Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Eventos > Dicas para escolher o vestido de sonho

Dicas para escolher o vestido de sonho

Categoria: Eventos
Dicas para escolher o vestido de sonho

Num dia infinitamente especial e que se espera muitíssimo feliz, certos pormenores revelam-se de uma importância extrema, pelo impacto que poderão vir a causar na festa. O vestido da noiva é um deles. Uma noiva absolutamente deslumbrante é o ingrediente fundamental para fazer sonhar os convidados e, acima de tudo, o noivo.

Saiba, no entanto, que a escolha do vestido certo depende de uma série de factores e detalhes a ter em conta (físicos, monetários, estilísticos, etc.). Assim, deverá visitar mais de quatro lojas diferentes e evitar precipitações. Resista a pressões por parte dos lojistas incentivando-a a «comprar já antes que esgote». Existe uma grande variedade de vestidos e terá, com certeza, muito tempo para escolher. Por outro lado, o casamento é um acontecimento cada vez mais raro e, como tal, não sentirá grande concorrência na hora de ir comprar o vestido. Não se deixe igualmente pressionar por parte de familiares (mães, tias, primas, irmãs) em termos da cor ou estilo do vestido. Lembre-se de que é você que o irá envergar no grande dia e, como tal, tem de se sentir como peixe na água. Quando experimentar o vestido, teste a sua mobilidade, andando, sentando-se, rodando sobre si mesma – são movimentos que irá realizar durante um dia inteiro, não se esqueça!

Em termos de estilo propriamente dito, lembre-se de que para um casamento mais espectacular e celebrado numa catedral, não pode levar um vestido simples; da mesma forma, se se casar na capela da aldeia, evite levar vestidos complexos, com grandes caudas e véus gigantes que depois não cabem no interior da igreja. Tenha em atenção o tecido do vestido e o seu tipo: para um dia de Primavera ou Verão, opte por decotes à barco, em «V», «cai-cai» ou sem costas e eleja a seda como tecido preferencial. Para dias invernosos, terá de levar um vestido mais fechado e escolher o cetim (que acaba por ser mais quente e resistir melhor à humidade). Se tiver um físico um pouco mais forte, opte por vestidos estilo princesa, em que a cintura começa imediatamente abaixo do peito. Neste caso, deve também evitar acessórios chamativos, como laços ou brilhantes no peito e ao fundo das costas, uma vez que chamarão a atenção para estas zonas (que se pretendem disfarçar), bem como tecidos muito maleáveis, que adiram muito ao corpo e acentuem as suas curvas. Deverá, pois, escolher tecidos mais rígidos e duros. Se pensar em levar véu, lembre-se de que vestidos direitos, do género coluna, aceitam véus longos e vestidos rodados exigem um véu mais curto. Não descure ainda certos pormenores, como o penteado, o bouquet, as jóias, as luvas, etc. e conjugue-os com bom senso e bom gosto, de forma a obter uma imagem equilibrada e a deixar de lado os excessos.

Como pode ver, basta seguir pequenos truques para se sentir uma verdadeira princesa. Feliz conto de fadas!

Isabel Rodrigues

Título: Dicas para escolher o vestido de sonho

Autor: Isabel Rodrigues (todos os textos)

Visitas: 0

631 

Imagem por: Patricia Figueira

Comentários - Dicas para escolher o vestido de sonho

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Os primeiros brinquedos

Ler próximo texto...

Tema: Brinquedos
Os primeiros brinquedos\"Rua
O brinquedo é mais do que um objecto para a criança se divertir e distrair, é também uma forma de conhecer o mundo que tem ao seu redor e para dar asas à sua imaginação. Desta forma, os brinquedos sempre estiveram presentes na sociedade.

Os primeiros brinquedos datam de 6500 anos atrás, no Japão, em que as crianças brincavam com bolas de fibra de bambu. Entretanto há 3000 anos surgiram os piões feitos de argila e decorados, na Babilónia.

No século XIII apareceram os soldadinhos de chumbo, porém só eram acessíveis às famílias nobres. Cinco séculos mais tarde, apareceram as caixas de música, criadas por relojoeiros suíços.

As bonecas são muito antigas, surgiram enquanto figuras adoradas como deusas, há 40 mil anos, mas a primeira fábrica abriu apenas em 1413 na Alemanha. Barbie, a boneca mais famosa do mundo, foi criada em 1959, mas ainda hoje é das mais apetecíveis pelas crianças.

O grande boom dos brinquedos aconteceu quando se descobriu o plástico para o fabrico. Mesmo assim, muitas famílias não podiam comprar brinquedos aos filhos, como tal, estes utilizavam diversos tipos de materiais e construíam os seus próprios brinquedos.

Actualmente, as crianças têm acesso a uma enorme variedade de brinquedos, desde bonecas, a carros telecomandados, a videojogos… Educativos ou apenas lúdicos, há de tudo e para todos os gostos e preços.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Os primeiros brinquedos

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Imagem por: Patricia Figueira

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • umdolitoys 23-01-2013 às 05:46:38

    Adorei a reportagem! e tenho algo para vocês verem!!

    Espero que gostem!!!

    ¬ Responder
  • sofia 22-07-2012 às 21:56:29

    Achei muito interecante e muito legal saber que ano foi fabricadoas bonecas

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios