Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Eventos > Convites para festa de 15 anos

Convites para festa de 15 anos

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Eventos
Convites para festa de 15 anos

A festa de quinze anos é uma das celebrações mais esperadas pelas meninas e suas famílias. É um ritual de passagem bastante significativo no desenvolvimento humano. A maior parte das meninas espera ansiosa o momento da sua festa. E nesse contexto de ansiedade e felicidade, tudo tem que ser pensado e planejado para que o momento seja perfeito. Isso inclui toda a preparação do evento desde seu planejamento até a contratação dos serviços e concretização do sonho.

Uma parte bastante importante do planejamento da festa e de aquisição para um contato prévio é o convite. É através dele que se estabelecerá um primeiro contato entre os anfitriões e a aniversariante e os convidados. Diante disso, o convite deve estabelecer uma conexão com o tipo de evento que se planeja e inserir todas as informações necessárias à celebração, mas, sobretudo, deve conter a marca da aniversariante.

Os modelos de convites são variados e a indústria da imagem está cada vez mais desenvolvendo novos designs e utilizando materiais diversificados, com isso personalizando cada vez mais os convites de quinze anos. A demanda de empresas que oferecem a confeção de convites para festas é grande e cada uma possui seu estilo, umas mais tradicionais, outras mais arrojadas, por isso é importante saber previamente, através de planejamento, que tipo de festa se está pretendendo para fazer a escolha adequada do convite, pois ele dará a ideia inicial de como será a festa. Os convites podem também ser encontrados pela internet através de empresas de eventos ou gráficas que trabalham exclusivamente com tratamento da imagem.

Os convites mais simples e tradicionais incluem os dados do evento, local e data e a foto da debutante, geralmente aparecendo como marca d´água. Os envelopes são coloridos, especialmente, rosa e lilás. Nesses convites as letras são mais desenhadas, com ênfase na cursiva e uso de cores mais tradicionais, como preta e dourada. São lacrados com laços de fita dourada e flores ou adereços como miçangas pequenas. Alguns modelos incluem, ainda, poesias ou fotos com a família.

Os convites mais arrojados são bastante numerosos atualmente, podem ser de diversos formatos, tamanhos, materiais e cores. Os envelopes acompanham as características dos convites. Alguns convites até dispensam a obrigatoriedade dos envelopes. Há modelos de todos os estilos. Existem os engraçados, os mais singelos, os exóticos, todos de acordo com o estilo da festa e da aniversariante.

Dentro desse estilo mais livre de construção as opções são muitas. Há convites que utilizam o recurso da transparência, deixando somente as letras e as imagens aparecerem, já que a folha não tem cor, a disposição da escrita não segue um estilo formal. O envelope pode trazer a opção de ser todo escrito. Com frases, o nome da debutante ou seu apelido, ou inserir imagens como corações, estrelas, entre outras. Nesse estilo transparência há a opção de envelope e convite se misturarem interagindo um com o outro. Os formatos de convite podem variar de acordo com o gosto do cliente. Podem ser na forma de flor, estrela, coração, sol, entre outras imagens, podendo incluir fotos ou não.

Dentro dos modelos com materiais mais inovadores estão os convites em gel. São confecionados em plástico transparente com gel colorido dentro, e por fora constam os dados do evento. Outro modelo bastante diferente e atrativo é o modelo de convite-móbile. Nele as formas, estrelas, círculos ou outras formas que a imaginação permitir, formam uma cascata de informações sobre a festa. Bastante chamativo e quase uma peça decorativa. Além deste, o estilo passagem aérea (com direito a embarque na festa de quinze anos) ou o estilo filme com cenas da vida da aniversariante são outras interessantes opções nesse vasto leque de opções de convites para festas de quinze anos.


Rosana Fernandes

Título: Convites para festa de 15 anos

Autor: Rosana Fernandes (todos os textos)

Visitas: 0

779 

Imagem por: marina guimarães

Comentários - Convites para festa de 15 anos

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

A arte de trabalhar a madeira

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Serviços Construção
A arte de trabalhar a madeira\"Rua
A carpintaria constitui, digamos assim, a arte de trabalhar a madeira. É claro que, de acordo com o produto final, se percebe bem que uns carpinteiros são mais artistas do que outros…

Às vezes nem se trata tanto dos pormenores, mas mesmo de desvirtuar o que era a ideia inicial e constava da encomenda. Mal comparado, quase se assemelha à situação daquela aspirante a costureira que pretendia fazer uma camisola para o marido e, no fim, saíram umas calças!

Na construção civil, a madeira é utilizada para diversos fins, temporários ou definitivos. Na forma vitalícia (esperam os clientes!) incluem-se estruturas de cobertura, esquadrias (portas e janelas), forros, pisos e edifícios pré-fabricados.

Quase todos os tipos de madeira podem ser empregues na fabricação de móveis, mas alguns são preferidos pela sua beleza, durabilidade e utilidade. É conveniente conhecer as características básicas de todas as madeiras, como a solidez, a textura e a côr.

Ser capaz de identificar o género de madeira usado na mobília lá de casa pode ajudar a determinar o seu real valor. Imagine-se a possibilidade de uma cómoda velha, que estava prestes a engrossar o entulho para a recolha de lixo, ter sido feita com o que hoje se considera uma madeira rara.

É praticamente equivalente a um bilhete premiado do Euromilhões, dado que se possui uma autêntica relíquia! Nestes casos, a carpintaria entra na área do restauro e da recuperação. Afinal, nem tudo o que é velho se deita fora…

Por outro lado, as madeiras com textura mais fraca são frequentemente manchadas para ganhar personalidade. Aqui há que remover completamente o acabamento para se confirmar a verdadeira natureza da madeira.

É assim também com muita gente: tirando a capa, mostram-se autenticamente. Mas destes, nem um artificie com “bicho-carpinteiro” consegue fazer nada…!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:A arte de trabalhar a madeira

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Imagem por: marina guimarães

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Luene ZarcoLuene

    23-09-2014 às 13:23:35

    Uma excelente técnica que penso ser muito bonito e sofisticado. A arte de trabalhar madeira está sempre em desenvolvimento e crescimento.

    ¬ Responder
  • Rua DireitaRua Direita

    01-06-2014 às 05:18:46

    É ótimo o trabalho com a madeira. Pode-se perceber grandes obras que se faz com ela. Realmente, é uma verdadeira arte!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios