Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Seguros > PPR – Um bom complemento?

PPR – Um bom complemento?

Categoria: Seguros
Comentários: 1
PPR – Um bom complemento?

O PPR (Plano Poupança Reforma) foi criado para incentivar a poupança e ser um complemento à reforma.
Dependendo dos países, podem também ser dedutíveis no IRS anual apresentado pelos particulares.

Numa altura em que a esperança de vida aumenta e a segurança social de muitos países está numa situação periclitante, esta é uma forma de capitalização do seu dinheiro e de assegurar um pouco mais de conforto para quando chegar à idade de reforma. Apesar de este ser um plano a longo prazo, pois é uma situação que se prolonga por diversas décadas, é um investimento rentável.

Nos dias de hoje, podemos investir em Planos Poupança Reforma das mais variadas maneiras. Existem os de capital seguro, que capitalizam sem variação na taxa de juro, podemos investir em planos mistos, com exposição variada a fundos ou acções, ou podemos ainda investir em planos de risco, nos quais o rendimento varia de acordo com as flutuações dos mercados, que podem ter um rendimento bastante elevado. No entanto, estes últimos só são aconselhados a pessoas com perfil de risco elevado. Em qualquer uma das situações, devem-se dar todos os esclarecimentos sobre as condições.

Quando o dinheiro é aplicado, é um investimento que se está a fazer para a vida, só podendo ser movimentado em condições extraordinárias, como doença grave, incapacidade ou desemprego prolongado. Os montantes também variam, podendo ir de entregas mensais de poucos euros até aos milhares. Quem pretender resgatar o montante aplicado para outros fins que não a reforma, terá de pagar uma comissão percentual sobre o montante investido e que varia de instituição para instituição.

A idade também é um factor a ter em conta aquando da constituição de um PPR. Se for uma pessoa jovem, aconselham-se entregas de baixo valor, pois o tempo até à idade de reforma é ainda bastante longo.

Quanto mais a idade aumenta, maiores devem ser as entregas.
Quanto maiores forem as entregas ou o montante investido, maior será o retorno na reforma.

Outro factor a ter em conta é o modo como pretende receber o montante investido quando chegar à idade de reforma. Este recebimento poderá ser feito de uma só vez, pode ser através de um pagamento vitalício ou ainda através da conjugação destas duas modalidades.

Seja qual for o perfil em que se enquadre, o PPR é uma excelente maneira de assegurar um pouco mais de dinheiro para quando a reforma chegar. De acordo com o seu rendimento mensal, ou se tiver de parte um dinheiro que não está a pensar usar, considere esta hipótese. Nunca se sabe o que o futuro nos reserva e há que pensar na nossa salvaguarda.


Luís Seco Passadouro

Título: PPR – Um bom complemento?

Autor: Luís Seco Passadouro (todos os textos)

Visitas: 0

638 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • SophiaSophia

    29-05-2014 às 23:11:57

    Parece ser um bom investimento esse PPR. É possível tentar conseguir no final uma boa grana.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Comentários - PPR – Um bom complemento?

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Saiba como fazer divulgação a partir de casa e tenha sucesso

Ler próximo texto...

Tema: Publicidade
Saiba como fazer divulgação a partir de casa e tenha sucesso\"Rua
Para todos os tipos de negócios, produtos ou serviços, se pretende obter resultados é fundamental divulgar. Não adianta ficar preso a ideia de que o seu trabalho é bom se ninguém sabe que ele existe. Seria como ter uma biblioteca contendo todo o tipo de informação sobre os mais variados temas no fundo do mar, ou no meio de uma floresta desconhecida. Afinal, o que faria com tanta informação se não tem acesso a ela?

Vamos entender o seguinte; quanto maior o número de pessoas receberem diariamente informação sobre o negócio em questão, maior a possibilidade de retorno, mesmo que seja de 1% ou menos. O mais importante é se fazer presente e não perder o foco, o que significa que, mesmo o retorno parecendo ser relativamente pequeno, sem nenhuma divulgação, seria um fracasso.

Dicas para fazer divulgação:

Primeiro é preciso determinar quais os veículos irá utilizar como ferramenta de marketing, depois, quanto tempo irá empregar nessa tarefa e criar um script (texto) de abordagem e apresentação que seja atraente, porém não muito extenso.

Com a oportunidade que a internet nos dá atualmente, é o meio de divulgação mais rápido, barato e prático que se pode ter, porém, não se empolgue muito. É preciso seguir alguns passos para que de fato dê certo. Usar a internet como mecanismo para divulgar, não é ficar atirando para todos os lados sem seguir uma estratégia que funcione como porta de atração.

Então, comece criando um site ou blog e contrate um serviço de hospedagem, os sites grátis têm extensão do fornecedor, o que pode tirar a característica de algo profissional, mas lembre-se de registrar um domínio, há muitos serviços de hospedagem com preço baixo.

Faça inscrição nas principais redes sociais e atualize todos os dias, é uma ótima ferramenta.
~
Crie anúncios e insira nos sites de classificados, como por exemplo, aqui no Rua Direita, que é grátis e tem grande número de visitações diárias.
Prepare uma campanha de incentivo usando o YouTube, com um vídeo explicativo de no máximo 2 minutos. O mais importante aqui é despertar o interesse para que visitem o site.

Faça uma lista de todos os seus contatos e envie informativo por e-mail, mas cuidado para não praticar spam, ou seja; enviar para quem não conhece ou não lhe autorizou. Telefone para os amigos e familiares e conte as novidades sobre o trabalho com simpatia e entusiasmo. Peça a eles indicação para que possa também falar com os contatos deles e o principal; acredite no sucesso, se empenhe com seriedade e determinação.

Pesquisar mais textos:

*lss Cabelos *

Título:Saiba como fazer divulgação a partir de casa e tenha sucesso

Autor:*lss Cabelos *(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios