Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Ferramentas > Evolução das ferramentas agrícolas

Evolução das ferramentas agrícolas

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Ferramentas
Visitas: 653
Comentários: 9
Evolução das ferramentas agrícolas

Do princípio da agricultura até os dias atuais, o homem utiliza várias ferramentas que torna fácil o trabalho no campo. Muitos instrumentos rudimentares ainda são utilizados hoje, pois são simples de usar, fáceis de obter e custam relativamente pouco ao lavrador.

Os primeiros instrumentos agrícolas eram rudimentares, feitos de pedra, madeira, chifre ou osso. Alguns vestígios encontrados em sítios arqueológicos revelaram que os primeiros agricultores da Europa utilizavam enxadões de pedra e os incas enterravam os grãos de milho com um pau comprido.

Ha mais de 1200 anos A.C. os assírios, descobriram o ferro e isso levou a produção dos instrumentos agrícolas e de armas de guerra feitos de metais, possibilitando ainda mais o avanço da agricultura.

O uso de instrumentos agrícolas teve em algumas regiões, sobretudo de difícil acesso, uma lenta evolução, sendo freqüente o uso de instrumentos rudimentares em zonas rurais onde é muito simples a plantação, a colheita dos produtos agrícolas ou a criação de animais. As respetivas populações não sentiam necessidade de recorrerem a culturas mais trabalhosas, como é o caso dos cereais, e não aderiram facilmente à atividade agrícola. Esta situação teve inevitáveis efeitos na dinâmica do seu desenvolvimento.

Até ao século XVIII, os instrumentos básicos não receberam grandes melhorias. O feito mais importante foi substituir componentes de maneira por metais.

A invenção da enxada possibilitou o aumento da produção, a melhoria da produtividade nos campos, revolucionou a vida rural das populações e as condições de vida dos camponeses. As primeiras enxadas eram de pedra polida ou de madeira. Com o aparecimento dos metais foi possível um grande avanço na agricultura. Entre os instrumentos de trabalho mais usados na agricultura podem citar-se os primeiros arados, grades constituídas por uma tábua da qual saíam pregos, os tonéis, pipas e cubas para o vinho e o azeite, os cabos da foice, da enxada e do martelo.

O ancinho ou rastelo é composto de uma placa de metal com dentes e fixada a um cabo. Serve para juntar e empilhar palha ou capim. O forcado tem formato semelhante ao de um garfo e em geral é munido de três dentes, mais longos e pontiagudos do que os do rastelo.

Como instrumentos de corte se empregam o facão, a foice, de cabo curto e lâmina curva apropriada para cortar o capim, e o alfanje, similar à foice, porém com o cabo mais comprido, possibilitando o corte bem próximo ao chão.


Cláudio Júnior

Título: Evolução das ferramentas agrícolas

Autor: Cláudio Júnior (todos os textos)

Visitas: 653

807 

Imagem por: Unhindered by Talent

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 9 )    recentes

  • Cirle

    25-02-2015 às 11:26:34

    AMEI! minha criação de escravos pesquisaram e eu achei espectacular! PARABÉNS, sei bem como é difícil trabalhar com essas ferramentas por esse motivo nunca vou dar uma ferramenta que seja mais fácil de manusear

    ¬ Responder
  • maria luiza

    22-07-2014 às 14:49:43

    bom mas precisa de mais fotos

    ¬ Responder
  • SophiaSophia

    16-04-2014 às 18:51:40

    Muito bom o seu texto, Cláudio! Parabéns!

    A equipa da Rua Direita

    ¬ Responder
  • Mariana

    03-03-2014 às 17:51:24

    Eu acho esse site bom mas falta imagem mas mesmo assim foi útil para o meu trabalho.

    obg!

    ¬ Responder
  • rafael m colombellirafael m colombelli

    04-07-2012 às 14:27:01

    mais ou menos podiam ponhar fotos

    ¬ Responder
  • felipe

    06-03-2014 às 00:29:39

    bom

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoFilipa Alves

    17-05-2012 às 12:22:08

    Deveriam ser mais específicos , nas informações que dão , daí essas informações serem úteis , obrigada .

    ¬ Responder
  • maria claramaria clara

    10-04-2012 às 02:00:28

    odiei esse site

    ¬ Responder
  • mariomario

    23-03-2012 às 11:11:50

    falta trator bando de burro

    ¬ Responder

Comentários - Evolução das ferramentas agrícolas

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Cães e Humanos: Amizade por interesses

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Animais Estimação
Cães e Humanos: Amizade por interesses\"Rua
Não é de hoje que os cães são considerados nossos melhores amigos, porém como toda amizade ela não é totalmente incondicional e livre de interesses, pense bem, você pode discordar a princípio, mas analise a fundo e verá que tenho razão.

Cães convivem conosco a mais de 10mil anos, foi lá atrás na pré história que essa amizade começou, uma das mais duradouras da história. Teorias dizem que essa conexão iniciou pois ambas as espécies precisavam de algo que não possuíam e juntos se completaram.

Em plena era do gelo onde a sobrevivência estava sendo testada a todo vapor, aquele lobo considerado mais corajoso se encontrou com um homem também corajoso e resolveram unir forças, talvez não conscientemente, mas deu certo para ambos, e ali iniciava uma amizade que duraria por milênios.

Nesse estágio da nossa história, corríamos perigo de sobrevivência; faltava comida, segurança e energia ! ... E então percebemos que esses lobos simpáticos poderiam nos dar uma vantagem na corrida contra a morte, afinal eles caçavam muito bem , coisa que tínhamos dificuldade em fazer pela falta de energia naquele momento; então pensamos, eles nos ajudam a caçar, nós dividimos o alimento e em troca eles ganham segurança e afeto, e foi assim que essa amizade nos ajudou a enfrentar todos os percalços do caminho, e hoje evoluímos tanto que não precisamos mais de seus serviços e ainda sim continuam sendo nossos melhores amigos, posso dizer então que realmente é uma amizade verdadeira, que surgiu da dificuldade e interesses mas que não se deixou abalar por nada.

Então, agora quando virmos alguém maltratar esses animais, desdenhar deles dizendo que "não prestam pra nada", "não fazem nada de útil", como a galinha que põe ovos, ou a vaca que dá leite, lembremo-nos o quão útil eles foram na nossa caminhada, não só no quesito físico mas também no emocional, numa época em que as aparências não importavam e nem o QI para se fazer um amigo, bastava ser corajoso o bastante pra ultrapassar barreiras e conhecer mais o outro, do jeito que ele viesse, garanto que vantagens incríveis nascerão dessa amizade, e não pense em vantagens como algo ruim, quando digo penso em a vantagem da gente se sentir o humano mais importante do mundo quando esses seres peludos nos olham nos olhos sem pedir mais nada em troca, damos e recebemos carinho como nunca, uma retribuição silenciosa a quem sempre esteve do nosso lado, no pior e melhor momento.

O maior interesse em uma amizade é que ela dure para sempre, e acho que com os Cães conseguimos isso.

Pesquisar mais textos:

Lara Lavic

Título:Cães e Humanos: Amizade por interesses

Autor:Lara Lavic(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios