Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > DVD Filmes > MAD MAX Estrada da Fúria um divisor de águas no cinema.

MAD MAX Estrada da Fúria um divisor de águas no cinema.

Categoria: DVD Filmes
Visitas: 2
MAD MAX Estrada da Fúria um divisor de águas no cinema.

Olá, no artigo de hoje vamos falar sobre esse filme que já está fazendo um sucesso e "atropelando" todo mundo no cinema desde sua estreia em 22 de maio de 2015 aqui no Brasil.

O que começou como um filme de baixo orçamento vindo lá da Austrália, com o diretor George Miller, tornou-se uma das séries mais aclamadas pelo público e pela crítica. O primeiro filme chamava-se apenas Mad Max e contava a história de como um policial determinado tornou-se um herói ermitão a vagar por um mundo que está cada vez mais caótico. Essa é a principal beleza e diferencial da série, pois vai mostrando a cada passo um mundo tomado por gangues e facções até tornar-se algo completamente diferente do que conhecemos.

O novo filme traz Max, sendo interpretado por Tom Hardy, o que já chama a atenção visto que o personagem foi consagrado pela interpretação de Mel Gibson, nos três anteriores. O que importa é que o filme é tão bom que a troca de atores torna-se irrelevante.

Outro ponto para o filme novo é que ao meu ver traz pela primeira vez uma protagonista mulher para a série. A atriz Charlize Theron interpreta Furiosa, que está em uma missão de fuga e de resgate com as chamadas mulheres do comandante da Cidadela, Imortan Joe. No meio do caminho encontra com Max que de sua forma muito peculiar acaba ajudando-a nessa corrida desesperada por um mundo com água e outros recursos escasso.
Deixando o conteúdo do novo filme um pouco de lado vou lhes explicar o porquê do título trazer o termo “divisor de águas”.

Hoje em dia já está se tornando comum quando não um hábito cinematográfico refazer filmes, refilmar histórias, criar novas versões para um mesmo personagem. No entanto poucos (quase nenhum) são os diretores que tem a chance de revisitar sua própria obra, sua própria criação. Neste caso é o que acontece com George Miller. Ele não só revisitou seu mundo e personagem, como criou uma história totalmente nova e (principalmente) crível dentro de seus próprios limites. Isto é um fato!

Falando em forma. Agora Mad Max Estrada da Fúria muito provavelmente será escola e referência para as novas adaptações, pois George Miller traz cenas de ação com uma fotografia maravilhosa (parte do filme é quase todo laranja e depois passa para tons de azul e finalmente retorna para o laranja).

E ainda falando das cenas de ação, faltam-me adjetivos para descrever a adrenalina que o filme transmite, e não são cenas jogadas ou perseguições sem sentido, é tudo muito bem amarrado com o universo do filme e demonstram a cada batida ou cada estratégia dos grupos a imensa criatividade e inventividade do ser humano em um mundo pós-apocalíptico.

O filme já se encontra a venda em DVD e Blu-Ray e é uma recomendação imperativa tanto para quem já é fã, mas também para quem ainda não conhece nada pode ser uma porta de entrada para o mundo MAD MAX.


Jhon Erik Voese

Título: MAD MAX Estrada da Fúria um divisor de águas no cinema.

Autor: Jhon Erik Voese (todos os textos)

Visitas: 2

387 

Comentários - MAD MAX Estrada da Fúria um divisor de águas no cinema.

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

A arte de trabalhar a madeira

Ler próximo texto...

Tema: Serviços Construção
A arte de trabalhar a madeira\"Rua
A carpintaria constitui, digamos assim, a arte de trabalhar a madeira. É claro que, de acordo com o produto final, se percebe bem que uns carpinteiros são mais artistas do que outros…

Às vezes nem se trata tanto dos pormenores, mas mesmo de desvirtuar o que era a ideia inicial e constava da encomenda. Mal comparado, quase se assemelha à situação daquela aspirante a costureira que pretendia fazer uma camisola para o marido e, no fim, saíram umas calças!

Na construção civil, a madeira é utilizada para diversos fins, temporários ou definitivos. Na forma vitalícia (esperam os clientes!) incluem-se estruturas de cobertura, esquadrias (portas e janelas), forros, pisos e edifícios pré-fabricados.

Quase todos os tipos de madeira podem ser empregues na fabricação de móveis, mas alguns são preferidos pela sua beleza, durabilidade e utilidade. É conveniente conhecer as características básicas de todas as madeiras, como a solidez, a textura e a côr.

Ser capaz de identificar o género de madeira usado na mobília lá de casa pode ajudar a determinar o seu real valor. Imagine-se a possibilidade de uma cómoda velha, que estava prestes a engrossar o entulho para a recolha de lixo, ter sido feita com o que hoje se considera uma madeira rara.

É praticamente equivalente a um bilhete premiado do Euromilhões, dado que se possui uma autêntica relíquia! Nestes casos, a carpintaria entra na área do restauro e da recuperação. Afinal, nem tudo o que é velho se deita fora…

Por outro lado, as madeiras com textura mais fraca são frequentemente manchadas para ganhar personalidade. Aqui há que remover completamente o acabamento para se confirmar a verdadeira natureza da madeira.

É assim também com muita gente: tirando a capa, mostram-se autenticamente. Mas destes, nem um artificie com “bicho-carpinteiro” consegue fazer nada…!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:A arte de trabalhar a madeira

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Luene ZarcoLuene

    23-09-2014 às 13:23:35

    Uma excelente técnica que penso ser muito bonito e sofisticado. A arte de trabalhar madeira está sempre em desenvolvimento e crescimento.

    ¬ Responder
  • Rua DireitaRua Direita

    01-06-2014 às 05:18:46

    É ótimo o trabalho com a madeira. Pode-se perceber grandes obras que se faz com ela. Realmente, é uma verdadeira arte!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios