Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Beleza > Cabelos finos e quebradiços

Cabelos finos e quebradiços

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Beleza
Visitas: 2
Comentários: 28
Cabelos finos e quebradiços

Cabelos finos e quebradiços são muito exigentes no que diz respeito a utilização de produtos e tratamentos químicos. Se os cabelos são frágeis, antes de fazer uso de qualquer produto, a atenção em saber se é um produto que não agrida ainda mais os cabelos que já estão danificados é fundamental.

Nem sempre aquela receitinha caseira da amiga que deixou os cabelos dela atão lindos será boa para todos. Cada cabelo tem um tipo, mesmo os cabelos mais saudáveis, estão sujeitos a sofrerem agressões ao receberem produtos incompatíveis com seu tipo.

Ter cabelos invejáveis de tanta beleza com perfeita textura é o ideal, porém em muitas das vezes, nós mesmas é que agredimos os nossos cabelos com o que achamos que poderia dar certo. Todos os tipos de cabelos precisam ser hidratados, especialmente os finos quando estão quebradiços, nese estado, eles precisam de hidratação profunda com cicatrização dos fios, que deve ser feita por um cabeleireiro e para a manutenção, pode-se fazer hidratação pelo menos uma vez por semana em casa. Um cabelo bem hidratado tende a se recuperar das agressões sofridas.

Ao lavar os cabelos, evitar seca-los preso, mesmo que seja com prendedores de elástico que não apertam, secar bem na toalha e se possível ao natural. No caso de se usar secador, tem que ser com difusor, para evitar o resecamento e piorar a situação.

Lavar os cabelos todos os dias pode, ao contrário do que muitos pensam, o couro cabeludo limpo, respira melhor pelos folículos, o importante é usar shampoo, condicionador e cremes que sejam indicados para os cabelos, usar cremes sem enxágue ou mousse para pentear e não lava-los com água muito quente, a melhor temperatura para lavar os cabelos é com água fria mas, como geralmente se lava no banho, tomar banho de água morna é indicado tanto para a apele como para os cabelos, pois ambos sofrem ressecamento com água quente.

Cabelos finos e quebradiços também podem ficar bonitos, primeiro porque cabelo fino não quer dizer que sempre tem que ser quebradiço, se está quebradiço precisa de foprtalecimento, que envolve tratamento específico, alimentação saudável.

Se faz uso de tinturas e produtos para alisamento, deve-se consultar um dermatologista e o cabeleireiro para a mudança dos produtos, pois talvez a química não esteja de acordo com esse tipo de cabelos, mesmo sendo um produto que indique ser leve, a incompatibilidade dos fios pode estar gerando uma resistência e como consequência, a quebra dos fios que por já serem finos, os danos são possívelmente mais evidente.


Sílvia Baptista

Título: Cabelos finos e quebradiços

Autor: Sílvia Baptista (todos os textos)

Visitas: 2

763 

Imagem por: asobitsuchiya

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 28 )    recentes

  • lucineia B.souza

    13-06-2014 às 21:31:12

    os meus cabelos sao muito finos quebra muito as pontas, por conta disso nao cresce nao passa do ombro senpre tive vontade de ter cabelos longos mas nao sei o que fazer mesmo hidratando eles comtinuam quebrando por favor me ajude.ja tomei tambem imecap har,mas nada de resultado

    ¬ Responder
  • SophiaSophia

    14-06-2014 às 04:30:34

    Olá, para que ele cresça você precisa cortar as pontinhas de 3 em 3 meses. Há uma receita caseira super fácil: Pegue um shampoo que você usa normalmente e coloque o pó da gelatina de qualquer sabor. Deixe-o descansar por 8h e no outro dia, use normalmente.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • Marcia Pessotti

    22-11-2014 às 15:42:21

    Essa receitinha quanto de gelatina para 200ml de shampoo? Obrigada!

    ¬ Responder
  • daniele

    17-04-2014 às 21:49:05

    Olá! A raiz de meu cabelo cresce rápido, por isso eu o relaxo de 3 em 3 meses,apenas a raiz.Ele está crescendo,mas está um pouco fino e cái quando vou penteá-lo ou no banho,o que preciso fazer ? Obrigada

    Saber mais em: http://www.ruadireita.com/beleza/info/cabelos-finos-e-quebradicos/#ixzz2zF5sbvDM
    Follow us: @ruadireita on Twitter | ruadireita on Facebook

    ¬ Responder
  • SophiaSophia

    17-04-2014 às 22:59:12

    A Rua Direita recomenda que faça um pequeno corte nas pontas, pois apesar de haver crescimento, eles não ganham comprimento por conta da quebra, das pontas duplas. Uma outra coisa que deverás ver é fazer uma cauterização, se possível a frio, uma vez no mês e também uma hidratação mensal. Bem, se fizeres isso, seu cabelo voltará a ficar mais forte e saudável.

    ¬ Responder
  • SophiaSophia

    15-04-2014 às 23:23:58

    Já tive os cabelos assim e si como é difícil tratá-lo. Adorei seu texto.

    A equipa da Rua Direita

    ¬ Responder
  • Nina

    14-08-2013 às 14:51:18

    Olá! A raiz de meu cabelo cresce rápido, por isso eu o relaxo de mês em mês,apenas a raiz.Ele está crescendo,mas está um pouco fino e cái quando vou penteá-lo ou no banho,o que preciso fazer ? Obrigada

    ¬ Responder
  • lkarla

    04-06-2013 às 19:06:04

    Meu cabelo infelizmente teve um corte químico,como ele esta muito fragilizado e extremamente curto o q me deixou muito triste.Estou fazendo em casa hidratação profunda para fortalecer um pouquinho para começar fazer em salão cauterização e escova indiana.Tem mais alguma dica para me fornecer com sua sabedoria? Desde já agradeço.

    ¬ Responder
  • cassiana

    19-07-2013 às 13:17:24

    procure um dermatologista, converse com ele, também pergunte a ele se é recomendavél no seu caso tomar algum medicamento para o crescimento dos cabelos.

    ¬ Responder
  • Roseanne

    02-04-2013 às 23:13:26

    Oi td bem, ñ sei mais que tipo de creme usar no meu cabelo, eu relaxo ele de 3 em 3 meses, ele tá caindo muito e quebrando fácil, alisei com o Issy,mas dessa vez ñ ficou legal, meu cabelo tá muito ressecado e fraco,me ajuda tô desesperada, ñ sei o que fazer.

    ¬ Responder
  • JULIANA ANTUNES DE CARVALHO GODINHO

    30-03-2013 às 17:08:39

    Olá boa tarde!
    O meu cabelo era ondulado e já tinha pouco volume, por ser anelado parecia ter um pouco mais, comecei usando tinta(welaton, Imedia), depois passei a usar tonalizante(color touch - wella). Como já estava enjoada dos anéis, resolvi fazer uma progressiva nele(sendo que agora já fiz várias vezes, mais de 07) e depois de um tempo parei com o tonalizante e fiz luzes, pois como o meu cabelo já apresenta alguns bons fios brancos preferi ao invés de pintar ou tonalizar, dar uma clareada com luzes, assim poderia disfarçar os fios brancos. Só que o meu cabelo está quase abaixo dos seios, e a pontas estão quebradiças, finas, duplas... e não como não gosto do meu cabelo curto não pretendo cortar, pelo menos por enquanto. Gostaria de cabelos mais volumosos e mais fortes, menos finos. O que fazer? Me ajude a fazer algo, por favor. Desde já agradeço a atenção em ler o meu pedido de ajuda.

    ¬ Responder
  • fabiana

    05-04-2013 às 15:09:07

    raspa tudo e póe uma piruca

    ¬ Responder
  • vana souza

    06-03-2013 às 21:16:14

    meu kbelo parece até pêlo de kchorro (kkk)eh sério.. não cresce rápido, é fino e quebradiço! eu uso tintura preta nele.. oki façoo ??

    ¬ Responder
  • carolina vale

    23-09-2012 às 00:17:47

    *-* Gstei demais do seu texto apresentado, meus cabelos estão caindo demais, já não penti-o mais, pois se eu pentiar meus cabelos vão cair o dobro,pentio com os dedos mesmo, cai demais e as vezes sinto o meu coro cabeludo dolorido está ficando muito fino os cachos já se dar para contar,por favor me de uma dica o que fazer e ainda mais ele cai nas raizes e quebra,imagine um cabelo cheio de frizz por pontas quebradas me de uma dica o que fazer pois tenho medo até de ficar sem cabelos de tanto cair.... Desde já agrdeço....

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoDaniela Vicente

    11-09-2012 às 12:56:31

    os meus cabelos são muito finos, mesmo. eu acordo com semi-rastas. e depois para escovar o cabelo é horrível. é muito doloroso. por vezes tenho que pedir ajuda ao meu companheiro para tirar os nós dos cabelos. portanto eu acordo com tufos no cabelo e depois tenho que escová-lo de forma impecável para esticá-lo. tentar esticá-lo com nós, é impossível e fica horrível. gostei muito do seu texto, está muito interessante. parabéns.

    ¬ Responder
  • Sílvia BaptistaSilvia Baptista

    31-07-2012 às 10:31:13

    É comum muitas pessoas não irem a um salão de cabeleireiro por falta de dinheiro, o que infelizmente acontece é que ao ver que os cabelos não estão bonitos, fica com a autoestima baixa. Uma boa saída é procurar em sua cidade sala escola, o tratamento pode sair até de graça.

    ¬ Responder
  • Sílvia BaptistaSilvia Baptista

    30-07-2012 às 10:58:25

    É muito importante falar sobre outros fatores que agridem os cabelos finos e os deixam quebradiços, um deles é o estresse, outro é dormir poucas horas por dia e beber pouca água. Já para quem faz uso de alisantes, tinturas, descoloramento e secador diariamente, é fundamental fazer hidratação semanalmente. Uma receitinha muito simples para esse tipo de cabelo é bater 3 colheres de sopa da polpa do abacate com óleo de amêndoas, óleo de banana e um creme hidratante, aplique e cubra os cabelos. Tempo para touca térmica 15 minutos e caso seja com plástico filme 30 minutos é o ideal.

    ¬ Responder
  • Sílvia BaptistaSilvia Baptista

    30-07-2012 às 10:57:53

    Quando os cabelos estão quebradiços, é preciso analisar alguns fatores que possam estar danificando os cabelos. Podemos citar que a alimentação ajuda no fortalecimento, seria um tratamento de dentro para fora. Comer mais gelatina, especialmente a natural ou de algas com iogurte, frutas ricas nas vitaminas C e A que auxiliará nessa questão seguido do tratamento local, que é a aplicação direta nos cabelos de produtos que não altere o pH dos fios. Esses são encontrados nas boas drogarias e, se habituar a usar shampoo para uso diário e sem sal, algumas marcas pouco conhecidas tem o preço relativamente baixo.

    ¬ Responder
  • Sílvia BaptistaSílvia Baptista

    26-07-2012 às 10:32:32

    Cuidar dos cabelos é uma ação natural para as mulheres, mas cada tipo de cabelo exige uma opção de tratamento diferente, por isso são muitas as dúvidas quanto ao que fazer para deixar os cabelos bonitos, fortes e saudáveis. Sem dúvida que os cabelos complementam a estética feminina e que faz parte da sua identidade, até mesmo para aquelas que gostam de estar sempre apresentando um novo visual. Esse comportamento também tem a ver com o estilo pessoal, que vem a ser uma reinvenção da sua imagem e de como está se sentindo. Só que o cabelo fino requer mais atenção.

    ¬ Responder
  • soniasonia

    21-06-2012 às 18:10:46

    meu cabelo e crespo fini e quebra muito o que fazer faço relaxamento de tré em trés meses.com salon lane de sódio

    ¬ Responder
  • Sílvia BaptistaSilvia Baptista

    22-06-2012 às 18:39:09

    Olá Sônia, antes de qualquer procedimento é muito importante que você faça um tratamento de hidratação profunda para fortalecer os fios. Quanto ao relaxamento, o tempo para o retoque tem a ver com o crescimento do cabelo, sendo que para aplicar novamente à química, faça somente na parte onde houver crescido, pois estará virgem. Preste atenção ao creme neutralizante, esse é um processo que deve ser feito após todo tipo de aisamento, é fundamental para remover resíduos.

    ¬ Responder
  • HilaHila

    16-08-2011 às 18:33:07

    meu cabelo é crespo e fino, por isso ele quebra muito, por favor ajude - me

    ¬ Responder
  • claudenizeclaudenize

    16-04-2011 às 18:43:09

    os meus cabelos são finos e volumosos.Eles demoram muito a crescer,além do ressecamento excessivo.Ajudem-me

    ¬ Responder
  • SôniaSônia

    10-02-2011 às 16:49:49

    nho cabelos finos,quebradiços e foi-me receitado MINOXIDIL(preparado em Famácia de manipulação. Melhorou sim ,mas como j'TENHO MAIS DE 7Oanos,alguns médicos acham relativo o estada do cabelo enfraquecido.Em parte,discordo...Pinto de n6es a mês e faço hidratação em casa,além de usar creme após enxague,com isso,ele se apresenta melhor mas continua quebradiço.Por favor,quem

    ¬ Responder
  • dannidanni

    25-01-2011 às 10:54:33

    Receitas caseiras nem sempre ajuda não, compre no novo seda cauterização a frio do ceramidas vai da resultado.

    E no caso do cabelo cacheado você lave seua cabelos com a msma linha que eu indiquei em cima shampoo e condicionador da linha seda e no lugar do creme de pentear compre um ativador de cachos jogando seu cabelo pra frente acompanhado com um pouco de repadador de pontas

    ¬ Responder
  • monicamonica

    15-09-2010 às 23:49:26

    meus cabelos estão com os fios muito finos e quebrados o q fazer para obter oq ele era grosso e saudavel preciso de ajuda de uma hidratação caseira urgente!!!!

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãocleonice

    14-09-2010 às 20:31:59

    meu cabelo está fino e quebradiço, mas ele é cacheado oque eu faço? Ele fica muito armado.

    ¬ Responder
  • geovana

    16-12-2012 às 23:00:00

    gofinos eleçao de mora ila eles moro naparia
    naderas eles bate teim ele para nareai
    pesina pares nofimes

    ¬ Responder

Comentários - Cabelos finos e quebradiços

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O segredo de Van Gogh (Campo de Trigo com corvos)

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Arte
O segredo de Van Gogh (Campo de Trigo com corvos)\"Rua
‘Campo de trigo com corvos’ destaca-se como uma das mais poderosas e mais ferozmente debatidas pinturas de Vincent Van Gogh. As várias interpretações deste trabalho em particular são provavelmente mais variadas do que qualquer outro na obra de Van Gogh. Alguns o veem como a "nota de suicídio" de Van Gogh transformada em uma tela, enquanto outros mergulham para além de uma visão geral superficial do assunto e favorecem uma abordagem mais positiva. Alguns críticos mais extremos vão ainda um pouco mais longe - além da tela e das pinceladas - a fim de traduzir as imagens em uma linguagem inteiramente nova do subliminar.

Uma análise artística é, por sua própria natureza, um esforço subjetivo. Ainda assim, as interpretações mais razoáveis são melhor realizadas a partir de uma base fatual.

Ao contrário do mito popular, ‘Campo de trigo com corvos’ não é a última obra de Van Gogh. A pintura é, sem dúvida, turbulenta e, certamente, transmite uma sensação de solidão nos campos - uma imagem poderosa de Van Gogh como artista derrotado e solitário em seus últimos anos. Além disso, ambos os filmes populares ‘Lust for Life’ e ‘Vincent and Theo’ reescrevem a história e retratam esta pintura como sendo a última de Van Gogh - com mais interesse pelo efeito dramático do que pela precisão histórica.

A datação precisa de ‘Campo de trigo com corvos’ é difícil devido à sua semelhança com outras obras que Van Gogh estava pintando e escrevendo, dentro do mesmo período temporal.

Do ponto de vista simbólico vale a pena rever os elementos básicos da pintura e depois explorar cada um a partir de vários e diferentes fins interpretativos do espectro.

Os caminhos presentes no quadro são basicamente compostos de três conjuntos: dois em cada canto de primeiro plano e uma terceira no enrolamento em direção ao horizonte médio. Os caminhos desafiam a lógica em que eles parecem se originar, pois vêm do nada e levam a lugar nenhum. Alguns interpretaram isso como uma confusão em curso na vida de Van Gogh acerca da direção dúbia que a sua própria vida havia tomado. O caminho do meio manteve-se o mais fértil para a interpretação simbólica. O caminho leva a algum lugar? Será que com sucesso se atravessará o campo de trigo e se chegará a novos horizontes? Ou será que, de fato, termina em um beco sem saída inevitável? Van Gogh deixa ao apreciador da sua pintura essa decisão.

Desde os seus primeiros anos como artista Van Gogh, gostava de cenas envolvendo céu tempestuoso. Van Gogh tinha mesmo um grande respeito pelas forças da natureza e inclui céus turbulentos em uma série de suas obras, porque o assunto é tão poderoso e tão cheio de potencial artístico que causa impacto em uma tela vazia. Além disso, Van Gogh escreveu uma vez sobre as possibilidades libertadoras das tempestades: "O piloto, por vezes, consegue avançar porque tem de vencer a tempestade e não ser forçosamente destruído por ela”. Claro que, como o passar dos anos, o seu estado mental tornou-se mais debilitado e suas perceções em relação à natureza podem ter ‘escurecido’. No entanto, pode-se argumentar que Van Gogh entendeu as tempestades como uma parte vital e positiva da natureza.

Provavelmente, a imagem mais poderosa dentro do campo de trigo com corvos é a dos próprios corvos. Mais uma vez, muita interpretação simbólica surgiu a partir da representação do bando de corvos. Grande parte da especulação depende se os corvos estão voando em direção ao pintor (e, portanto, o espectador) ou para longe dele. Se o espectador escolhe perceber que os corvos estão voando em direção ao primeiro plano, entenderá essa aproximação com um mau presságio, como um pressentimento obscuro. Se entender que os corvos se afastam, uma sensação de alívio pode ser experienciada. Tudo depende da perspetiva e da carga emocional que o apreciador colocar na pintura e na sua interpretação no momento.

A verdade é que não há nenhuma resposta certa sobre qual a direção, se houver alguma, que os corvos estão seguindo. Este ponto permanece sem solução e, consequentemente, a sua subjetividade aumenta e a sua análise torna-se discutível.

Em segundo lugar, e talvez de maior importância para o entendimento da pintura, a interpretação dos corvos como arautos da morte é uma construção completamente artificial. Van Gogh, em seus próprios escritos, nunca parece aceitar isso mesmo, pelo contrário.

As várias interpretações de ‘Campo de trigo com corvos’ vão desde o mais simples ao mais absurdo. Uma interpretação simbólica pode ser muitas vezes interessante, às vezes reveladora de perseguição. Mas uma sobre-interpretação de uma obra de arte coloca o espectador em risco de perder o que é verdadeiramente essencial. As obras de Vincent van Gogh proporcionam ao espectador uma gama incrivelmente complexa e bonita de assuntos para explorar e para admirar. Seus desenhos são o produto de um relator de habilidade indescritível e suas pinturas são sempre brilhantes, muitas vezes sublime. Os espectadores que passam o tempo à procura de significados em profundidade dentro do campo de trigo com corvos podem se dececionar. Para alguns, o desejo insaciável de entender a mitologia de Van Gogh envia-os numa busca de meras miragens.

Ao invés de buscar respostas dentro de ‘Campo de trigo com corvos’, o apreciador irá sentir seu tempo bem passado se simplesmente admirar o conjunto desta pintura extraordinária: a cor, a vitalidade e a harmonia turbulenta de cada pincelada. Os segredos intangíveis, se os houver, continuarão envoltos no seu próprio reino inefável - como os corvos.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:O segredo de Van Gogh (Campo de Trigo com corvos)

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Imagem por: asobitsuchiya

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    17-06-2014 às 02:30:44

    As obras de Van Gogh são bem inspirativas. Amei saber dessa história.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • 15-04-2014 às 23:54:00

    É verdade que 3 dos mais caros top 10 quadros do mundo são de Van Gogh?

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios