Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > O porquê das inundações

O porquê das inundações

Categoria: Outros
Comentários: 1
O porquê das inundações

O melhor exemplo de enchente sazonal seja a da expansão anual do rio Nilo sobre o Egito. No Egito antigo, as chuvas de monções no nascente do rio levavam o curso da água a se estender por uma boa distancia durante o verão. Neste caso a inundação não é um desastre, mas sim um ato divino. As águas que se expandirão deixaram sedimentos férteis ao longo das margens, tornando a área ideal para o cultivo, uma vez que o rio voltou ao seu curso normal. Este é um dos principais fatores que permitirão que a civilização prosperar-se no deserto egípcio. Naqueles tempos o rio foi bloqueado por uma barragem feita contra a corrente. Este barragem absorve as águas pluviais e distribui-as durante o ano todo. Isso prolongou a estação de plantio assim, as fazendas egípcias poderão fazer com que a colheita seja feitas por todo o ano. Outra fonte comum de inundação é a atividade rara das marés, que aumenta o alcance dos oceanos, mas do que o normal. Isso pode ser causado devido os padrões de correntes aéreas que pressionam as águas dos oceanos para uma direção usual ela pode ser causada por um tsunami, onde ondas imensas em um oceano oriundo de uma mudança de eixo na crosta terrestre.

As enchentes também ocorrem quando uma barragem construída pelo homem é rompida. Muitas vezes, as barragens são construídas para modificar o curso dos rios para se adequar a um propósito. Basicamente as barragens abrigam as águas dos rios em um grande reservatório de água, para que desta forma, pode decidir quando aumenta ou diminui o fluxo do rio, ao invés de deixar a natureza decidir. Os engenheiros constroem barragens capazes de se adequar a qualquer volume acumulado de água e isso pode acontecer de acumular mais água do que os engenheiros inicialmente previam isso pode ocasionar que a barragem possa romper devido à pressão. Isso acontece em um volume massivo de água é liberado de uma única vez e causa uma torrente violenta. Uma enchente estava por vir mas muitos dispensaram o aviso acreditando ser um pânico infundado. Quando a torrente pegou a cidade mais de 2 mil pessoas foram atingidas em apenas alguns minutos. Saiba que a gravidade de uma enchente não depende somente do volume de água acumulado em um dado período de tempo, mas também da capacidade da terra de absorve este volume.

Como foi visto um desses elementos e o tamanho dos rios e das correntes em determinadas áreas. Um fator de grande importância é a capacidade de absolvição da terra. Quando chove, o solo age como uma esponja. Quando a terra esta saturada, ou seja, a brigou toda a água que podia qualquer outro volume de água acumulado deverá ser escoados.

Waldiney Melo

Título: O porquê das inundações

Autor: Waldiney (todos os textos)

Visitas: 0

761 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

Comentários - O porquê das inundações

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Fine and Mellow

Ler próximo texto...

Tema: Música
Fine and Mellow\"Rua
"O amor é como uma torneira
Que você abre e fecha
Às vezes quando você pensa que ela está aberta, querido
Ela se fechou e se foi"
(Fine and Melow by Billie Holiday)

Ao assistir a Bio de Billie Holiday, ocorreu-me a questão Bluesingers x feminismo, pois quem ouve Blues, especialmente as mais antigas, as damas dos anos 10, 20, 30, 40, 50, há de pensar que eram mulheres submissas ao machismo e maldade de seus homens. Mas, as cantoras de Blues, eram mulheres extremamente independentes; embora cantassem seus problemas, elas não eram submissas a ponto de serem ultrajadas, espancadas... Eram submissas, sim, ao amor, ao bom trato... Essas mulheres, durante muito tempo, tiveram de se virar sozinhas e sempre que era necessário, ficavam sós ou mudavam de parceiros ou assumiam sua bissexualidade ou homossexualidade efetiva. Estas senhoras, muitas trabalharam como prostitutas, eram viciadas em drogas ou viviam boa parte entregues ao álcool, merecem todo nosso respeito. Além de serem precursoras do feminismo, pois romperam barreiras em tempos bem difíceis, amargavam sua solidão motivadas pelo preconceito em relação a cor de sua pele, como aconteceu a Lady Day quê, quando tocava com Artie Shaw, teve que esperar muitas vezes dentro do ônibus, enquanto uma cantora branca cantava os arranjos que haviam sido feitos especialmente para ela, Bilie Holiday. Foram humilhadas, mas, nunca servis; lutaram com garra e competência, eram mulheres de fibra e cheias de muito amor. Ouvir Billie cantar Strange Fruit, uma das primeiras canções de protestos, sem medo, apenas com dor na alma, é demais para quem tem sentimentos. O brilho nos olhos de Billie, fosse quando cantava sobre dor de amor ou sobre dor da dor, é insubstituível. Viva elas, nossas Divas do Blues, viva Billie Holiday, aquela que quando canta parte o coração da gente; linda, magnifica, incomparável, Lady Day.

O amor vai fazer você beber e cair
Vai fazer você ficar a noite toda se repetindo

O amor vai fazer você fazer coisas
Que você sabe que são erradas

Mas, se você me tratar bem, querido
Eu estarei em casa todos os dias

Mas, se você continuar a ser tão mau pra mim, querido
Eu sei que você vai acabar comigo

Pesquisar mais textos:

Sayonara Melo

Título:Fine and Mellow

Autor:Sayonara Melo(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios