consumidor e pelas próprias operadoras de telefonia móvel pelos seus usuários. As empresas prestadoras do serviço de telefonia, vem tantando procurar meios de dificultar a ação por parte daqueles que clonam os números dos telefônes celulares, porém, os donos das linhas precisam estar atentos, principalmente se for linha de serviço pós pago, que é a linha que tem um contrato com a operadora e efetua o pagamento mensalmente de acordo com a utilização mais a taxa de franquia escolhida, isso não significa que os telefônes celulares com serviço pré pago, também não sejam vítimas de clonagem.

Esse tipo de serviço, o pós pago, são os mais cobiçados, por isso é muito importante, sempre que precisar fazer algum serviço de manutenção no telefône, é imprescindível procurar uma empresa que pertença a rede credenciada junto a operadora, para quem não sabe como localizar uma dessas empresas, basta consultar o livreto informativo que acompanha cada aparelho na hora da compra, caso tenha perdido o livreto, é só ligar para a empresa que presta o serviço de telefonia e pedir o endereço da loja mais próxima.

De modo algum, estamos insinuando que não haja técnicos éticos , honestos e corretos, pois há pessoas de bem trabalhando com consertos de aparelho celular mas, para evitar maiores problemas é bom seguir a dica, pois, quando uma pessoa mal intencionada pega o telemóvel para abrir, é muito simples fazer a clonagem que é estabelecida por um scanner que copia o número de série e o número do telefone. Uma outra atenção deve se ter ao comprar aparelhos usados, é possível que já esteja clonado, sendo usado por terceiros. Evite atender ligações em que no lugar da identificação cosnte número (ID) bloqueado.

A clonagem de um telefône celular básicamente é isso, uma outra pessoa além do proprietário, faz uso da mesma linha e quando a fatura de pagamento dos serviços é recebida, o valor é astronômico, constando ligações que jamais foram feitas provenientes daquele aparelho, o que acontece é que são feitas ligações com o mesmo número e é perfetamente possível fazer a distância com um simples rastreador, claro que com o número já escaneado.

Essa prática de clonagem é mais comum do que se pensa, visto que muitos não declaram ou registram que houveram ligações desse gênero, o que impede realizar uma estátisca aproximada das ocorrências.

Portanto, lembrar nunca é demais: compre aparelhos direto nas lojas registradas e faça os eventuais consertos na rede autorizada.


Sílvia Baptista

Título: Clonagem de telemóvel

Autor: Sílvia Baptista (todos os textos)

Visitas: 22

765 

Imagem por: AMagill

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • Luene ZarcoLuene

    05-11-2014 às 10:47:42

    Isso acontecia muito, mas hoje com os novos recursos e tecnologias já reduziu esse costume de clonagem de telemóvel.

    ¬ Responder
  • SophiaSophia

    03-06-2014 às 22:10:58

    Nunca aconteceu de clonarem meu celular, mas deve ser muito chato mesmo. Antigamente, tava uma epidemia de clonar telemóvel, mas hoje já resolveram e muito esse problema.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Comentários - Clonagem de telemóvel

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Autobiografia de Alice B. Toklas, de Gertrude Stein, pela primeira vez em Portugal

Ler próximo texto...

Tema: Literatura
Autobiografia de Alice B. Toklas, de Gertrude Stein, pela primeira vez em Portugal\"Rua
Gertrude Stein foi uma escritora de peças de teatro, de peças de opera, de ficção, de biografia e de poesia, nascida nos Estados Unidos da América, e escreveu a Autobiografia de Alice B. Toklas, vestindo a pele, e ouvindo pela viva voz da sua companheira de 25 anos de vida, os relatos da historia de ambas, numa escrita acessível, apresentando situações caricatas ou indiscretas de grandes vultos da arte e da escrita da sua época. Alice B. Toklas foi também escritora, apesar de ter vivido sempre um pouco na sombra de Stein. Apesar de ambas terem crescido na Califórnia, apenas se conheceram em Paris, em 1907.


Naquela altura, Gertrude vivia há quatro anos com o seu irmão, o artista Leo Stein, no numero 27 da rue de Fleurus, num apartamento que se tinha transformado num salão de arte, recebendo exposições de arte moderna, e divulgando artistas que viriam a tornar-se muito famosos. Nestes anos iniciais em Paris, Stein estava a escrever o seu mais importante trabalho de início de carreira, Three Lives (1905).


Quando Gertrude e Alice se conheceram, a sua conexão foi imediata, e rapidamente Alice foi viver com Gertrude, tornando-se sua parceira de escrita e de vida. A casa, como se referiu atrás, tornou-se um local de reunião para escritores e artistas da vanguarda da época. Stein ajudou a lançar as carreiras de Matisse, e Picasso, entre outros, e passou a ser uma espécie de teórica de arte, aquela que descrevia os trabalhos destes artistas. No entanto, a maior parte das críticas que Stein recebia, acusavam-na de utilizar uma escrita demasiado densa e difícil, pelo que apenas em 1933, com a publicação da Autobiografia de Alice B. Toklas, é que o trabalho de Gertrude Stein se tornou de facto reconhecido e elogiado.


Alice foi o apoio de Gertrude, foi a dona de casa, a cozinheira, grande cozinheira aliás, vindo mais tarde a publicar algumas das suas receitas, e aquela que redigia e corrigia o que Gertrude lhe ditava. Assim, Toklas fundou uma pequena editora, a Plain Editions, onde publicava o trabalho de Gertrude. Aliás, é reconhecido nesta Autobiografia, que o papel de Gertrude, no casal, era o de marido, escrevendo e discutindo arte com os homens, enquanto Alice se ocupava da casa e da cozinha, e de conversar sobre chapéus e roupas com as mulheres dos artistas que visitavam a casa. Depois da morte de Gertrude, Alice continuou a promover o trabalho da sua companheira, bem como alguns trabalhos seus, de culinária, e um de memórias da vida que ambas partilharam.


Assim, este livro que inspirou o filme “Meia noite em Paris”, de Woody Allen, é um livro a não perder, já nas livrarias em Portugal, pela editora Ponto de Fuga.

Pesquisar mais textos:

Liliana Félix Leite

Título:Autobiografia de Alice B. Toklas, de Gertrude Stein, pela primeira vez em Portugal

Autor:Liliana Félix Leite(todos os textos)

Imagem por: AMagill

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios