Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > O que é o estrabismo

O que é o estrabismo

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Saúde
Visitas: 4
Comentários: 13
O que é o estrabismo

Os olhos desalinhados têm cura, mas é preciso buscar ajuda o quanto antes. O estrabismo segundos os oftalmologistas 2% a 5% das crianças sofrem deste problema. Os fatores mais comuns que desencadeiam o estrabismo é a genética. Em razão dos músculos que controlas os movimentos dos olhos serem regulados pelo cérebro, doença que afeta o órgão, como hidrocefalia, síndrome de Down, paralisia cerebral, tumores e traumas podem desencardir o problema. O estrabismo muitas vezes é congênito, mais existem casos que o individuo fica estrábico depois da fase adulto, devido algumas lesões no globo ocular ou complicação da diabetes.

O estrabismo pode ser aparente ou latente, constante ou intermitente. Os olhos têm a função de localizar um a imagem e transmitir ao cérebro. Caso os olhos estejam fixos em um mesmo ponto, o cérebro funde as duas imagens isso em uma visão normal. Já no estrabismo em vez da imagem se fundir duas imagens são capitadas. Quando a criança é estrábica, ela costuma rejeitar a imagem do olho estrábico e só enxerga com um olho sem problema. Quanto ao adulto, como o olho costuma ver os dois olhos ele não consegue ignorar o olho estrábico, acontecendo assim a diplopia, visão duplicada.

O melhor mesmo é começar a tratar tão logo descubra que tem estrabismo. Com um exame clinico o oftalmologista faz o diagnostico do estrabismo e avalia se os dois olhos estão se desenvolvendo, já que a tendência é o olho desviado tornando se preguiçoso (ambliopia), pois passa a não ser utilizado. Neste caso, o medico recomenda o uso de um tampam no outro olho, para estimular o que não esta se desenvolvendo. A partir daí o oftalmologista definira se o tratamento deve ser feito com o uso de óculos ou cirurgia. Vale ressaltar que, em grandes partes dos casos as cirurgias devem ser feitas ate o segundo ano de vida. Em estrabismo tardio, em que a casos de visões duplas (diplopia), cirurgias também são recomendadas.

O estrabismo deve ser tratado na infância quanto antes, melhor em! Todas as crianças devem fazer o teste do olhinho, para ser verificado algum possível problema. Ate os 2 anos de idade, recomenda-se a avaliação medica oftalmológica a cada 6 meses. Depois deste período, avaliação anual ate aos 10 anos de idade. Para preserva a visão do olho normal e recuperar a visão do amblíope, alinhar os olhos, procurar restaurar a visão binocular. A cirurgia atua sobre a musculatura ocular. O grupo muscular que terá intervenção cirúrgica depende do desvio ocular de cada paciente. Dependendo do caso a vera a necessidade de mais uma intervenção cirúrgica.

Waldiney Melo

Título: O que é o estrabismo

Autor: Waldiney (todos os textos)

Visitas: 4

773 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 13 )    recentes

  • Rafaela CoronelRafaela

    15-07-2014 às 23:15:59

    O estrabismo possui tratamento e deve ser acompanhado sempre. É muito chato ter isso, mas o bom é que podemos cuidar melhor.

    ¬ Responder
  • camila

    05-08-2012 às 15:43:45

    tenho estrabismo desde de 8 anos mais nao e muito visivel mais me emcomoda muito sera que tem cura o que faço



    ¬ Responder
  • sabrinasabrina

    20-06-2012 às 17:44:51

    sofri um acidente a 6 meses e estou estrabica ate hj e e claro estou com a visão dupla e uso um tampão ate agora e vou precisar fz uma cirurgia,e gostaria de saber si demorou muito pro meu ortoptista querer mi operar e se a operação tem algum risco ou se vai melhorar msm????

    ¬ Responder
  • Tatiane

    06-08-2013 às 06:42:30

    Oi Sabrina como vai? Voce fez a cirugia,gostaria de saber como esta seu olho, eu tbm sofri um acidente a 3 meses e estou assim tbm usando tampão

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoEstrábico Anónimo

    17-04-2012 às 19:39:51

    Eu também sou estrábico, desde a infância. Hoje sou adulto e aprendi a viver com isso, mas em crinça sei bem o que sofri. Tenho estrabismo divergente, quando era pequeno era convergente mas o grande médico que me operou, achou por bem cortar demais o musculo ... enfim ...
    Também eu decidi criar um blog dedicado ao estrabismo: www.oestrabismo.com

    ¬ Responder
  • rodrigorodrigo

    01-05-2012 às 09:34:59

    amigo a mim aconteceu-me o mesmo ficou muito bom mas começou a desviar, estou a espera para fazer uma injecção de botox e nova operação...

    ¬ Responder
  • susanasusana

    27-10-2011 às 16:24:42

    boa tarde
    tenhop estrabismo desde crianca,fui operada uma x,e mal se notava agora com 32 anos de idade o olho ficou completamente preguicoso, ate chega doer e nota.se imenso.tera ainda a lguma cura?

    ¬ Responder
  • rodrigorodrigo

    03-05-2012 às 11:23:09

    compreendo-te a mim aconteceu exactamente o mesmo estou a tentar por tudo ser novamente operado, o que consegui ate aqui foi ser seguido no gama pinto mas como me apareceu uma coisa na tiroide tenho de ter os valores todos controlados coisa que não esta a acontecer devido ao stress constante em que me encontro

    ¬ Responder
  • kamilakamila

    23-08-2011 às 02:45:45

    Parabéns pela explicação, mas eu acho que deveria falar como a pessoa deveria se alimentar, pq só fala do que é, explicando tudo, mas enfim, por favor coloquem como uma pessoa deve se alimentar

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãojoao Muianga

    15-07-2011 às 11:03:44

    Gostei da explicação.É muito gratificante saber que no mundo existem pessoas que divulgam os conhecimentos.

    ¬ Responder
  • janainajanaina

    13-02-2011 às 21:12:42

    boa noite!na minha gravidez tive presão alta e figuei com visão dupla 15 dias e os olhos desalinhados, depois ficou normal,agora com 1 mes depois fique assim de novo sera que estou com estrabismo, o neuro disse que nao.

    ¬ Responder
  • helena caireshelena caires

    18-12-2010 às 23:02:19

    tenho uma menina com 3 anos k aos 2 anos nota-mos que ela estava com o olho esquerdo prguiçoso levei-ao ao oft no hospital e começaram com oculos e o olho tapado .depois aumentaram a garduaçao do olho preguiçoso nada resulta agora estou a usar umas gotas no olho bom ao dormir meto -le as gotas noto que ela agora tem os dois olhos a entortar so tenho consulta em fevereiro que devo fazer

    ¬ Responder
  • Fernando Britobruno

    11-10-2009 às 21:35:47

    sofri um acidente na minha infancia tinha 8 anos entaum perdi minha visão direita e fiquei com estrabismo . hoje tenho 18 gostaria de saber se ainda a cura no meu caso de estrabismo .

    ¬ Responder

Comentários - O que é o estrabismo

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O meu instrumento musical avariou!

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Instrumentos Musicais
O meu instrumento musical avariou!\"Rua
É inevitável que, mais cedo ou mais tarde, um instrumento musical precise de reparação.

Mesmo que conheçamos bem o nosso instrumento e o consigamos arranjar, na maioria das vezes é necessário um técnico para o fazer com a melhor das qualidades.

Eventualmente, nem será necessário existir um problema com o instrumento, poderá ser apenas uma questão de manutenção. 

No caso de uma guitarra, por exemplo, qualquer instrumentista é perfeitamente capaz de substituir uma corda partida e tirar da guitarra o mesmo som que ela tinha.

No entanto, existem reparações, seja uma amolgadela no tampo ou uma tarraxa arrancada, que convêm ser feitas por técnicos especializados.

Por norma, as próprias casas que vendem instrumentos musicais efectuam essas reparações ou são capazes de aconselhar técnicos para as fazer.

Mediante o instrumento musical em questão, a reparação ou manutenção poderá ser mais cara. É sempre mais fácil arranjar um técnico que repare um piano do que um que arranje oboés.

Apesar de ser normal cuidar do nosso instrumento musical regularmente, os percalços acontecem todos os dias. Para os contornar, há sempre alguém que nos poderá aconselhar melhor do que nós próprios.

Apesar de poder sair mais caro, temos também a certeza de que o nosso instrumento foi arranjado por especialistas no assunto.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:O meu instrumento musical avariou!

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • luiz fabiano 18-02-2012 às 15:48:28

    boa tarde amigos preciso de um cabo flex da lcd da camera g70 se aulguem tiver mande um email obrigado

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios