Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Literatura > CONTRADIÇÕES SOCIAIS COM MUITO BOM HUMOR. UM OLHAR SOBRE O ALIENISTA DE MACHADO DE ASSIS.

CONTRADIÇÕES SOCIAIS COM MUITO BOM HUMOR. UM OLHAR SOBRE O ALIENISTA DE MACHADO DE ASSIS.

Categoria: Literatura
CONTRADIÇÕES SOCIAIS COM MUITO BOM HUMOR. UM OLHAR SOBRE O ALIENISTA DE MACHADO DE ASSIS.

Assim como muitas pessoas eu também saí traumatizado com os autores brasileiro por causa das obras que nos sugeriam/obrigavam a ler na idade errada. Entandam idade errada como adolescencia/Ensino Médio.
No entanto para minha felicidade resolvi insistir no Machadinho e minha primeira experiência, foi com “O Alienista”, que trago algumas abaixo algumas palavras sobre.

Enredo com SPOILERs: Caso ainda não tenham lido sigam esse link abaixo, pois a história já está em domínio público e por isso pode ser liga gratuitamente

Se liga aqui: http://www.dominiopublico.gov.br/download/texto/bn000012.pdf


AGORA QUE VOCÊ JÁ LEU VAMOS DAR SEQUÊNCIA A NOSSA INCRÍVEL JORNADA!

O Alienista traz a história de Simão Bacarmarte, um estudioso da mente humana, podemos chamá-lo assim, que resolve promover uma revolução em sua pequena cidade Itaguaí.

Além de tentar resolver os problemas sociais que os chamados "anormais", poderiam causar, Simão busca entender a mente dessas pessoas. Então percebemos que a ciência é a grande paixão dele, e que somente ela pode salvar o mundo.

Durante sua busca por mapear as "loucuras" dos moradores de Itaguaí, o Alienista, percebe que está com mais da metade das pessoas da cidade presas no seu hospício, a Casa Verde.

Diante dessa situação existe uma inversão de paradigmas no estudo da loucura feita por Simão.

Pensando ele, que estava indo para o caminho errado, ele manda soltar todos que antes eram considerados loucos, notando-se que por serem maioria a loucura virou normalidade, e manda prender os considerados normais, justamente por não se encaixarem no padrão.

Depois dessa reviravolta a história vai se desenrolando até que os "normais" possam se reintegrar à sociedade em uma nova ordem social.

No fim restará apenas o próprio Simão, que por não se encaixar nem como louco, nem como normal acaba tendo que tornar-se seu próprio objeto de estudo.

IMPRESSÕES EXTERNAS

Além da história ser muito divertida pela lógica absurda dos personagens, podemos ler uma crítica ao conceito de "normalidade" que merece ser discutido, principalmente nos dias de hoje.

Não se deixem intimidar por alguns termos antigos que o autor usa, pois não custa nada da um “Googleada” para enriquecer a leitura e é sempre bom lembrar que o texto foi escrito em 1881, dê uma chance a si mesmo.

A leitura é rápida, pois trata-se de um conto. Mas, isso não significa que ela seja prejudicada pela brevidade do texto. Talvez seja justamente o poder de síntese de Machado de Assis que faça dessa história uma obra imortal.

QUERO TESTAR A SUA CORAGEM, CARO LEITOR!

Na intenção de criar um desafio para o final desse texto, assim que terminar sua leitura, escreva um comentário, mesmo que seja para criticar, afinal a internet é maravilhosas justamente por termos opiniões diferentes, vamos lá.

O DESAFIO ESTÁ LANÇADO.

Aproveitem também para indicar a leitura do Machado de Assis para os seus colegas, mostre para eles que quando lemos os textos sem a obrigação de fazer um prova ou passar no vestibular, eles podem ser muito prazeirosos. Indiquem também esse texto (que você acabou de ler) para que eles possam pensar em algumas questões que vão além do próprio conto.


Jhon Erik Voese

Título: CONTRADIÇÕES SOCIAIS COM MUITO BOM HUMOR. UM OLHAR SOBRE O ALIENISTA DE MACHADO DE ASSIS.

Autor: Jhon Erik Voese (todos os textos)

Visitas: 0

1 

Comentários - CONTRADIÇÕES SOCIAIS COM MUITO BOM HUMOR. UM OLHAR SOBRE O ALIENISTA DE MACHADO DE ASSIS.

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como cuidar de Plantas de interior

Ler próximo texto...

Tema: Bricolage Jardim
Como cuidar de Plantas de interior\"Rua
Cada planta tem um comportamento diferente, vou colocar aqui alguns cuidados que servem para a maioria delas.

LUZ:

Os principais erros no cultivo de plantas de interior é a falta de luz.
Se elas estiverem em locais onde não há luz suficiente, isso pode ser corrigido com a instalação de luz artificial, existe no mercado lâmpada que imitam a luz natural.


TEMPERATURA:

Mudanças bruscas de temperatura retardam e até paralisa o crescimento da planta, bem como causa a queda de folhas.


UMIDADE:

A maioria das plantas necessita de uma umidade atmosférica adequada.
Normalmente notamos que a planta não está com a umidade correta quando acontece ficarem amarelas e a queda de folhas.


IRRIGAÇÃO:

Conselhos básicos:
Uma planta em fase de crescimento vai precisar de mais água que uma que está em fase de dormência, ou já atingiu o seu tamanho adulto.
Durante a floração a planta precisa de mais água que em sua fase de crescimento
Em ambientes internos mais quentes é evidente que a planta vai precisar de mais águas que em ambientes mais frios.
Para saber qual é o momento exato de molhar, enfie o dedo no substrato, se sentir ele seco, chegou a hora

FERTILIZANTE:

Para que a planta tenha um desenvolvimento harmonioso convém usar periodicamente de fertilizantes que podem ser líquido ou sólidos.
No mercado existe a venda fertilizante com fórmulas específicas para cada planta.
Após a utilização do fertilizante regue a planta.

LIMPEZA:

Faça regularmente a limpeza de folhas secas e caule, pois elas são bastante positivas não só esteticamente como para a saúde das plantas.
Se estiver acumulada muita poeira sobre as folhas, espane, e depois passe um pano húmido
Atenção: Existe algumas espécies, que tem as folhas aveludadas, tipo a Violeta Africana, Begônia Rex, etc. que não deve ser colocada água é só usar uma escovinha bem macia.

TROCA DE VASO:

De uma maneira geral após 1 ou 2 anos as plantas de interior devem ser colocadas em vasos de tamanho maior.
Isso deve ser feito porque as raízes passam a ocupar um grande espaço e também porque o substrato vai perdendo sua composição inicial.
A época mais adequada varia de planta para planta, algumas devem ser feitas na primavera e outras quando estão na fase de repouso.
Aproveite para obterem mudas, separando brotos e dividindo touceiras.

Pesquisar mais textos:

Miguel Pereira

Título:Como cuidar de Plantas de interior

Autor:Miguel Pereira(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Briana AlvesBriana

    13-10-2014 às 04:09:31

    Muito bom! É tão gratificante cuidar de plantas. A gente vê o quanto elas florescem quando são bem-cuidadas. Amei as dicas!

    ¬ Responder
  • Rua DireitaRua Direita

    18-04-2014 às 22:36:55

    Fantástico seu texto, a Rua Direita agradece!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios