Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > Será que sou homossexual?

Será que sou homossexual?

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Outros
Visitas: 2
Comentários: 14
Será que sou homossexual?

A homossexualidade é sempre um assunto melindroso. Infelizmente existe sempre assunto e muita conversa quando se fala sobre homossexualidade. Casamento, adoção e até a própria convicção de que se é homossexual, causa incomodo, comichão e muita, muita ferida na suscetibilidade de muita gente. A homossexualidade existe desde sempre, mas também desde sempre abafada e na sombra do tabu. As suscetibilidades dos mais moralistas e convictos de que se trata de uma disfunção emocional ou psicológica, mantém-se e lamentavelmente não se vacilam convicções nem tão pouco se permitem a ouvir opiniões e histórias de vida.

Temos ou não, todos, enquanto Humanidade, direito a amar e a ser amados? Temos ou não, enquanto Seres Humanos viver numa sociedade livre de direitos. Diz-nos a constituição (e não falo na só na Portuguesa) que temos direitos independentemente da nossa raça / etnia, credo ou religião, sexo, idade e orientação sexual. Onde está então o problema e a necessidade de trazer a público e tantas vezes a privado, conversas e preconceitos sobre a homossexualidade. Fere suscetibilidades, é certo, mas só de alguns. Não de todos. A homossexualidade existe e o facto de ser aceite ou não, não vai fazer com que cresça ou se multiplique.

Mas e o papel de um homossexual no meio de toda a discução? Será pacifica e inerte à opinião dos outros ou puro e existe de facto mágoa? Os sentimentos podem ser distintos ou ambos ao mesmíssimo tempo. A questão que muitas vezes se coloca é que se se nasce homossexual ou se a tendência que muitos dizem ser moda, influencia na orientação sexual de cada um. Muito se tem estudado relativamente sobre o assunto e muitos defendem que se nasce, cresce e se morre homossexual.

Mas como saber se se é mesmo um homossexual? A resposta está dentro de cada um de nós. Um gay não tem necessariamente de ter gestos habituais do sexo oposto e pode até casar e ter filhos com o sexo oposto, mas o tal esqueleto dentro do armário(como dizem) está lá.

Ser homossexual não é pecado e por muito que se pudesse ser dito como forma de ajudar a descobrir a sexualidade que cada um de nós opta, a realidade é que a resposta existe e ninguém vai conseguir lê-la, exceto a pessoa em questão.

Não é uma doença, não é uma disfunção, não se pega, não mata, não magoa, não é um problema psicológico. É o assumir do que é ou não na realidade. Não julgue que pelo facto de experimentar vários parceiros sexuais de ambos os sexos, isso vai fazer de si um elemento confuso. Quer saber se é um homossexual? Olhe-se no fundo, estude-se e acima de tudo compreenda-se. A resposta está no seu intimo.


Carla Horta

Título: Será que sou homossexual?

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 2

811 

Imagem por: :mrMark:

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 14 )    recentes

  • SophiaSophia

    23-05-2014 às 18:30:47

    A pessoa se engana muito, mesmo ela conhecendo-se muito bem. Não é porque sente(sentidos) algo pelo mesmo sexo que vai concretizar que é homossexual. Seja você da forma que foi criado- seja mulher se nasceu mulher ou homem se for homem! Aceite-se do jeito que és e não mude sua natureza por capricho ou modinha!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • carro

    21-05-2013 às 16:06:55

    entao os que tem gesto sexuais nao sao gays

    ¬ Responder
  • Luiz

    15-01-2013 às 15:59:10

    Ola, tenho 25 anos, sou virgem até hj e sofro muito por isso. Desde minha adolescência tenho desejos por homens, já tive relações "troca-troca" com meninos, primos quando era criança e pre-adolescente, acredito que por isso tenho desejos homossexuais. Porém, queria muito ser hetero, tento conseguir uma menina para transar mas nunca que da certo. Tenho medo de experimentar uma relação homo e querer apenas isso definitivo Gosto de mulheres mas também tenho esse grande desejo por homens. o que eu faço??

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoThiago

    01-10-2012 às 20:17:32

    Ser homossexual creio não devia ser tratado como uma escolha ou uma doença, e sim como a forma que cada uma escolheu para ser feliz. Ora a sociedade criou um padrão de como deve ser o ser humano perfeito, e esse padrão é seguido até hoje, por isso os homossexuais enfrentam tantos tabus na sociedade. Outro ponto é a questão de se "descobrir" creio que como o texto disse, quando você olha pra dentro de você verdadeiramente você descobre o que te faz senti. Ser homossexual é muito mais do que simplesmente sentir atração pelo sexo oposto, é um desejo de ser feliz ao lado daquele que te completa.

    ¬ Responder
  • Carla HortaCarla Horta

    16-09-2012 às 15:52:05

    Concordo consigo Daniela, os direitos devem ser iguais. No entanto a duvida muitas vezes persiste no ser ou não ser. Até que ponto nos devemos expor na eventualidade de não termos a certeza? Ficaremos catalogados por uma sociedade tantas vezes preconceituosa? Ter certezas é assunto sério e assumir em muitos casos é um acto de coragem.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoDaniela Vicente

    10-09-2012 às 20:57:39

    eu conheço pessoas homossexuais e adoro-os. para ir às compras não há melhor companhia que um gay. sabe de moda, o que nos fica bem e não foge do preço, como o nosso companheiro. eu acho que os gays deviam ter acesso às mesmas coisas que nós, coo casar, ter filhos, ter contas em conjunto, etc. temos todo o direito de amar quem quisermos, seja ele homem ou mulher (desde que seja maior de 18).

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoAnonimo

    24-07-2012 às 09:45:00

    Sou heterossexual e nunca tive duvidas quanto a isso. Mas tenho uma pessoa que me é muito próxima que vive há anos nessa ansiedade sem saber o que é na realidade. É doloroso ver a ansiedade. Defendo que para se ter a certeza da nossa identidade é também necessário ter a certeza da nossa sexualidade. Quem passará a vida inteira ao nosso lado?
    No caso que falo, ele é casado e tem filhos, mas desde solteiro que mantém esta duvida, sem nunca ter tido qualquer relação com alguém do mesmo sexo. A esposa nem sequer imagina sobre estas duvidas e ele tem um medo enorme que a mulher descubra. O resultado é que não se conhecendo, não é inteiramente feliz.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoBruno

    02-10-2012 às 09:43:09

    É esta a realidade de muitos homens e mulheres casados. Que desde uma certa altura tiveram em si desejos que contrariam o que lhes foi ensinado pela sociedade ou pelos seus pais. Não é uma forma fácil nem saudável de se estar na vida, acredito que será como um cancro que vai consumindo a pessoa e debilitando gradualmente tudo aquilo de bom que existe na pessoa. Enquanto o seu amigo não encarar quem é ele nunca será verdadeiramente feliz. A única coisa que poderá fazer é mesmo apoia-lo caso ele decida encarar quem realmente é. Força para o seu amigo

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoMaria

    23-07-2012 às 11:25:32

    Quando não se sabe o que se quer é experimentar, como diz o André. Que outra forma podem saber se querem ou não, se gostam ou se querem esquecer o assunto? Se essa ideia não vos sai da cabeça, experimentem. Se preferir passar a vida inteira sem saber o que quer não acredito que vá ser feliz. Só se tem uma vida.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoAndré

    23-07-2012 às 11:25:10

    Cada um faz o que quer e quem não sabe muito bem aquilo que é que se descubra. Se não experimentar nunca vai saber o que quer da vida. Viver infeliz é que não. Contribuo para a sociedade, trabalho, pago os meus impostos e não me meto na vida de ninguém. Quem eu levo para a minha cama só a mim diz respeito.
    Mas só cheguei até aqui depois de ter passado por várias experiencias e ter visto se gostava ou não. Descobri-me e enquanto Ser Humano tenho o direito e o dever de me descobrir a mim próprio. Nunca choquei ninguém e evitei ferir suscetibilidades alheias, mas não deixei de saborear todos os momentos que julguei ter direito.
    Querem um conselho? Descubram-se.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoMadalena

    19-07-2012 às 11:54:53

    Ainda se discute a sexualidade dos outros? Eu já passei por diferentes fases. One night stand todas as semanas com pessoas diferentes, depois atinei e casei e mantive-me fiel ao meu marido, divorcie-me e estive 2 anos em perfeito celibato e depois passei a ter uma relação de 2 anos com uma pessoa que só nos encontrávamos para sexo. No meio disto tive um experiencia fantástica de uma só noite com uma mulher. Não coloco em causa a minha sexualidade e nem admito que os outros a comentem. Se não permito que os outros falem da minha sexualidade, porque é que vou falar na sexualidade dos outros?

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoWashington

    16-02-2011 às 16:17:58

    @Edson Luciano Machado

    Vc é heterossexual. Apenas fantasia com travestis.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoLeonardo

    02-03-2010 às 11:42:58

    @Edson Luciano Machado

    Olá li o seu comentário e não pode deixar de dizer algo.

    Tenho 21 anos e até agora só tive namoradas, e até gosto de estar com elas, mas tambem gosto de olhar para travestis! Uma vez foi a uma discoteca e estava lá um travesti bem bonito que me deu vontade de beijar e ...Fiquei com vontade de estar..

    Mas não sinto atracção por homens sinto só por travestis.
    TAMBÉM NÃO SEI O QUE SE PASSA CMG!! NEM O QUE SOU..pORQUE UM GAY GOSTA DE HOMENS, não é?
    Estou ficando muito confuso e triste.

    ¬ Responder
  • Victor FelipeEdson Luciano Machado

    01-03-2010 às 10:15:39

    ola, sobre o assunto tenho penssado bastante e acredito q o q tu diz neste artigo esta correticimo, pois eu tenho uma vida normal sou casdo e tenho uma filha mas minha vontade de se relacionar com o mesmo sexo é iminente, mas o que me chama a atenção é os travestis por ter uma forma femenina.O que sou na realidade?

    ¬ Responder

Comentários - Será que sou homossexual?

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como Solicitar O Seguro Desemprego - Passo A Passo!

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Utilidades Domésticas
Como Solicitar O Seguro Desemprego - Passo A Passo!\"Rua
O seguro desemprego é instituído pela Lei Nº 7.998, de 11 de janeiro de 1990 e que tem por finalidade prover a assistência financeira temporária ao trabalhador desempregado sem justa causa. Foi sancionado pelo presidente da República do Brasil e também é regido pela Consolidação das Leis Trabalhistas – CLT.

Este benefício é concedido a todo e qualquer trabalhador que foi dispensado apenas em regime de sem justa causa ou quando houver acordo judicial e o juiz autorizar o pagamento devido ao ex-trabalhador da empresa.

Sua duração é de 3(três) a 5(meses) de forma contínua e dependerá do tempo em que ficou empregado. O valor mensal é calculado conforme o que o trabalhador ganhava durante o período em que estava empregado.

Essa assistência financeira e temporária tem algumas regras, por isso, é muito importante conhecê-la antes mesmo de solicitá-la nos órgãos responsáveis.

Para ter direito ao benefício:


- Precisa ter a carteira devidamente assinada da empresa;
- Ter trabalhado durante 6 meses na empresa (no mínimo);
- Não ter recebido esse benefício no período de 16(dezesseis) meses ininterruptos;
- Ter sido dispensado sem justa causa.

Quem tem direito ao benefício:


- Os trabalhadores demitidos sem justa causa;
- O pescador artesanal; e
- O empregado doméstico, desde que o empregador esteja recolhendo o Fundo de Garantia de Tempo de Serviço (FGTS).

Como solicitar – Passo a passo:


1) Dirija-se à qualquer Caixa Econômica Federal ou ao M.T.E (Ministério do Trabalho e Emprego) da sua cidade munidos dos seguintes documentos:
- Rescisão contratual, carteira de trabalho devidamente dado baixa com a data de saída e assinada e carimbada pela empresa, as duas vias do seguro desemprego preenchido e fornecido pela empresa, cartão do PIS/PASEP ou o cartão cidadão, extrato do recebimento do pagamento do FGTS, comprovante de residência e os últimos 3 (três) contra-cheques;
2) Entregue todos esses documentos ao atendente. Eles vão fornecer o protocolo de entrada do seguro desemprego, vão lhe dizer quantas parcelas você tem direito e a data que você receberá a primeira (30 dias).

Bem, apenas isso e agora é só esperar para o recebimento do pagamento das parcelas. Para consultar, acesse este link: http://granulito.mte.gov.br/sdweb/consulta.jsf
Digite com seu número de PIS/PASEP e logo abaixo com o código no visor e clique em consultar. Vai abrir outra tela com as informações das parcelas.

Pesquisar mais textos:

Briana Alves

Título:Como Solicitar O Seguro Desemprego - Passo A Passo!

Autor:Briana Alves(todos os textos)

Imagem por: :mrMark:

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios