Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Aumente as hipóteses de engravidar

Aumente as hipóteses de engravidar

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Saúde
Aumente as hipóteses de engravidar

Durante numerosos anos da sua vida, a mulher prepara-se mensalmente para receber um outro ser, para procriar. Contudo, devido aos mais variados factores, muitas sentem dificuldade em engravidar. O fantasma de uma possível infertilidade começa a pairar, e a ansiedade dispara. Em diversos casos, porém, basta ter alguns cuidados e prestar atenção a certos hábitos e rotinas.

A capacidade reprodutiva está amplamente ligada aos nutrientes que se ingerem. Múltiplas pesquisas têm demonstrado que uma alimentação equilibrada e variada é passível de incrementar a fertilidade. Assim, devem comer-se com fartura frutas e legumes frescos, alimentos ricos em proteínas, a base de todas as células (presentes em abundância nos peixes, carnes, ovos e produtos lácteos), ferro, cálcio, hidratos de carbono complexos (grãos de trigo, centeio, milho, aveia e cevada, feijão, leguminosas), ácidos gordos essenciais (peixes gordos, sementes), fibras (cereais integrais, fruta, nozes, aveia, pão, arroz e massa integrais, a ainda soja orgânica, alimentos cozinhados a vapor e biológicos. Pelo contrário, são de evitar: a cafeína, o álcool, os aditivos, conservantes e adoçantes artificiais, alimentos açucarados e geneticamente modificados, gorduras saturadas, refeições pré-prontas, fritos, hidratos de carbono refinados (bolos, pão branco…) e os descafeinados (que contêm estimulantes).

Uma dieta rica em gorduras ditas más (saturadas e trans – carnes e margarinas) pode conduzir a alterações no organismo que afectam negativamente a ovulação. Portanto, há que dar preferência às boas, nomeadamente ácidos gordos polinsaturados e monoinsaturados (peixes gordos – salmão, sardinha, cavala, … -, óleos vegetais e azeite). A gordura é necessária para que o nível hormonal não se modifique.

Alimentos ricos em antioxidantes, mormente em vitaminas A e E (frutas e legumes frescos, nozes, amêndoas, pinhões, folhas verdes, …) também coadjuvam a protecção do aparelho reprodutor, promovendo a fertilidade. Os nutrientes associados à fertilidade são essencialmente: ácido fólico, zinco, selénio, ácidos gordos essenciais, vitaminas A, B6, B12, C e E, manganésio, ferro, L-arginina e L-carnitina.

Em acréscimo, é aconselhável deixar de fumar ou, nessa impossibilidade, reduzir ao máximo, fazer exercício físico de forma regular (à volta de 20 minutos de caminhada, bicicleta ou natação, três vezes por semana) e ter momentos de descontracção, virando as costas ao stress.

No que se refere ao homem, e dado que os espermatozóides se desenvolvem melhor a uma temperatura 2ºC a 3ºC mais baixa do que o resto do corpo, são de rejeitar calças, calções, boxers ou cuecas apertados, susceptíveis de elevar a temperatura.

Relativamente ao momento ideal para engravidar, dizem os especialistas que é imediatamente antes da ovulação (que ocorre duas semanas antes da menstruação seguinte). O muco cervical indica a altura da ovulação, uma vez que fica mais claro, húmido, escorregadio e lubrificante, semelhante a clara de ovo.

O controlo da temperatura (que se deve fazer em total repouso, antes de levantar de manhã, pois qualquer actividade física pode aumentar a temperatura), mesmo que encontrado um padrão através de um gráfico, não é muito fiável, já que a temperatura basal recebe influência de factores como a febre, a actividade física, certos medicamentos, alterações hormonais, etc.

O período fértil da mulher tem duração de três dias antes da ovulação até dois dias após a mesma. Isto porque os espermatozóides têm capacidade para sobreviver até 72 horas dentro do organismo feminino e o óvulo até às 48 horas subsequentes à ovulação.


Maria Bijóias

Título: Aumente as hipóteses de engravidar

Autor: Maria Bijóias (todos os textos)

Visitas: 0

780 

Imagem por: Ⅿeagan

Comentários - Aumente as hipóteses de engravidar

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Os primeiros brinquedos

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Brinquedos
Os primeiros brinquedos\"Rua
O brinquedo é mais do que um objecto para a criança se divertir e distrair, é também uma forma de conhecer o mundo que tem ao seu redor e para dar asas à sua imaginação. Desta forma, os brinquedos sempre estiveram presentes na sociedade.

Os primeiros brinquedos datam de 6500 anos atrás, no Japão, em que as crianças brincavam com bolas de fibra de bambu. Entretanto há 3000 anos surgiram os piões feitos de argila e decorados, na Babilónia.

No século XIII apareceram os soldadinhos de chumbo, porém só eram acessíveis às famílias nobres. Cinco séculos mais tarde, apareceram as caixas de música, criadas por relojoeiros suíços.

As bonecas são muito antigas, surgiram enquanto figuras adoradas como deusas, há 40 mil anos, mas a primeira fábrica abriu apenas em 1413 na Alemanha. Barbie, a boneca mais famosa do mundo, foi criada em 1959, mas ainda hoje é das mais apetecíveis pelas crianças.

O grande boom dos brinquedos aconteceu quando se descobriu o plástico para o fabrico. Mesmo assim, muitas famílias não podiam comprar brinquedos aos filhos, como tal, estes utilizavam diversos tipos de materiais e construíam os seus próprios brinquedos.

Actualmente, as crianças têm acesso a uma enorme variedade de brinquedos, desde bonecas, a carros telecomandados, a videojogos… Educativos ou apenas lúdicos, há de tudo e para todos os gostos e preços.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Os primeiros brinquedos

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Imagem por: Ⅿeagan

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • umdolitoys 23-01-2013 às 05:46:38

    Adorei a reportagem! e tenho algo para vocês verem!!

    Espero que gostem!!!

    ¬ Responder
  • sofia 22-07-2012 às 21:56:29

    Achei muito interecante e muito legal saber que ano foi fabricadoas bonecas

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios