Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Seguros > Cuidados a tomar antes de contratar um Seguro Automóvel

Cuidados a tomar antes de contratar um Seguro Automóvel

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Seguros
Comentários: 2
Cuidados a tomar antes de contratar um Seguro Automóvel

Para os utilitários de um automóvel, ter o carro assegurado é fundamental. Um pequeno toque no carro, um raspão sem grandes ou salientes danos podem ser um aborrecimento, mas imagine se nenhum dos intervenientes no percalço tivesse seguro no carro.

Se num chamado pequeno toque, ser portador do seguro do carro já é um conveniente, imagine a eventualidade de ter um acidente gravoso e aparatoso.

A protecção de um seguro automóvel, dá-nos alguma tranquilidade, apesar do cuidado que temos, enquanto condutores de evitar um acidente, por muito pequeno que este seja.

No entanto, não só para acidentes servem os seguros de automóvel. Reboque, mudança de pneus e até mesmo para um pequeno desenrasque de mudança de fusíveis para o regresso tardio a casa.

Se ao falarmos desta forma dos seguros automóveis, ficamos com a sensação de que se trata de um serviço completo e viável, sabemos que se trata de uma ideia errada.
Um serviço de seguro automóvel pode transformar-se num pesadelo pior que o próprio acidente.

Em primeiro lugar, saiba que existem vários tipos de seguros para automóveis. Desde aqueles que protegem o carro de um tornado, até aos que protegem somente os terceiros.

Os chamados seguros contra terceiros, consiste na responsabilidade da companhia de seguros perante o carro e passageiros do carro implicado no acidente (e não é o seu). Isto é, na eventualidade de ter um acidente por sua responsabilidade, o seu seguro cobre os estragos causados no outro veiculo.

Este seguro é por norma mais barato.
Se decidir ter um seguro que assegure de fato tudo, vai ter de abrir os cordões à sua bolsa, pois a despesa será maior.

Antes de contratar uma companhia de seguros, faça um estudo de mercado. Verifique preços e condições. Além de lhe permitir verificar o melhor preço e condições, vai ficar a perceber melhor como funciona o seguro.

Quando decidir assinar um contrato de seguro do seu carro, verifique todas as condições. Desde o título, às mais ínfimas palavrinhas. Todas elas contam, pelo que tenha atenção redobrada. Não quererá com toda a certeza ter mais um susto para além do necessitar de acionar o seu seguro.

Verifique se o valor comercial do seu carro é coberto pelo seguro na totalidade. Este fator é mais importante do que julga.
Se além de procurar um bom seguro automóvel, também procura um que seja barato, saiba que o pagamento anual faz baixar o valor do mesmo e que carros cuja marca é alvo de furto com alguma frequência vai fazer elevar o valor do seguro.


Carla Horta

Título: Cuidados a tomar antes de contratar um Seguro Automóvel

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 0

784 

Imagem por: mac morrison

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • SophiaSophia

    29-05-2014 às 06:49:21

    Ótimas informações! Não é qualquer seguro de automóvel que se deve confiar. O melhor é fazer uma pesquisa detalhada, há muitos picaretas por aí!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • Olivia PalitoOlivia_palito

    03-04-2012 às 10:39:42

    Boa tarde,
    Gostei bastante do seu artigo. :)
    Chegou a altura de renovar o meu seguro automóvel e este ano as despesas aumentam e o ordenado diminui, estava a pensar em mudar para uma dessas seguradora low-cost. Estive a fazer uma simulação na Seguro Directo http://www.segurodirecto.pt e o valor do meu seguro é bastante inferior ao que pago actualmente na minha seguradora. O que me vai permitir poupar uns trocos...
    O que lhe parece? Alguma sugestão?
    Obrigada

    ¬ Responder

Comentários - Cuidados a tomar antes de contratar um Seguro Automóvel

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Autobiografia de Alice B. Toklas, de Gertrude Stein, pela primeira vez em Portugal

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Literatura
Autobiografia de Alice B. Toklas, de Gertrude Stein, pela primeira vez em Portugal\"Rua
Gertrude Stein foi uma escritora de peças de teatro, de peças de opera, de ficção, de biografia e de poesia, nascida nos Estados Unidos da América, e escreveu a Autobiografia de Alice B. Toklas, vestindo a pele, e ouvindo pela viva voz da sua companheira de 25 anos de vida, os relatos da historia de ambas, numa escrita acessível, apresentando situações caricatas ou indiscretas de grandes vultos da arte e da escrita da sua época. Alice B. Toklas foi também escritora, apesar de ter vivido sempre um pouco na sombra de Stein. Apesar de ambas terem crescido na Califórnia, apenas se conheceram em Paris, em 1907.


Naquela altura, Gertrude vivia há quatro anos com o seu irmão, o artista Leo Stein, no numero 27 da rue de Fleurus, num apartamento que se tinha transformado num salão de arte, recebendo exposições de arte moderna, e divulgando artistas que viriam a tornar-se muito famosos. Nestes anos iniciais em Paris, Stein estava a escrever o seu mais importante trabalho de início de carreira, Three Lives (1905).


Quando Gertrude e Alice se conheceram, a sua conexão foi imediata, e rapidamente Alice foi viver com Gertrude, tornando-se sua parceira de escrita e de vida. A casa, como se referiu atrás, tornou-se um local de reunião para escritores e artistas da vanguarda da época. Stein ajudou a lançar as carreiras de Matisse, e Picasso, entre outros, e passou a ser uma espécie de teórica de arte, aquela que descrevia os trabalhos destes artistas. No entanto, a maior parte das críticas que Stein recebia, acusavam-na de utilizar uma escrita demasiado densa e difícil, pelo que apenas em 1933, com a publicação da Autobiografia de Alice B. Toklas, é que o trabalho de Gertrude Stein se tornou de facto reconhecido e elogiado.


Alice foi o apoio de Gertrude, foi a dona de casa, a cozinheira, grande cozinheira aliás, vindo mais tarde a publicar algumas das suas receitas, e aquela que redigia e corrigia o que Gertrude lhe ditava. Assim, Toklas fundou uma pequena editora, a Plain Editions, onde publicava o trabalho de Gertrude. Aliás, é reconhecido nesta Autobiografia, que o papel de Gertrude, no casal, era o de marido, escrevendo e discutindo arte com os homens, enquanto Alice se ocupava da casa e da cozinha, e de conversar sobre chapéus e roupas com as mulheres dos artistas que visitavam a casa. Depois da morte de Gertrude, Alice continuou a promover o trabalho da sua companheira, bem como alguns trabalhos seus, de culinária, e um de memórias da vida que ambas partilharam.


Assim, este livro que inspirou o filme “Meia noite em Paris”, de Woody Allen, é um livro a não perder, já nas livrarias em Portugal, pela editora Ponto de Fuga.

Pesquisar mais textos:

Liliana Félix Leite

Título:Autobiografia de Alice B. Toklas, de Gertrude Stein, pela primeira vez em Portugal

Autor:Liliana Félix Leite(todos os textos)

Imagem por: mac morrison

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios