Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Literatura > Conheça a Jornada do Herói e desvende as melhores e piores histórias do Cinema e da Literatura.

Conheça a Jornada do Herói e desvende as melhores e piores histórias do Cinema e da Literatura.

Categoria: Literatura
Conheça a Jornada do Herói e desvende as melhores e piores histórias do Cinema e da Literatura.

Na imagem acima um diagrama básico da jornada do Herói vale a pena conhecer!

Olá no texto de hoje vamos recomendar uma leitura agradável e informativa para leitores e futuros escritores (vejam só!).

Desde muito tempo que eu queria saber de onde vinham esses esquemas, tipos e arquétipos de histórias e personagens que frequentemente voltavam a aparecer em muitos livros e filmes, mas não conhecia nenhum estudo sobre esse tipo de assunto. Foi então que através do "Melhor podcast do mundo!", o nerdcast que tomei conhecimento da famosa jornada do herói elaborada no livro o Herói de Mil faces por Joseph Campbell.

O conceito era comentado e discutido por muitos integrantes do nerdcast, mas era sempre bem explicado pelo célebre autor best-seller brasileiro Eduardo Spohr.

Depois de conhecer o conceito queria ler algo mais teórico e então seguindo o conselho de Eduardo Spohr comecei pelo livro "A Jornada do Escritor" de Christopher Vogler, que é uma versão mais didática e moderna do tema.

A jornada começa com o herói em seu MUNDO COMUM e vai avançando pelo MUNDO ESPECIAL e após a RESSUREIÇÃO o seu RETORNO COM O ELIXIR. É claro que existem muito outras fases e conceitos que devem ser estudados e utilizados com cuidados por aqueles que buscam escrever uma história de sucesso.

Então a todos que buscam entender melhor as histórias repasso o conselho para que comecem pela jornada do escritor, pois além de explicar os arquétipos e os conceitos básicos de forma rápida e fácil o autor ainda faz analise prática dessa teoria aplicada aos filmes de Hollywood como Titanic, Guerra nas Estrelas, O Rei Leão, Pulp Fiction e outros.

O que Campbell fez ao analisar os mitos antigos foi descrever e sintetizar a Jornada do espírito humano e por isso que essas histórias que aplicam a jornada do herói fazem tanto sucesso e conquistam fãs pelo mundo todo. Os conceitos ajudam não só os futuros escritores, mas também leitores e espectadores que buscam entender mais no que o que está explícito.

No entanto como Vogler mesmo explica logo no início do livro A Jornada do Herói não é uma forma única que deve ser seguida à risca e sim uma base para a construção de histórias que deve ser muito bem estudada para não cair em repetições e clichês.

Uma leitura muito agradável que pode e deve ser feita por todos os apaixonados por cinema e principalmente por literatura.


Jhon Erik Voese

Título: Conheça a Jornada do Herói e desvende as melhores e piores histórias do Cinema e da Literatura.

Autor: Jhon Erik Voese (todos os textos)

Visitas: 0

201 

Comentários - Conheça a Jornada do Herói e desvende as melhores e piores histórias do Cinema e da Literatura.

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Os primeiros brinquedos

Ler próximo texto...

Tema: Brinquedos
Os primeiros brinquedos\"Rua
O brinquedo é mais do que um objecto para a criança se divertir e distrair, é também uma forma de conhecer o mundo que tem ao seu redor e para dar asas à sua imaginação. Desta forma, os brinquedos sempre estiveram presentes na sociedade.

Os primeiros brinquedos datam de 6500 anos atrás, no Japão, em que as crianças brincavam com bolas de fibra de bambu. Entretanto há 3000 anos surgiram os piões feitos de argila e decorados, na Babilónia.

No século XIII apareceram os soldadinhos de chumbo, porém só eram acessíveis às famílias nobres. Cinco séculos mais tarde, apareceram as caixas de música, criadas por relojoeiros suíços.

As bonecas são muito antigas, surgiram enquanto figuras adoradas como deusas, há 40 mil anos, mas a primeira fábrica abriu apenas em 1413 na Alemanha. Barbie, a boneca mais famosa do mundo, foi criada em 1959, mas ainda hoje é das mais apetecíveis pelas crianças.

O grande boom dos brinquedos aconteceu quando se descobriu o plástico para o fabrico. Mesmo assim, muitas famílias não podiam comprar brinquedos aos filhos, como tal, estes utilizavam diversos tipos de materiais e construíam os seus próprios brinquedos.

Actualmente, as crianças têm acesso a uma enorme variedade de brinquedos, desde bonecas, a carros telecomandados, a videojogos… Educativos ou apenas lúdicos, há de tudo e para todos os gostos e preços.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Os primeiros brinquedos

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • umdolitoys 23-01-2013 às 05:46:38

    Adorei a reportagem! e tenho algo para vocês verem!!

    Espero que gostem!!!

    ¬ Responder
  • sofia 22-07-2012 às 21:56:29

    Achei muito interecante e muito legal saber que ano foi fabricadoas bonecas

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios