Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Beleza > Como recuperar cabelos quimicamente tratados

Como recuperar cabelos quimicamente tratados

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Beleza
Comentários: 2
Como recuperar cabelos quimicamente tratados

Muitas mulheres recorrem aos tratamentos químicos para melhorar a aparência dos fios, o alisamento é a técnica mais procurada por todas elas. Entretanto, esse tipo de tratamento pode causar certos danos ao cabelo, fazendo com elas procurem por tratamentos alternativos para recuperar a beleza e a saúde dos fios. Se você esta passando por essa fase, confira algumas dicas e veja como recuperar cabelos quimicamente tratados.

Escolha o shampoo certo – Às vezes os shampoos e condicionadores para cabelo danificado podem não suprir a necessidade do seu tipo de cabelo. Em alguns casos, eles podem deixar os fios mais pesados e oleosos. Por isso, uma boa alternativa é investir em shampoos hidratantes, feitos à base de vitaminas e óleos essenciais.

Alternar vale a pena – Em casos mais graves, em que os fios ficam opacos, quebradiços e sem vida, o ideal é investir em produtos ricos em queratina e aminoácidos. Essas substâncias são importantes, pois contribuem para o fortalecimento da estrutura interna da fibra capilar. Para utilizá-los da forma correta, basta alterná-los com shampoos neutros ou para cabelos oleosos. Eles ajudam a diminuir o acúmulo de resíduo nos fios.

Diluído faz mais efeito – Outra dica é diluir um pouco do shampoo em um copinho de água antes de aplicá-lo no cabelo. Assim, você evitará que o produto fique acumulado em apenas uma região da cabeça, tornando a limpeza mais eficaz.

Não passe condicionador na raiz – É fundamental evitar aplicar o condicionador na raiz dos cabelos. Dessa forma, o couro cabeludo não fica oleoso e evita a aparição da caspa. Depois, enxágue muito bem os fios, para que não fiquem vestígios de nenhum produto, isso evita que o cabelo fique opaco e pesado.

Finalize apenas com o necessário – Se você usa finalizadores, nunca exagere na quantidade a ser aplicada. Alguns desses cosméticos possuem em sua composição o silicone e deixam resíduos no couro cabeludo. Esses resíduos são mais difíceis de dissolver e podem contribuir para a perda de cabelo e para o ressecamento. Então, para garantir um couro cabeludo saudável e livre de sujeiras, utilize um shampoo antirresíduo a cada quinze dias.

Enriqueça a máscara – Em muitos salões de beleza, as máscaras capilares recebem um booster, que é um ingrediente que potencializa a ação do produto. Geralmente, é adiciona um tipo de óleo e você pode fazer na sua casa, basta seguir os seguintes passos: Pegue uma colher (chá) de óleo de argan e aqueça no microondas por 10 segundos, misture-o à quantidade de máscara que for passar nos fios e faça a aplicação como de costume. Este procedimento pode ser feito uma vez por semana em casos mais graves e de quinze em quinze dias em cabelos cuja raiz é muito oleosa.


Rua Direita

Título: Como recuperar cabelos quimicamente tratados

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 0

773 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • Rafaela CoronelRafaela

    09-09-2014 às 05:55:14

    O que tenho feito é lavá-los apenas 2x por semana. Adorei também estas dicas e é isso mesmo. Pinto meu cabelo desde meus 15 anos e não é fácilmmantê-los hidratados e saudáveis.

    ¬ Responder
  • Wallace RandalWallace Randal

    16-09-2012 às 20:26:27

    Muito bom seu texto, obrigado por estas dicas! Cabelos mal tratados são um mal comum, e devem ser bem cuidados para que o volume do cabelo fique controlado, o brilho retorne e a vitalidade não o abandone. Ninguém merece cabelos sem vida, e com pontas destruídas! Há várias alternativas de produtos, sem contar que pequenas atitudes durante o banho ou antes de dormir podem fazer a diferença.

    ¬ Responder

Comentários - Como recuperar cabelos quimicamente tratados

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Autobiografia de Alice B. Toklas, de Gertrude Stein, pela primeira vez em Portugal

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Literatura
Autobiografia de Alice B. Toklas, de Gertrude Stein, pela primeira vez em Portugal\"Rua
Gertrude Stein foi uma escritora de peças de teatro, de peças de opera, de ficção, de biografia e de poesia, nascida nos Estados Unidos da América, e escreveu a Autobiografia de Alice B. Toklas, vestindo a pele, e ouvindo pela viva voz da sua companheira de 25 anos de vida, os relatos da historia de ambas, numa escrita acessível, apresentando situações caricatas ou indiscretas de grandes vultos da arte e da escrita da sua época. Alice B. Toklas foi também escritora, apesar de ter vivido sempre um pouco na sombra de Stein. Apesar de ambas terem crescido na Califórnia, apenas se conheceram em Paris, em 1907.


Naquela altura, Gertrude vivia há quatro anos com o seu irmão, o artista Leo Stein, no numero 27 da rue de Fleurus, num apartamento que se tinha transformado num salão de arte, recebendo exposições de arte moderna, e divulgando artistas que viriam a tornar-se muito famosos. Nestes anos iniciais em Paris, Stein estava a escrever o seu mais importante trabalho de início de carreira, Three Lives (1905).


Quando Gertrude e Alice se conheceram, a sua conexão foi imediata, e rapidamente Alice foi viver com Gertrude, tornando-se sua parceira de escrita e de vida. A casa, como se referiu atrás, tornou-se um local de reunião para escritores e artistas da vanguarda da época. Stein ajudou a lançar as carreiras de Matisse, e Picasso, entre outros, e passou a ser uma espécie de teórica de arte, aquela que descrevia os trabalhos destes artistas. No entanto, a maior parte das críticas que Stein recebia, acusavam-na de utilizar uma escrita demasiado densa e difícil, pelo que apenas em 1933, com a publicação da Autobiografia de Alice B. Toklas, é que o trabalho de Gertrude Stein se tornou de facto reconhecido e elogiado.


Alice foi o apoio de Gertrude, foi a dona de casa, a cozinheira, grande cozinheira aliás, vindo mais tarde a publicar algumas das suas receitas, e aquela que redigia e corrigia o que Gertrude lhe ditava. Assim, Toklas fundou uma pequena editora, a Plain Editions, onde publicava o trabalho de Gertrude. Aliás, é reconhecido nesta Autobiografia, que o papel de Gertrude, no casal, era o de marido, escrevendo e discutindo arte com os homens, enquanto Alice se ocupava da casa e da cozinha, e de conversar sobre chapéus e roupas com as mulheres dos artistas que visitavam a casa. Depois da morte de Gertrude, Alice continuou a promover o trabalho da sua companheira, bem como alguns trabalhos seus, de culinária, e um de memórias da vida que ambas partilharam.


Assim, este livro que inspirou o filme “Meia noite em Paris”, de Woody Allen, é um livro a não perder, já nas livrarias em Portugal, pela editora Ponto de Fuga.

Pesquisar mais textos:

Liliana Félix Leite

Título:Autobiografia de Alice B. Toklas, de Gertrude Stein, pela primeira vez em Portugal

Autor:Liliana Félix Leite(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios