Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Cirurgia de estômago, nova técnica.

Cirurgia de estômago, nova técnica.

Categoria: Saúde
Visitas: 2
Comentários: 1
Cirurgia de estômago, nova técnica.

Quando a alimentação deixa de ser um habito saudável e vira uma pratica sem controle, a redução de estomago é uma solução para por nos eixos a saúde, mais se você já passou pela cirurgia e não conseguiu manter o peso, talvez seja hora de uma nova tentativa, saiba como fazer isso sem precisar de cortes e pontos.

A chamada aproximação tecidual é uma espécie de cirurgia de revisão recomendada apenas para quem já fez uma redução de estomago e voltou a engordar. Embora seja considerado um procedimento cirúrgico, ela não precisa de cortes porque é feita pela via endoscópica, ou seja, um aparelho flexível é introduzido pela boca do paciente até o neo-estômago, ponto do corpo que é o resultado da primeira cirurgia. Mais para se fazer isso é preciso uma avaliação previa de um médico nutricionista e é necessário exames e medição do IMC, ou seja, índice da massa corporal formula que indica se a pessoa está acima ou abaixo do peso considerado saudável. Essa cirurgia é uma cirurgia de reparação, pó isso pessoas que não fizeram a outra não podem fazer.

Ainda acho mais aconselhado o método de uma dieta ser o ideal, mais para isso é preciso esforço, vontade própria, e determinação ai você pode fazer uma dieta sem precisar de cirurgia e sem risco, você pode sem remédios e sem cirurgia perder aqueles quilinhos a mais, e criar novos hábitos, pois a primeira medida é reorganizar seus hábitos alimentares e reorganizar horário de suas refeições e necessário diminuir o consumo de caloria por dia. Bom é comer alimentos saudáveis como fruta, verdura, e legumes. A Rua Direita da receitas não calóricas

Sopa- creme de palmito e couve-flor
Refogue 1 cebola média picada e 1 dente de alho picado em 1 colher de (sopa) de margarina light até dourar. Adicione cebolinha e salsinha à vontade, 2 palmitos fatiados em rodelas e 4 ramos médios de couve-flor bem picados. Refogue e acrescente 1 copo grande (300ml) de água fervente. À parte, dilua 1 colher (chá) de amido de milho em 1 copo (200ml) de leite desnatado. Acrescente 2 gemas batidas, uma pitada de noz-moscada e uma pitada de pimenta - do reino. Junte a mistura ao refogado e cozinhe em fogo baixo, mexendo até engrossar. Se necessário acrescente mais sal e sirva imediatamente.

Sanduíche light
Em um recipiente, misture bem 1 lata de atum light (conservado em água) com 1 colher(sopa) de maionese sem colesterol. Recheie 2 fatias de pão integral com essa pasta e acrescente alface, tomate, cenoura e beterraba à vontade.



Waldiney Melo

Título: Cirurgia de estômago, nova técnica.

Autor: Waldiney (todos os textos)

Visitas: 2

717 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoRonaldo Santos

    10-11-2009 às 12:03:34

    Agradeço a dica, muito boa, mas gostaria de lhe dar uma dica tbém...
    Qdo queremos escrever porém, podemos escrever MAS, pois MAIS é igual a +.
    Tenha uma ótima semana...

    ¬ Responder

Comentários - Cirurgia de estômago, nova técnica.

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Fine and Mellow

Ler próximo texto...

Tema: Música
Fine and Mellow\"Rua
"O amor é como uma torneira
Que você abre e fecha
Às vezes quando você pensa que ela está aberta, querido
Ela se fechou e se foi"
(Fine and Melow by Billie Holiday)

Ao assistir a Bio de Billie Holiday, ocorreu-me a questão Bluesingers x feminismo, pois quem ouve Blues, especialmente as mais antigas, as damas dos anos 10, 20, 30, 40, 50, há de pensar que eram mulheres submissas ao machismo e maldade de seus homens. Mas, as cantoras de Blues, eram mulheres extremamente independentes; embora cantassem seus problemas, elas não eram submissas a ponto de serem ultrajadas, espancadas... Eram submissas, sim, ao amor, ao bom trato... Essas mulheres, durante muito tempo, tiveram de se virar sozinhas e sempre que era necessário, ficavam sós ou mudavam de parceiros ou assumiam sua bissexualidade ou homossexualidade efetiva. Estas senhoras, muitas trabalharam como prostitutas, eram viciadas em drogas ou viviam boa parte entregues ao álcool, merecem todo nosso respeito. Além de serem precursoras do feminismo, pois romperam barreiras em tempos bem difíceis, amargavam sua solidão motivadas pelo preconceito em relação a cor de sua pele, como aconteceu a Lady Day quê, quando tocava com Artie Shaw, teve que esperar muitas vezes dentro do ônibus, enquanto uma cantora branca cantava os arranjos que haviam sido feitos especialmente para ela, Bilie Holiday. Foram humilhadas, mas, nunca servis; lutaram com garra e competência, eram mulheres de fibra e cheias de muito amor. Ouvir Billie cantar Strange Fruit, uma das primeiras canções de protestos, sem medo, apenas com dor na alma, é demais para quem tem sentimentos. O brilho nos olhos de Billie, fosse quando cantava sobre dor de amor ou sobre dor da dor, é insubstituível. Viva elas, nossas Divas do Blues, viva Billie Holiday, aquela que quando canta parte o coração da gente; linda, magnifica, incomparável, Lady Day.

O amor vai fazer você beber e cair
Vai fazer você ficar a noite toda se repetindo

O amor vai fazer você fazer coisas
Que você sabe que são erradas

Mas, se você me tratar bem, querido
Eu estarei em casa todos os dias

Mas, se você continuar a ser tão mau pra mim, querido
Eu sei que você vai acabar comigo

Pesquisar mais textos:

Sayonara Melo

Título:Fine and Mellow

Autor:Sayonara Melo(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios