Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Vestuário > Troca de Roupa

Troca de Roupa

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Vestuário
Comentários: 2
Troca de Roupa

Nunca tanto se falou em crise financeira e em contenção de custos como nos dias que correm.

As lojas tentam-nos com vestuário novo e da última moda, mas na tentativa de se poupar, quantos de nós passamos por montras e nos limitamos a olhar. Já lá vão os tempos em que entrar, experimentar e comprar era uma pratica comum e perfeitamente normal.

Somos seres de costumes, mas em tempos como os que correm, adaptamo-nos a alternativas novas que surgiram das necessidades de cada um, em pleno bum das redes sociais, surgiram alternativas que despertam curiosidades. Basta espreitar para descobrir um mundo novo na troca de roupas.




O sistema é não é muito recente, mas só agora muitos perdem a “vergonha” e assumem que trocam roupas usadas por outras roupas usadas. Uma forma de poupar com novas ideias numa renovação constante do guarda roupa a custo zero.

A busca é simples e encontramos uma extensa panóplia de oferta e procura. Podemos começar a navegar e a espreitar o que o mercado nos oferece. Ao acedermos ao facebook, por exemplo, a oferta é imensa.

Muitas vezes as roupas (também existem malas e sapatos para troca) apresentam preços e se algum artigo lhe interessar, pode sempre apresentar uma proposta de baixa de preço. Mas se a ideia é trocar por alguma coisa que tem em casa, troque também ideias com a outra parte.

Apresentar fotografias e divulgar o que tem e já não quer também é uma boa ideia. Não se esqueça que há quem procure do outro lado também. Boas fotografias e trocas apelativas fazem bons negócios.
Esteja atento ao que os outros têm para oferecer e entre neste louco mercado de trocas.

Não julgue que aquilo que se troca está roto ou estragado, pois muitas roupas são novas e nunca chegaram a ser estreadas. Na hora de trocar faça a pergunta se a roupa em que está interessado é nova, usada e qual o seu estado.
As trocas e os meios de pagamento (se a ele houver lugar) devem ser combinados e se a distancia que vos separa for substancial, os correios podem sempre ajudá-lo, com pagamento contra a entrega.

Espreite este mundo em que renovar o guarda roupa está à distancia de um clique e em que despertar a vontade de olhar para uma montra on-line é uma coisa diferente.


Carla Horta

Título: Troca de Roupa

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 0

651 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoCarla Horta

    07-09-2012 às 23:32:48

    Olá Bárbara. É fácil encontrar os locais para estas trocas. Basta fazer uns pesquisa na internet e vai encontra vários sites e pessoas singulares que querem fazer estas trocas. Usado por novo, usado por usado tudo em bom estado e vendas mais baratas também. Procure porque vai valer a pena.

    ¬ Responder
  • barbarabarbara

    07-07-2012 às 02:08:44

    oi como e essa troca?estou interessada?e roupas usadas por nova?como e?

    ¬ Responder

Comentários - Troca de Roupa

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O meu instrumento musical avariou!

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Instrumentos Musicais
O meu instrumento musical avariou!\"Rua
É inevitável que, mais cedo ou mais tarde, um instrumento musical precise de reparação.

Mesmo que conheçamos bem o nosso instrumento e o consigamos arranjar, na maioria das vezes é necessário um técnico para o fazer com a melhor das qualidades.

Eventualmente, nem será necessário existir um problema com o instrumento, poderá ser apenas uma questão de manutenção. 

No caso de uma guitarra, por exemplo, qualquer instrumentista é perfeitamente capaz de substituir uma corda partida e tirar da guitarra o mesmo som que ela tinha.

No entanto, existem reparações, seja uma amolgadela no tampo ou uma tarraxa arrancada, que convêm ser feitas por técnicos especializados.

Por norma, as próprias casas que vendem instrumentos musicais efectuam essas reparações ou são capazes de aconselhar técnicos para as fazer.

Mediante o instrumento musical em questão, a reparação ou manutenção poderá ser mais cara. É sempre mais fácil arranjar um técnico que repare um piano do que um que arranje oboés.

Apesar de ser normal cuidar do nosso instrumento musical regularmente, os percalços acontecem todos os dias. Para os contornar, há sempre alguém que nos poderá aconselhar melhor do que nós próprios.

Apesar de poder sair mais caro, temos também a certeza de que o nosso instrumento foi arranjado por especialistas no assunto.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:O meu instrumento musical avariou!

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • luiz fabiano 18-02-2012 às 15:48:28

    boa tarde amigos preciso de um cabo flex da lcd da camera g70 se aulguem tiver mande um email obrigado

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios