Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > DVD Filmes > O Bebê de Rosemary

O Bebê de Rosemary

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: DVD Filmes
O Bebê de Rosemary

O Bebê de Rosemary ( Rosemary´s Baby) é um filme que mistura drama, terror e suspense de 1968 dirigido por Roman Polanski. O filme é considerado até hoje um dos grandes clássicos do cinema no gênero terror e sua história foi baseada em um romance da escritora Ira Levin.

O elenco é formado pelos atores John Cassavetes, Mia Farrow, Ruth Gordon, Maurice Evans e Ralph Bellamy. Apostando em um terror psicológico e claustrofóbico, O Bebê de Rosemary é daqueles filmes que cria um clima de tensão, suspense e medo sem precisar apelar para mortes violentas ou muito sangue derramado.

Bem diferente das produções atuais que consideram a máxima " quanto mais mortes e sangue melhor". Rosemary (Mia Farrow) e seu marido Guy ( John Cassavetes) se mudam para um apartamento em Nova York.

A princípio parece ser o lugar dos sonhos para o casal, e logo eles conhecem um casal de vizinhos idosos que aparentemente são bem amáveis e simpáticos. Porém logo fica claro que os vizinhos são um tanto quanto intrometidos e curiosos querendo saber da vida particular do casal.




O marido de Rosemary acaba descobrindo que seus simpáticos vizinhos fazem parte de uma seita que cultua o demonio e acaba se envolvendo com eles. O que Rosemary não sabia é que seu marido em troca de ter sucesso como ator, aceita se "vender " para seus macabros vizinhos e monta um plano para usar sua esposa para dar a luz o "filho do demônio".

Nada no filme é explícito, inclusive na cena final é mostrado apenas de relance o rosto da criança, o que causa medo não é o que é mostrado, mas sim ficamos apavorados pela expressão de terror e surpresa de Rosemary quando vê o seu bebê pela primeira vez, ficamos imaginando : Será que a criança é tão assustadora assim?

O filme na epoca de seu lançamento causou uma grande polêmica por tratar de temas ligados ao satanismo, e coincidência ou não, após seu lançamento aconteceram vários fatos macabros com as pessoas envolvidas na produção do filme. O produtor William Castle morreu de falência renal, e meses depois a esposa do diretor Roman Polanski morreu assassinada.

Veja ou reveja esse grande clássico, é um dos filmes que alguns amam, outros odeiam, mas ninguém consegue ficar indiferente.


Nilson Empreendedor

Título: O Bebê de Rosemary

Autor: Nilson Empreendedor (todos os textos)

Visitas: 0

628 

Comentários - O Bebê de Rosemary

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Informática
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?\"Rua
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Bom, Não é de hoje que tecnologia vem surpreendendo a todos nós com grandes revoluções e os custos que diminuem cada vez mais.
Hoje em dia é comum ver crianças com smarthphones com tecnologia que a 10 anos atrás nem o celular mais moderno e caro do mercado tinha.
Com isso surgiram sugiram vários profetas da tecnologia e visionários, tentando prever qual será o próximo passo.

E os filmes retratam bem esse tema e usam essa formula que atrai a curiosidade das pessoas.
Exemplos:

Minority report - A nova lei de 2002 (Imagem)

Transcendence de 2014

Em Transcendence um tema mais conspiratório, onde um ser humano transcende a uma consciência artificial e assim se torna imortal e com infinita capacidade de aprendizagem.
Vale a pena ver tanto um quanto o outro filme. Algumas tecnologias de Minority Report, como utilizar computadores com as mãos (caso do kinect do Xbox 360 e One) e carros dirigidos automaticamente, já parecem bem mais próximo do que as tecnologias vistas em Transcendence, pois o foco principal do mesmo ainda é um tema que a humanidade engatinha, que é o cérebro humano, a máquina mais complexa conhecida até o momento.

Eu particularmente, acredito que em alguns anos teremos realmente, carros pilotados automaticamente, devido ao investimento de gigantes como o Google e o Baidu nessa tecnologia.

Também acho que o inicio da colonização de Marte, vai trazer grandes conquistas para humanidade, porém grandes desafios, desafios esses que vão nos obrigar a evoluir rapidamente nossa tecnologia e nossa forma de encarar a exploração espacial, não como um gasto, mas sim como um investimento necessário a toda humanidade e a perpetuação da sua existência.

A única salvação verdadeira para humanidade e para o planeta terra, é que seja possível o ser humano habitar outros planetas, seja localizando planetas parecidos com a terra ou mudando planetas sem condições para a vida em planetas habitáveis e isso só será possível com gente morando nesses planetas, como será o caso do Marte. O ser humano com a sua engenhosidade, aprendeu a mudar o ambiente a sua volta e assim deixou de ser nômade e da mesma forma teremos que aprender a mudar os mundos, sistemas, galáxias e o universo a nossa volta.

Espero que tenham gostado do meu primeiro texto.
Obrigado à todos!
Até a Próxima!


Pesquisar mais textos:

Érico da Silva Kaercher

Título:Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Autor:Érico da Kaercher(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios