Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > A Esteva e os seus benefícios

A Esteva e os seus benefícios

Categoria: Saúde
Visitas: 436
Comentários: 10
A Esteva e os seus benefícios

A Esteva é uma planta selvagem com uma flor lindíssima. É, aqui no Alentejo, chamada de mato, praga e de tudo mais que é ruim para quem tem um terreno e o quer manter limpo.
Cresce por todo o lado sem pedir licença e não se acanha. É só uma pessoa se descuidar e fica com o térreo infestado de Estevas.

Cá no Alentejo, pelo menos na zona vivo, a Esteva é usada para acender as lareiras. Quando está seca, é como pólvora. Acende que é uma maravilha, e disso eu posso garantir. Também é das lenhas, que eu conheço, que mais aquece mas tem um senão, arde muito depressa.
Manter um lume a Esteva não é fácil pois tem-se de estar constantemente a alimenta-lo. Por isso a Esteva é mais usada como uma “acendalha” natural.

Já há empresas transformadoras que convertem a Esteva, e outros matos, em granulado para a nova geração de recuperadores de calor. Outras fabricam adubos, chamam-lhe adubos naturais.

Mas as qualidades desta planta não ficam por aqui. Vão muito mais além.

Segundo o conhecimento popular, a Esteva tem propriedades que muitos desconhecem. Este é um conhecimento que se vai perdendo, por isso, vale a pena transmiti-lo.

Por incrível que pareça, todos as partes da Esteva podem ser usadas para fins medicinais.

Uma das formas é de fazer chá. Consoante a parte da planta, assim o seu uso:

• Os Pompos são usados para os diabetes e ácido úrico;

• As Flores e as Pétalas usam-se para a diarreia, acalma o estômago, combate o colesterol e a fraqueza e ajuda nas constipações;

• A Rama usa-se para o ácido úrico;

• As Sementes, para combater a iterícia (envolver as sementes num pano, atar e fazer o chá).

Por ingestão das sementes pode-se desparasitar (das lombrigas).

As lavagens com água de cozedura também têm os seus benefícios:

• As Folhas com resina são usadas para atenua as dores de ossos;

• A Rama é usada contra a queda de cabelo e para o tratamento das hemorroidas;

• As Sementes, para purificar o sangue, contra infeções internas e curar golpes (feridas).

Por estas razões, e outras, não acabem com todas as Estevas. Ao limparem um terren o, deixem um cantinho para o mato.

Faço agora uma correção. No meu último texto “Os benefícios do Calafito” escrevi que tinha vindo para o Alentejo há 0 anos. Naturalmente isto é um lapso, vim para cá há 10 anos.


Isabel Trigo

Título: A Esteva e os seus benefícios

Autor: Isabel Trigo (todos os textos)

Visitas: 436

789 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 10 )    recentes

  • Flávio

    07-12-2016 às 13:57:08

    Estou a fazer um trabalho sobre a Esteva para a disciplina de Botânica e gostaria de saber qual a bibliografia que usou para elaborar este artigo. Obrigado.

    ¬ Responder
  • Isabel TrigoIsabel Trigo

    15-12-2016 às 10:50:49

    Flávio, quando fiz este artigo fiz algumas pesquisas na net e também falei com pessoas de uma aldeia numa zona onde a esteva é bastante abundante.
    Infelizmente não me lembro da bibliografia pesquisada pois este artigo já tem uns aninhos e não apontei.

    ¬ Responder
  • José Domingos

    06-10-2014 às 22:06:13

    As plantas são, de facto, as nossas melhores amigas. Ouvi, há algum tempo, a afirmação de um cientista norte-americano que explicava o motivo da "empatia" medicamentosa entre as plantas e o nosso corpo, ou seja, o motivo por que as plantas nos fazem bem.
    Dizia ele - o que é absolutamente verdade - que todas as células, sejam elas vegetais, sejam humanas, tiveram a mesma origem, antes da longa evolução que depois ocorreu, em cada uma delas, ao longo dos muitos milhões de anos. Logo, ambas guardam, no seu ADN, a sua memória ancestral, que é comum, e reconhecem-se umas às outras, advindo daí a sua perfeita compatibilidade.

    ¬ Responder
  • Luene ZarcoLuene

    17-07-2014 às 19:49:34

    Todas as plantas são úteis para curar doenças e enfermidades. Adoro plantas, como elas nos fazem bem!

    ¬ Responder
  • João

    02-04-2014 às 03:34:24

    A raiz da Esteva é também muito útil no combate à inflamação de dentes e cáries dentárias, substituindo mesmo os antibióticos. Deve-se coser as raízes e com a água da cosedura bochechar 1 a 2 vezes por alguns segundos. Tem efeito anestésico imediato e após algumas tomas diminui/põe termo à inflamação.

    ¬ Responder
  • Alice Martins

    21-03-2014 às 22:31:29

    Muito obrigada pela informação sobre a erva esteva.Aliás sempre que quero informação sobre outras plantas, gosto de recorrer a estes sites.Fico sempre bem informada. Uma vez mais, muito obrigada

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoCarla

    09-07-2012 às 12:07:38

    Adorei a informação que deu sobre essa planta a Esteva.. Obrigada

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoEduarda

    09-07-2012 às 12:05:53

    Estou a ver que esta planta tem um uso bastante extenso, o que é otimo.. Já sei o que deverei ter no armário dos medicamentos lá de casa.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoCarlos

    09-07-2012 às 12:04:27

    Eu andava com demasiado acido úrico, agora já sei o que posso usar em vez dos comprimidos do habitual.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoSara

    09-07-2012 às 12:03:02

    Adorei a dica sobre o chá... Terei de o experimentar!

    ¬ Responder

Comentários - A Esteva e os seus benefícios

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como fazer disfarces de Carnaval

Ler próximo texto...

Tema: Vestuário
Como fazer disfarces de Carnaval\"Rua
O ano começa e depressa chega uma data muito ansiada principalmente pelos mais jovens: o desejado Carnaval!

Esta é uma data que os pequenos adoram e deliram com as fantasias. O problema maior é a despesa que os disfarces representam e no ano seguinte já não usarão o mesmo disfarce ou, no caso dos mais pequenos, já não lhes serve.
O melhor nesta data é mesmo reciclar e aprender a fazer disfarces caseiros utilizando truques mais económicos e materiais reciclados para preparar as fantasias dos pequenitos!

Uma sugestão para os meninos é o traje de pirata que pode facilmente ser criado a partir de peças que tenha em casa. Procure uma camisa de tamanho grande e, de preferência, de cor branca com folhos. Se não tiver uma camisa com estas características facilmente encontrará um modelo destes no guarda-vestidos de alguma familiar, talvez da avó.

Precisará de um colete preto. Na falta do colete pode utilizar um casaco preto que esteja curto, rasgue as mangas pelas costuras dos ombros. As calças devem ser velhas e pretas para poderem ser cortadas na zona das pernas para envelhecer a peça. Coloque um lenço preto ou vermelho na cabeça do menino e, de seguida, com um elástico preto e um pouco de velcro tape um dos olhos.

Para as meninas não faltam ideias originais para fazer disfarces bonitos e especiais para este dia. Uma ideia original é a fantasia de Flinstone. É muito fácil e prática de fazer e fica um disfarce muito bonito. Comece por arranjar um pedaço de tecido branco. Coloque o tecido em volta do corpo como uma toalha de banho e depois amarre num dos braços fazendo uma alça. Depois corte as pontas em ziguezague mantendo um lado mais comprido que o outro. Amarre o cabelo da menina todo no cimo da cabeça, como se estivesse a fazer um rabo-de-cavalo mas alteie-o mais. Com o auxílio de um pente frise o cabelo, pegando nas pontas e passando o pente em sentido contrário até que fique todo despenteado. Numa loja de disfarces compre um osso de plástico e prenda na fita da criança.

Pegue nos materiais, puxe pela imaginação e ponha mãos ao trabalho!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Como fazer disfarces de Carnaval

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    09-06-2014 às 04:01:21

    Não em carnaval, mas em bailes de fantasia, sempre usei o TNT. Eles são ótimos para trabalhar o corte, para costurar e deixa bem bonito!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios