Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Cirurgia reparadora estética

Cirurgia reparadora estética

Categoria: Saúde
Visitas: 12
Comentários: 14
Cirurgia reparadora estética

Saiba que a mama sempre foi considerada um sinal de feminilidade elogiado pela arte, pela literatura e pela moda. A mama lembra-nos mulher e a sua sexualidade, é também razão materna, é o poder de alimentar e proteger as crias e o aconchego dos amados. No entanto na estética a mama tem sido considerável mente alterada. Antigamente, se preferiam as mamas volumosas e o corpo arredondado, hoje o conceito de harmonia do corpo esta representado por modelos mais esbeltos que refletem melhor os costumes modernos como exercícios físicos regime e alimentar equilibrado. E todos estes fatores influenciam os meios de comunicação e a moda, a deixarem o seu corpo mais esbelto e mais descoberto. Isso faz com que aumente das cirurgias plásticas.

Mamaplastia é a cirurgia a que é realizada para correção de alterações de suas mamárias. São quatro indicações dessas cirurgias.

Hipertrofia (mama grande) cuja correção é feita para reduzir a mama.

Hipotrofia ou atrofia mamaria é mama ausente que pode ser corrigidas por prótese (mamoplastia de aumento) ou aproveitamento de retalhos cirúrgicos especiais. Ausência ou deformação da mama por amputação decorrente de tumor queimadura ou doenças congênitas é quando é necessário fazer a reconstrução mamaria.

Ptose mamaria (queda), corrigir por mastopexia, ou seja, elevação das mamas a sua posição mais adequada as mastoplastia pode ser realizada a partir do completo desenvolvimento das mamas. Pois isso tem ocorrido muito precocemente nas ultimas décadas, devido às mudanças impostas pelas alterações dos atos de vida, como o uso freqüente hormônios femininos e o inicio das atividades sexuais, entre outros fatores.

Saiba que a partir dos 14 a 15 anos já é possível operar as adolescentes com desenvolvimento completo das mamas geralmente recomenda-se aguarda 4 anos após o início da menstruação. Atendendo as necessidades estéticas e considerando o período de lactação, é recomendado aguarda pelos 6 meses após o término deste período para programar a cirurgia.

O volume excessivo de seios chama-se hipertrofia esse aumento pode surgi como um sintoma isolado, principalmente em pacientes jovens que é chamado de hipertrofia juvenil, ou seguido de seios caídos (hipertrofia com ptose). Geralmente é devido ao desenvolvimento exagerado da gandula mamária ou tecido adiposo que provoca alterações no tecidos ou seja displasia mamária e incapacidade de amamentar as hipertrofias são classificadas de acordo com o grau.

O grau 1 corresponde o aumento subjetivo. O grau 2 apresenta sintomas físicos, com dores nas costas ou alterações na coluna vertebral. O grau 3 apresenta sintomas exacerbados e os seios alcançam um tamanho desproporcional, superior a 1000g (gigantomastia). É importante deixar claro que essa classificação é relativa, pois alguns países consideram anormais, e pode ser o ideal de beleza em outros países.



Waldiney Melo

Título: Cirurgia reparadora estética

Autor: Waldiney (todos os textos)

Visitas: 12

766 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 14 )    recentes

  • renato de souza

    22-09-2013 às 22:04:38

    minha filha tem 19 anos , ela tem os seios grandeolegas s pra idade dela , ela não vai a praia com as colega por vergomha é sempre um poblema para compra roupa ela não quer sai de casa e tem vergonha dela perante as outras colegas queria muito fazer a sirurgia reparadora de mama para devolver a viada dela e para ela se sentir melhor muito obrigado

    ¬ Responder
  • Lucia

    02-03-2013 às 13:44:56

    Eu fiz uma cirurgia de mamoplastia com silicone em
    maio de 2010,mais não gostei do resultado.
    Gostaria de saber se posso fazer uma outra cirurgia para reparar e trocar o silicone por outro maior.

    ¬ Responder
  • JOYCEJOYCE

    02-03-2012 às 02:06:37

    OLÁ, TENHO O MESMO PROBREMA TENHO OSEIO MUITO GRANDE DEPOIS QUE AMAMENTEI CRESCEU BEM MAIS NÃO ACHO MAIS SUTHIA QUE ME SIRVA, EU SOFRO MUITO COM ISSO ESTÁ ME DANDO CANSASO NA COLUNA,QUANDO FALO DESTE ASUNTO ME INTRISTESO TENTO NÃO PENSAR NELES PRA EU NÃO ENTRAR EM DEPRESÃO, RESUMINDO, SOU INFELIZ QUANDO LEMBRO DO MEU SEIO TENHO O CONVENIO DA UNIMED OQUE EU FAÇO PARA CONSEGUIR REDUZIR O MEU GINICOLOGISTA FALOU QUE EU PRECISO FAZER ESTA CERURGIA,AGUARDO UMA RESPOSTA ME AJUDA.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãomeri

    13-04-2012 às 22:20:53

    oi colega tambem estou passando por isso , estou esperando pela liberação , acho q vou conceguir mas levei laudo de um ortopedista e de um cirurgião plastico ok bjos

    ¬ Responder
  • ildailda

    03-07-2012 às 23:02:17

    Oi
    OLÁ, TENHO O MESMO PROBREMA TENHO O SEIO GRANDE EU SOFRO MUITO COM ISSO ESTÁ ME DANDO MUITA DOR NAS COSTAS, DIFICULDADE NA HORA DE DORMIR PQ O LEITO SOBE E PARECE QUE VAI ME SUFOCAR, O ORTOPEDISTA ME DEU UM LAUDO COM UM DESVIO NA COLUNA DEVIDO AO PESO, HOJE FUI AO CICURGIÃO PLASTICO ELE DISSE QUE MAMOPLASTIA NAO E COBERTA PELO PLANO DE SAUDE . TENHO CONVENIO DA UNIMED O QUE EU FAÇO PARA CONSEGUIR REDUZIR PELO PLANO JA QUE O PLASTICO DISSE QUE ESSA CICURGIA SAIU DO ROL DE PROCEDIMENTO DA ANS ELE DISSE QUE ESSE TIPO DE CIRURGIA NAO TEM CODIGO POR ISSO NAO PODE FAZER O PEDIDO AO PLANO .A GUARDO UMA RESPOSTA ME AJUDA.
    ¬ Responder

    ¬ Responder
  • cleusa

    11-11-2012 às 14:08:23

    sou de arapongas pr,ja estou com o laudo do ortopetista so que ainda nao consegui o ciruegiao plastico que queira fazer a reduçao alegando que a unimed paga muito pouco, gostaria de saber qual o medico ede onde ele e, como voce conseguiuo pedido do medico cirurgiao?

    ¬ Responder
  • Frederico Lourençodeborah cristina

    19-12-2011 às 00:50:13

    tenho o plano unimedrio e gostaria de saber se ele cobre uma cirurgia de redução dfe mama.. sofro com dores horriveis,uso sutian de sustentassão e tenho muita vergonha deles.. qualquer coisa tiro uma foto para comprovação. ja fui no ginecologista..me ajude por favor. nao é o caso de estetica,é um problema de coluna,pois sinto muitas dores e não consigo sentar ereta pois pesao.. obrigada pela atençao

    ¬ Responder
  • Frederico Lourençodeborah cristina

    19-12-2011 às 00:43:24

    tenho 23 anos e meus seios sao meio grandes e muito pesado. ja estao flacidos e tenho muita vergonha alem da dor nas costas que me surgiu.. uso sutian de sustentação.. me ajudem

    ¬ Responder
  • reginaregina

    06-08-2011 às 19:45:29

    será que posso fazer duas cirurgias em uma só! eu preciso tirar gordura da barriga e do seios tambem. é muito perigoso?

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoÉrika

    18-03-2011 às 16:34:00

    Estou passando pelo mesmo problema relatados acima... tenho problemas de escoliose e um elevado ângulo de cifose,sinto dores fortissímas na nuca, fiz oito meses de acunputura fisioterapia e agora, anos após todo esse desconforto, o ortopedista me deu um laudo solicitando a redução mamária devido á hipertrofia. Entrei com o pedido na unimed e eles alegam não constar no rol de procedimento da ANS.
    Muito me admira ler constantemente reportagens informado que o pedido nega-se somente quando o caso for estética. Que mais tenho q fazer para comprovar q isto é um caso sério? Acredito que eles esperam que pessoas tomam atitude mais desgastantes... o processo na justiça.
    Uma vez que é raro os casos em que um órgão desses ganham a causa.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoMarisa Gomes

    29-08-2010 às 00:40:15

    Gostaria de saber se após uma cirurgia redutora de hipertrofia de 3º grau, a mama pode voltar a crescer. Pois, fiz esta cirurgia há 3 meses e percebo que ela está voltando a crescer.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoLiana

    13-08-2010 às 00:53:56

    @karina
    Oi, tudo bem? Vc já conseguiu que seu plano autorizasse a sua cirurgia? Saiba que algumas unimeds após comprovação de realização de seções de fisioterapia, rpg, acompanhado de resonacias na coluna vertebral e lombar, comprovando protusões discais sem resultados de melhoras após ingestão de medicamentos, relatório do ortopedista indicando a cirugia como tratamento coadjuvante indicando a hipertrofia mamaria aliada a períca da operadora do plano... se as medidas comprovarem gigantomastia... o plano autoriza por conceção.
    Espero ter ajudado.

    ¬ Responder
  • karinakarina

    04-04-2010 às 01:19:22

    Sou cliente da unimed rio, estou passando por serio poblema de saude,sofro de lombalgia intensa secundaria a retropulsão discal l5-s1 com rotura de anel fibroso....dores horriveis,tudo isso devido a gigantomastia bilateral,ou seja hipertrofia mamaria,entrei com a guia para autorização de cirurgia ao convênio e na descrição da doença mencinou correção de gigantomastia com internação hospitalar. Infelizmente o pedido foi negado. Sob justificativa de não constar no rol de procedimentos.mas... Enquanto isso vou ficar sofrendo com dores enquanto tenho um plano que não pode me ajudar e os meus direitos...acho isso um absurdo...

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãoeliane ramos

    22-02-2010 às 22:24:47

    gostaria de saber se o plano de saude e obrigado a pagar uma cirurgia de hipertrofia mamaria,que esta trazendo problemas de coluna e depressao.

    ¬ Responder

Comentários - Cirurgia reparadora estética

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Os benefícios do piso laminado

Ler próximo texto...

Tema: Materiais Construção
Os benefícios do piso laminado\"Rua
Ao se realizar uma obra, ou na renovação de ambientes, há sempre muitas opções de técnicas e tecnologias de construção civil, arquitetura e decoração a serem escolhidas da forma mais adequada ao resultado que se espera. O piso adequado ao ambiente que se está construindo ou reformando é uma questão bastante relevante para o sucesso do empreendimento e para o bem-estar dos usuários.

Os tipos de pavimentos ou assoalhos ou revestimentos são diversificados e para cada tipo de ambiente, construção e gosto pessoal há um mais adequado. Pelos inúmeros benefícios que tem apresentado, o piso laminado tem sido bastante escolhido como revestimento nos ambientes modernos. Ele é composto por quatro camadas, feitas de fibras de madeira de alta densidade, lâminas de celulose, lâminas decorativas e filme cristalino de celulose, colados diretamente ao chão. Essa composição garante estabilidade, beleza, resistência, facilitando a limpeza. Somente com estes argumentos já se pode notar as vantagens desse tipo de piso, contudo ainda existem outras.

Os pisos laminados custam menos que os pisos de madeira, seu substrato é ecologicamente correto, já que as madeiras utilizadas na composição desse piso provêm de florestas certificadas e possui fácil instalação, sem a necessidade de pregá-lo ao chão. Além disso, os pisos laminados não precisam de envernizamento como os pisos de madeira que causam mau cheiro e sujeira. Os pisos laminados são mais resistentes que os pisos de madeira devido a sua alta pressão. A superfície dos pisos laminados de alto tráfego contém papel decorativo que garante diversas possibilidades de estampas e combinações.

Existem, portanto, dois tipos distintos de pisos laminados. Os pisos laminados de madeira têm em sua composição madeira natural e são revestidos com verniz. São indicados para ambientes residenciais e menos movimentados. Os pisos laminados de alto tráfego são compostos por madeiras de alta densidade cobertas por papel decorativo. São mais resistentes e, em virtude disso, indicados para ambientes de grande circulação. Podem estar em ambientes residenciais, porém para ambientes comerciais é o ideal.

Os pisos laminados são resistentes à luz do sol, a riscos e a manchas. São práticos devido à diversificada opção de padrões e funcionais devido à facilidade de limpá-lo. Acomodam-se perfeitamente em qualquer ambiente, proporcionando fácil decoração. Entretanto, medidas para mantê-lo em bom estado por mais tempo (apesar da sua alta durabilidade) devem ser tomadas. Colocar proteção na entrada das portas evita a instalação de sujeira e pedras. Forrar móveis e peças decorativas, que entrem em contato com o piso, é recomendado, a fim de não marcá-lo. Esses forros podem ser feitos com tecidos felpudos ou recortes em feltro. Forrar os móveis ao movimentá-los é apropriado para não riscar o piso. Salto alto fino com base metálica também marca esse tipo de piso. Evitar molhar em demasia o piso é necessário, pois caso contrário pode haver o inchamento do piso. Deve-se mantê-lo sempre seco.

Esse tipo de piso também tem a vantagem de não carregar cupins, contudo é preciso verificar as condições de presença desses insetos. Ambientes com cupins requerem a desintetização prévia.

Pesquisar mais textos:

Rosana Fernandes

Título:Os benefícios do piso laminado

Autor:Rosana Fernandes(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    12-05-2014 às 12:45:43

    O piso laminado é muito bom, sua durabilidade é de quase 40 anos e são mais fáceis de manter.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • silvana 22-02-2014 às 18:17:44

    o piso laminada tem durabilidade de quantos anosposso passar pano umido no piso loaminado

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios