Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > Aprenda a valorizar seu trabalho

Aprenda a valorizar seu trabalho

Categoria: Outros
Visitas: 44
Comentários: 5
Aprenda a valorizar seu trabalho

Atualmente as empresas exigem que o funcionário além de estar capacitado para o cargo que exerce ele tenha uma boa relação com seus colegas. Saiba que um dos principais motivos para a dispensa de um funcionário é a falta de resultados no trabalho. Mais existe um caminho para evitar a demissão é manter uma atualização continua. Saiba por que algumas empresas levam a demissão e como evitá-las. Muitas vezes, a pessoas que tem boa vontade, faz o serviço direitinho, mas não dar um passo além, e nunca tenta novos desafios. Pode ser flexível, mas teme arriscar à carreira. Mas um risco, mesmo pequeno, é uma ótima oportunidade para subir. Então quando pintar essa oportunidade se agarre a ela, isso pode lhe render uma boa promoção.

Evite atritos seja mais tolerante, respeite os outros para exigir que ele o faça. É bom saber que o trabalho em equipe estar em alta. Se você não suporta o novo chefe, é melhor pedir uma transferência ou trocar de emprego. Esteja sempre atualizada, cultive o habito de ler, hoje as pessoas tem acesso a uma enxurrada de dados com mais facilidade. Se você não sabe em que precisa se atualizar, veja os requisitos exigidos para o seu cargo nos anúncios de emprego, e compare com o seu cargo nos anúncios de emprego e compare com o seu currículo.

Você precisa aprender inglês? Vai fundo! Saiba que por mais que você tenha razão para falta e atraso, em excesso saiba que não pega bem. Se o motivo for um curso de especialização, ou outra necessidade particular, um tratamento médico que não pode ser mais adiado, sente e negocie com o seu chefe um horário flexível de trabalho. Se você não sabe se expressar, por que você seja tímida, saiba que você precisa encontrar uma maneira de interagir com seus colegas e superiores.

Mostre uma maneira para que seus talentos sejam reconhecidos, é essencial expor sua opinião e mostre que você tem visão critica das coisas. Ninguém vai saber que você é uma excelente profissional se você não demonstrar isso. Procure ver suas falhas e corrija-se, se você não sabe mexer com um programa de computador e não tem a mínima idéia, faca um curso. Se a empresa que você trabalha não patrocinar seu o seu estudo, não fique parado. Seu perfil tem que estar à altura do local em que trabalha, é formal ou informal se adapte aos interesses da empresa e do cargo. Na pratica seja curiosa e participe. Nada impede que você converse com seu chefe abertamente, procure ver o que ele espera do seu trabalho.

Waldiney Melo

Título: Aprenda a valorizar seu trabalho

Autor: Waldiney (todos os textos)

Visitas: 44

788 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 5 )    recentes

  • Vicente SilvaVicente

    27-07-2014 às 22:40:12

    Temos que estar num ambiente de trabalho que gostamos. Assim, tendemos a valorizá-lo! Acho muito interessante as pessoas reclamarem de seus empregos, quando deveriam agradecer! Muito bom esse texto na rua direita!

    ¬ Responder
  • Claudina

    20-06-2014 às 02:46:58

    eu estava justamente a procura desse tema a valorização do nosso emprego e encontrei melhor que esperava. obrigada

    ¬ Responder
  • SophiaSophia

    27-07-2014 às 22:37:18

    De nada! Volte sempre aqui!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • Luiza Trovao

    27-11-2012 às 20:54:18

    Muito interessante, gostei pra quem le a sua alta estima cresce. Outras pessoa gostaram muito.

    ¬ Responder
  • edineliaedinelia

    08-08-2011 às 15:29:41

    muito bom conteúdo,tou tecnica de segurança do trabalhoe vou usar o mesmo para fazer um dds com os colaboradoes.

    ¬ Responder

Comentários - Aprenda a valorizar seu trabalho

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Os primeiros brinquedos

Ler próximo texto...

Tema: Brinquedos
Os primeiros brinquedos\"Rua
O brinquedo é mais do que um objecto para a criança se divertir e distrair, é também uma forma de conhecer o mundo que tem ao seu redor e para dar asas à sua imaginação. Desta forma, os brinquedos sempre estiveram presentes na sociedade.

Os primeiros brinquedos datam de 6500 anos atrás, no Japão, em que as crianças brincavam com bolas de fibra de bambu. Entretanto há 3000 anos surgiram os piões feitos de argila e decorados, na Babilónia.

No século XIII apareceram os soldadinhos de chumbo, porém só eram acessíveis às famílias nobres. Cinco séculos mais tarde, apareceram as caixas de música, criadas por relojoeiros suíços.

As bonecas são muito antigas, surgiram enquanto figuras adoradas como deusas, há 40 mil anos, mas a primeira fábrica abriu apenas em 1413 na Alemanha. Barbie, a boneca mais famosa do mundo, foi criada em 1959, mas ainda hoje é das mais apetecíveis pelas crianças.

O grande boom dos brinquedos aconteceu quando se descobriu o plástico para o fabrico. Mesmo assim, muitas famílias não podiam comprar brinquedos aos filhos, como tal, estes utilizavam diversos tipos de materiais e construíam os seus próprios brinquedos.

Actualmente, as crianças têm acesso a uma enorme variedade de brinquedos, desde bonecas, a carros telecomandados, a videojogos… Educativos ou apenas lúdicos, há de tudo e para todos os gostos e preços.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Os primeiros brinquedos

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • umdolitoys 23-01-2013 às 05:46:38

    Adorei a reportagem! e tenho algo para vocês verem!!

    Espero que gostem!!!

    ¬ Responder
  • sofia 22-07-2012 às 21:56:29

    Achei muito interecante e muito legal saber que ano foi fabricadoas bonecas

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios