Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Automóveis > Prolongue a vida do seu automóvel

Prolongue a vida do seu automóvel

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Automóveis
Comentários: 1
Prolongue a vida do seu automóvel

Com os preços dos combustíveis ridiculamente em alta e as reparações muito dispendiosas, a última coisa com que quererá preocupar-se é se e quando o seu carro vai avariar. Há procediemntos preventivos que o levarão a proteger melhor o seu investimento, e ir do ponto A ao ponto B de forma tão confiável quanto possível.

Ainda que poucos condutores ou nenhum o faça, leia o manual do carro e da manutenção programada em conformidade. Manter a agenda de manutenção recomendada do seu carro pode ajudar a evitar problemas dispendiosos com o sistema de arrefecimento, transmissão, suspensão e outros componentes. A programação recomendada também ajuda a garantir-lhe o pleno benefício da garantia do fabricante.

Conduza menos. Especialmente, evite viagens curtas. As saídas a frio são prejudiciais para os motores, aumentam o consumo de combustível e prejudicam mais o meio ambiente. As viagens curtas também podem reduzir significativamente a vida do seu catalizador. Basicamente, inicia-se a condensação no escape quando inicia um motor frio, e se não conduzir o carro por tempo suficiente para evaporar toda a condensação do sistema, quantidades excessivas de água podem acumular-se na 'panela' e a formação de ferrugem e um buraco é o que acontecerá no futuro breve. Evite iniciar um carro frio só para guardá-lo na garagem, por exemplo. Dá-lhe mais saúde se sair para dar um passeio e voltar para o guardar. Não conduza um carro, pelo menos, a cada semana, uma vez que os carros que ficam por mais de uma semana ou duas de cada vez parados têm outros problemas, tais como fluidos a sair gradualmente de sistemas. Consulte um mecânico se pensar em guardar um carro por um período prolongado.

Verifique os fluidos: Deve verificar regularmente o nível de anticongelante, óleo, fluido de transmissão, fluido de direção hidráulica e fluido de travões. Mesmo se o seu carro não vazar fluidos, ele pode desenvolver uma fuga e rapidamente ter um nível perigosamente baixo de alguma coisa. Também deve verificar a cor de alguns destes fluidos.

Além disso, nunca misture anticongelantes. Se não sabe o que cor de anticongelante o seu carro tem, compre uma marca universal. O óleo deve ser relativamente claro, e não negro. O óleo que apresente um tom branco, como se fosse um batido, tem água, provavelmente a partir de um vazamento interno de anticongelante, ou muito raramente, apenas uma quantidade grande de condensação. O fluido da transmissão deve ser vermelho brilhante, e não deve cheirar a queimado ... provavelmente precisa ser mudado se estiver acastanhado ou a cheirar a queimado.

Troque o óleo regularmente: Isto irá melhorar o rendimento e proteger o seu motor. A quilometragem recomendada entre as mudanças de óleo é de 5000 a 8000 quilómetros, ou a cada 3 a 6 meses. Mude o filtro de óleo - não faz qualquer sentido colocar óleo novo e limpo através de um filtro sujo, e os filtros são muito baratos e disponíveis em qualquer loja de peças. Verifique o manual de serviço, ou entre em contacto com o revendedor para as necessidades específicas do seu carro.

Mudar o filtro de ar é algo que pode fazer facilmente em casa, sem o uso de ferramentas, e deve ser feito aproximadamente a cada 12 mil quilómetros. Pode comprar um filtro compatível em quase qualquer loja de peças automóvel. O manual do proprietário vai mostrar onde o filtro de ar está localizado. Os filtros de ar sujos, ou empoeirados podem aumentar o consumo de combustível.
Vigie a espessura das pastilhas de travão e não deixe que as pastilhas ultrapassem o limite - o que irá causar danos aos discos de travão pelo menos e, possivelmente, nas pinças também.
Rode os pneus. Alterar a posição do pneu é muito importante e reduz o desgaste irregular no piso, prolongando assim a vida útil dos pneus. O ciclo de rotação recomendado é de duas vezes por ano ou a cada 8.000 quilómtros. Rode-os na diagonal - frente à direita para esquerda traseira e dianteira esquerda para traseira direita.

Mantenha os pneus na pressão adequada. Os pneus abaixo da pressão regular podem ter um tempo de vida útil mais curto cerca de 15% e vai diminuir um pouco a velocidade, talvez em 10%. O enchimento de pneus é talvez a mais fácil de todas as actividades. Verifique a pressão dos pneus pelo menos uma vez a cada mês. Isso vai reduzir o desgaste dos pneus e evitar problemas mais graves. Lembre-se que o pneu é o que está em contacto com o solo.

Mantenha a direcção alinhada. Se sentir o carro balançar enquanto conduz a alta velocidade (não durante a travagem - o estremecimento durante a travagem indica rotores deformados), ou se o veículo se desviar da trajectória quando tem o volante na posição 'zero', então pode precisar de um alinhamento. Este também é fundamental para prolongar a vida dos seus pneus e manterá o piso em melhor estado, aumentando assim a sua segurança.

Sempre que sair de carro, conduza suavemente nos primeiros quilómetros, até que ele atinja uma temperatura regular. Não o esforce quando estiver ainda frio, pois prejudica o motor e aumenta o consumo e a emissão de gases poluentes.

Use o travão de estacionamento. Mesmo se estiver a conduzir um carro com transmissão automática, use o seu travão de estacionamento regularmente, especialmente se estiver estacionado num declive. Isso ajuda a manter os travões regulados na traseira do carro e faz com que durem mais tempo.

Lave o seu carro regularmente. O sal da estrada, a lama e a poluição podem levar a despesas de tratamento da pintura. Sem limpeza pode começar a notar ferrugem no fundo das portas dentro de quatro anos. Mais três a quatro anos e a corrosão vai alastrar-se a outros componentes. O comportamento negligente quanto à lavagem pode levar a despesas avultadas, principalmente se reside em localidades perto do mar.

Finalmente, faça um 'check-up' antes de cada viagem longa. Aumente a sua segurança e conduza descansado.


Ruben Duarte

Título: Prolongue a vida do seu automóvel

Autor: Ruben Duarte (todos os textos)

Visitas: 0

627 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • SophiaSophia

    17-06-2014 às 05:08:47

    Coisa boa é prolongar a vida do automóvel, assim toda sua estrutura, motor e visual ficam bem conservados.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Comentários - Prolongue a vida do seu automóvel

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O que é uma Open House?

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Imóveis Venda
O que é uma Open House?\"Rua
Este é um tema que vem pôr muito a lindo o trabalho de alguns mediadores imobiliários e do seu trabalho.

Quando temos um imóvel para vender, muitos são os métodos a utilizar e os meios que nos levam até eles para termos o nosso objetivo cumprido – A venda da Casa.
Quando entregamos o nosso imóvel para que uma mediadora o comercialize, alguns aspetos têm de ser tidos em conta, como a legalidade da empresa e quem será a pessoa responsável pela divulgação da sua casa, mas a ansia de vermos o negócio concretizado é tanta, que muitas vezes nos escapa a forma como fazem a referida divulgação e publicidade do imóvel.

Entre anúncios na internet e as conhecidas folhas nas montras dos estabelecimentos autorizados, muitas mediadoras optam por fazer uma ação que está agora muito em voga que é uma Open House. Mas afinal, o que é isto de nome estrangeiro que tanto se vê pelas ruas e em folhetos de anúncio?

Ora bem, a designação em Português é muito simples – Casa Aberta. E na realidade, uma Open House é isso mesmo. Abrir uma Casa para que todos a possam ver. NO entanto, requerem-se alguns aspetos que as mediadoras normalmente preveem, mas que é fundamental que o proprietário do imóvel também tenha consciência e conhecimento.

Por norma as imobiliárias só fazem este tipo de intervenção e ação em imóveis que têm como exclusivo, isto é, quando é uma só determinada mediadora, a autorizada a poder comercializar o imóvel.

Em segundo lugar, este tipo de ação de destaque requer à mediadora custos com tempo, recursos humanos e financeiros.
A mediadora começa por marcar um dia próprio que por norma é datado para um feriado ou fim de semana. Faz então publicidade local através de folhetos e flyres anunciando a Open House, o dia e a hora, tal como o local. Muito provavelmente serão tiradas fotografias ao seu imóvel.

Através de redes sociais também poderão ser divulgadas as ações.
No dia da Open House, o local será indicado com publicidade da sua casa e da imobiliária e começarão a aparecer visitas ao imóvel.

Sugiro que não tenha mobiliário e muito menos valores em casa. O ideal será o imóvel estar desocupado de todos e quaisquer bens, por uma questão de segurança, mas também porque as áreas parecerão maiores e isso com toda a certeza ajuda à venda.

A imobiliária será responsável pela limpeza e trato do imóvel, pelo que se ocorrerem danos, serão eles os responsáveis.
Neste tipo de ações, é normal que a concorrência das imobiliárias apareça e faça parcerias que para si só trará vantagens.

Uma Open House pode não ser uma ação de destaque em Portugal, mas por exemplo nos Estados Unidos, é o normal e mais agradável. Os clientes não se sentem pressionados como numa visita normal e os negócios concretizam-se com muito mais rapidez e naturalidade.

Pesquisar mais textos:

Carla Horta

Título:O que é uma Open House?

Autor:Carla Horta(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios