Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Automóveis > Problemas nos travões

Problemas nos travões

Categoria: Automóveis
Comentários: 1
Problemas nos travões

Para maior segurança, os travões precisam estar em pleno funcionamento, são eles os responsáveis pela frenagem de um veículo, sem os travões, seria impossível controlar a aceleração e o veículo dispararia ao ser acionado o mecanismo, sem nenhuma sombra de dúvida, isso acarretaria um verdadeiro desastre que não cabe aqui medir as proporções.

Sempre nos é recomendado, fazer revisão no automóvel e na moto, um veículo funciona por meio de macanismos que sofrem desgastes e corrosão como em qualquer outro, portanto ficar atento a manutenção é necessário e nunca se deve pensar que um veículo precisa apenas de combustível. O assunto é tão sério que os fabricantes de veículos, além da atenção geral que destinam a segurança dos veículos como um todo, os cuidados com os travões são ainda maiores.

No caso de precisar ser feita uma substituição, é importantíssimo que os travões sejam de boa qualidade, tentar economizar com um material inferior pode custar a vida, é o tipo de economia que não cabe sequer pensar.

Na compra de um novo automóvel, mesmo que seu veículo esteja funcionando bem e atendendo suas expectativas, se o fabricante informar e solicitar que os proprietários compareçam a rede autorizada para a verificação ou recall, melhor atender e comparecer o quanto antes.

Os trovões dão o primeiro sinal de que algo não vai bem pelo som, se identificar um som diferente parecido com um ruído, é um indício de que os travões podem estar, ou vir a apresentar defeito, por isso é interessante conhecer bem o seu carro.

Um dos problemas mais comuns dos travões são causados por pastilhas e discos que quando desalinhados comprometem o sistema aumentando a distância da frenagem, quanto maior a velocidade maior a necessidade da precisão do mecanismo, o que quer dizer que é preciso que o veículo trave mais rapidamente.

Não podemos deixar de citar que problemas podem surgir separadamente, podem surgir nos tarvões de tras e no de mão também. Fazer revisão periódica evita sérios acidentes pois o mais comum no sistema é o desgaste sofrido com o tempo, o pedal passa por muito esforço com o calor e a pressão produzida pelo pedal.

Há muitos momentos em que o condutor, não precebe que o veículo sofreu excesso de pressão e gerou maior desgaste nos travões, isso ocorre tanto na estrada como nas vias comuns.

Para não ficar tentando advinhar e se colocar em risco, nada de bancar o mecânico, faça a revisão do seu veículo.



Sílvia Baptista

Título: Problemas nos travões

Autor: Sílvia Baptista (todos os textos)

Visitas: 0

654 

Imagem por: [177]

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • SophiaSophia

    17-06-2014 às 05:42:59

    Adorei o texto sobre os problemas nos travões. Qualquer barulho diferente, deve-se tomar atenção para evitar futuros problemas.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Comentários - Problemas nos travões

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Os primeiros brinquedos

Ler próximo texto...

Tema: Brinquedos
Os primeiros brinquedos\"Rua
O brinquedo é mais do que um objecto para a criança se divertir e distrair, é também uma forma de conhecer o mundo que tem ao seu redor e para dar asas à sua imaginação. Desta forma, os brinquedos sempre estiveram presentes na sociedade.

Os primeiros brinquedos datam de 6500 anos atrás, no Japão, em que as crianças brincavam com bolas de fibra de bambu. Entretanto há 3000 anos surgiram os piões feitos de argila e decorados, na Babilónia.

No século XIII apareceram os soldadinhos de chumbo, porém só eram acessíveis às famílias nobres. Cinco séculos mais tarde, apareceram as caixas de música, criadas por relojoeiros suíços.

As bonecas são muito antigas, surgiram enquanto figuras adoradas como deusas, há 40 mil anos, mas a primeira fábrica abriu apenas em 1413 na Alemanha. Barbie, a boneca mais famosa do mundo, foi criada em 1959, mas ainda hoje é das mais apetecíveis pelas crianças.

O grande boom dos brinquedos aconteceu quando se descobriu o plástico para o fabrico. Mesmo assim, muitas famílias não podiam comprar brinquedos aos filhos, como tal, estes utilizavam diversos tipos de materiais e construíam os seus próprios brinquedos.

Actualmente, as crianças têm acesso a uma enorme variedade de brinquedos, desde bonecas, a carros telecomandados, a videojogos… Educativos ou apenas lúdicos, há de tudo e para todos os gostos e preços.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Os primeiros brinquedos

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Imagem por: [177]

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • umdolitoys 23-01-2013 às 05:46:38

    Adorei a reportagem! e tenho algo para vocês verem!!

    Espero que gostem!!!

    ¬ Responder
  • sofia 22-07-2012 às 21:56:29

    Achei muito interecante e muito legal saber que ano foi fabricadoas bonecas

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios