Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Ferramentas > Tração animal: ferramenta alternativa para o produtor

Tração animal: ferramenta alternativa para o produtor

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Ferramentas
Visitas: 157
Comentários: 10
Tração animal: ferramenta alternativa para o produtor

Os proprietários de pequenos e médios estabelecimentos rurais são responsáveis pela quantidade maior da produção agropecuária no mundo, especialmente no que se refere a alimentos básicos da população. No Brasil, segundo o IBGE são responsáveis pela produção de 70% dos alimentos que chegam à mesa do consumidor.

Os proprietários foram fortemente influenciados, e conseqüentemente abalados pelo assédio da modernização acelerada da agricultura brasileira, que provocou uma quase revolução no campo.

As tecnologias introduzidas nos países, através da agricultura moderna, privilegiam a grande produção, favorecendo os grandes proprietários e marginalizando os pequenos.

A mecanização foi baseada em economias de escala semelhantes à da agricultura norte-americana.

O pequeno produtor ficou a margem desse processo, e quando quis se adaptar acabou investindo num campo desconhecido, que proporcionou pouco acesso às informações de políticas agrícolas, culminando num retrocesso tecnológico, e perdas de propriedades de terra e riqueza social.

Na tentativa de fixar o homem no campo e proporcionar condições de trabalho dento de suas capacidades naturais, é que surge a política de incentivo à utilização da tração animal, ferramenta alternativa indispensável e econômica para uma boa produção das pequenas e médias propriedades.

Dentro desse panorama se percebe a importância que deve ser dada aos pequenos e médios produtores rurais, no sentido de readaptá-los e fornecer instrumentos viáveis à sua economia, desenvolvendo alternativas tecnológicas e propiciar-lhes condições de uso.

A tração animal resolve as principais limitações das propriedades, sem substituir a mão de obra pela máquina e aumentando a produtividade em todos os níveis, pois a mecanização não é viável em regiões de relevo muito acidentado, característica de muitas pequenas propriedades.

Os pequenos estabelecimentos rurais são de importância indiscutível na produção agropecuária mundial, e trabalham quase sempre em condições tecnológicas impróprias, ou por utilizarem tecnologia muito tradicional, ou por terem adquirido tecnologia não adaptada às suas condições técnicas ou sócio-econômicas.

O aprimoramento da força animal, combinando a tração animal com a mecanização, oferece excelentes vantagens tanto na escala de produção, como nas condições topográficas das áreas de cultivo.

Embora seja difícil determinar a aplicação ideal da tração animal entre os agricultores, o conhecimento da realidade indica a necessidade de incentivar seu uso, melhorando a qualidade dos animais, aumentando a quantidade, desenvolvendo tecnologia de trabalhos, inovando, principalmente nas pequenas áreas, onde o trator custaria muito caro.

O melhoramento das raças dos animais de tração, aliado ao aperfeiçoamento dos implementos agrícolas, proporcionará um processo de mecanização intermediária, coerente com as condições dos pequenos produtores rurais, promovendo um avanço tecnológico na produção de milhares de agricultores.


Cláudio Júnior

Título: Tração animal: ferramenta alternativa para o produtor

Autor: Cláudio Júnior (todos os textos)

Visitas: 157

791 

Imagem por: foxypar4

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 10 )    recentes

  • neri

    01-09-2014 às 03:55:30

    Olá muito boa a matéria gostei! estou no 2° semestre de bacharelado em desenvolvimento rural. o pequeno produtor esta sempre a mercê das tecnologias, ai trabalha de forma rudimentar, hoje precisamos de empreendedores que queiram desenvolver maquinas e tecnologias de baixo custo para que estes produtores possam adquiri-las e tornar as atividades menos onerosas e mais produtivas, para serrem mais competitivos no mercado agrícola. acredito que as informações do texto devem as pessoas interessadas. obrigado Neri

    ¬ Responder
  • Rua Direitabruna cristina pereira de jesus

    18-06-2012 às 18:55:11

    todus te que utililza a tração animal

    ¬ Responder
  • Sidney JúniorSidney Júnior

    13-01-2012 às 13:05:40

    Os nº na pesquiza mostram a impotancia da produção familiar e pequenas propriedades na produção do pais. Comungo com vc que a tração animal é a grande saída para esses produtores. Por está mais proximo deles que os tratores e seus empementos por custarem menos, além do custos de manunteção serem mais baixos, assim como o dominio da tecnica de recuperação e manunteção estarem mais acessível a esse grupo.

    ¬ Responder
  • renatorenato

    12-12-2011 às 18:22:33

    Muito interessante seu texto.. se pude me manda algum material sobre tração animal eu agradeço. pois estou fazendo um seminario sobre o tema.

    ¬ Responder
  • julio cezarjulio cezar

    03-08-2011 às 17:44:22

    Foi um excelente texto

    ¬ Responder
  • thiagothiago

    16-06-2011 às 15:21:30

    foi otimo para estudar para prova

    ¬ Responder
  • Jeová RafaelJeová Rafael

    17-03-2011 às 23:04:35

    Olá! Esse texto sobre tração animal foi uma mão na roda, to cursando agropecuaria e professor pediu um seminario sobre isso, deu certinho! Parabens!

    ¬ Responder
  • jonathasjonathas

    28-01-2011 às 10:58:23

    ola.
    seu assunto sobre tracao animal foi fudamental
    no meu trabalho para tecnico em agropecuaria
    sempre q puder me mandar uns assuntos sobre agricultura em agradeco muito.
    vai me servir bastante em meu curso

    ¬ Responder
  • ElisElis

    04-11-2010 às 21:52:36

    Oi Claudio, tudo bem?

    Li seu texto e achei interessante
    sobre Tração animal: ferramenta alternativa para o produtor.

    Gostaria de obter mais algum material sobre o assunto na atualidade pois estou começando a fazer um seminário, agradeço.

    ¬ Responder
  • JOB LUCASJOB LUCAS

    12-08-2010 às 14:01:42

    traçao animal garante energia na produçao agricola, de modo que haJa menos esforço do homem e garantindo maior produçao. é a segunda fonte de energia utilizada na agricultura

    ¬ Responder

Comentários - Tração animal: ferramenta alternativa para o produtor

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Saiba como consertar seu fone de ouvido

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Electrodomésticos
Saiba como consertar seu fone de ouvido\"Rua
É quase certo que, se não forem todas as pessoas, boa parte delas já tiveram problemas com os fones de ouvido e trocaram-nos, pelo menos uma vez na vida. Há casos que são necessárias várias trocas. Por ser um dispositivo sensível e pequeno, um manuseio incorreto ou peças de má qualidade, interfere na vida útil dos fones de ouvido. Seja um chiado, mau contato no cabo ou um lado que parou de funcionar, quase sempre ocorre.
Isso acaba gerando um gasto, às vezes não planejado. O custo é bem pequeno, porém, se for somado todos os fones já adquiridos, pode ser um valor razoável. A manutenção não é tão cara, mas exige um pouco de dedicação. Se você já não aguenta mais comprar essas pequenas peças que estragam o tempo todo, aprenda como arrumar o seu e livre-se desse problema.

Materiais necessários
Esse artigo irá tratar de três tipos possíveis de manutenção: troca do pino, conserto de mau contato e o reparo dos cabos conectados aos fones. Segue a lista de equipamentos necessários:
- Alicate de bico ou corte com área específica para cortar;
- Estilete;
- Lixa;
- Ferro de solda;
- Estanho para solda;
- Conector P2 estéreo e Fita isolante.




Conector do fone de ouvido: Troca
1 - Com o alicate, corte o cabo onde está o conector;
Nessa etapa, não corte muito próximo ao conector porque o mau contato pode estar na parte flexível do cabo. Também não corte tão longe para não diminuir muito o tamanho.
2 - Com bastante cuidado, utilize o estilete para desencapar o cabo;
Se você aplicar muita força nesse passo, pode danificar os fios ou até se machucar.
3 - Dois fios, correspondente aos fones, estarão visíveis. Peque-os e, com cuidado, tire a capa deles com o estilete;
Existem alguns modelos de fones que não tem capa protetora, apresentando três ou quatro fios. Caso seja o seu caso, veja o passo a seguir.
4 - Utilize a lixa para remover a proteção dos cabos encapados;
5 - Ligue o ferro de solda à tomada;
6 - Passe os fios pela capa do novo conector;
7 - Caso seu fone possua dois fios-terra, torça os dois juntos;
8 - Com o estanho e o ferro de solda, grude os cabos no conector;
Antes de realizar esse paço, verifique a ordem correta dos conectores (fone direito e esquerdo). Se você não tiver certeza, veja no outro conector a ordem correta para soldar os fios.
9 - O fio-terra deve ser soldado no buraco central do conector;
10 - Coloque a capa do conector nele e teste seu fone!

Problema de mau contato: Conserto
Agora, você aprenderá a consertar um cabo com mau contato. É recomendado trocar o cabo todo, pois não se sabe onde exatamente está o mau contato e se é somente naquele ponto.
1 - Com o alicate, corte o cabo próximo ao fone;
2 - Com bastante cuidado, utilize o estilete para desencapar o cabo que resta no fone;
3 - Dois fios, correspondente aos fones, estarão visíveis. Peque-os e, com cuidado, tire a capa deles com o estilete;
4 - Utilize a lixa para remover a proteção dos cabos encapados;
5 - Ligue o ferro de solda à tomada;
6 - Utilizando o estanho, solde os fios do cabo novo no que está com o fone;
7 - Com a fita isolante, encape os remendos realizados;
8 - Utiliza a fita isolante para encapar a parte remendada e teste seu fone!

Defeitos nos contatos dos alto-falantes: Arrumando
Agora, você verá como é simples realizar a manutenção nos fones. Confira os passos a seguir.
1 - Ligue o ferro de solda à tomada;
2 - Abra o fone de ouvido;
Nesse item, verifique se o fone não possui parafusos para evitar danos a ele ao abri-lo. Lembre-se de como você abriu para poder fechar depois.
3 - Apenas com o ferro de solda, aqueça onde os cabos estão conectados para derreter a solda e retirar os fios;
4 - Corte a parte dos fios que estão com mau contato;
5 - Com o estanho e o ferro de solta, grude os fios do cabo nos fones;
6 - Monte o fone de volta e teste-o!

No corpo da matéria, há um vídeo feito pela equipe do Baixaki que pode auxiliar você. Gostou das dicas? Comente!

Pesquisar mais textos:

Lucas Souza

Título:Saiba como consertar seu fone de ouvido

Autor:Lucas Souza(todos os textos)

Imagem por: foxypar4

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    16-04-2014 às 18:40:31

    Muito valiosa todas as dicas, gostei muito e detalhou muito bem. Obrigada! Parabéns pelo texto!

    A equipa da Rua Direita

    ¬ Responder
  • Vitoria Ribeiro 12-09-2013 às 08:40:23

    Esta com dificuldade em consertar seu fone de ouvido, mesmo com as explicações acima? Consertamos para você! Temos loja física no Centro do Rio de Janeiro, recebemos e enviamos para todo o BRASIL - - 21-25071518 Vitoria Ribeiro

    ¬ Responder
  • João 08-09-2013 às 02:07:31

    Tenho um Headfone Beats Solo HD vermelho e o arco quebrou bem no lado direito no suporte dobrável do fone, Alguem sabe aonde compro esse arco? Moro em Curitiba.

    ¬ Responder
  • mariel 27-01-2016 às 20:30:21

    Conseguiu, João? Estou com o mesmo problema.

    ¬ Responder
  • André 21-07-2013 às 20:00:44

    Comprei um daqueles fones com entrada para cartao de memoria. dos modelos que encaixam na orelha, porem um dos lados foi quebrado. saberiam irformar se existe peca de reposicao, preciso apenas do encaixe da orelha, paguei R$50,00 e vou perder todoo fone por uma unica peça quebrada. MRH-8806Q NIA

    ¬ Responder
  • joaoa 19-06-2013 às 13:31:56

    tenho um skullcandy navigator, e o lado esquerdo do arco quebrou , a 'caixa' esta solta, tem como consertar??

    ¬ Responder
  • sidney 02-04-2013 às 09:18:23

    Qual o endereço da loja? Tenho um fone Philips HLS 8800 e o cabo arrebento e quero consrtalo.

    ¬ Responder
  • Vc é Plagiador 18-02-2013 às 15:19:44

    Engraçado, tu pega a matéria do Baixaki e cola aqui no site.

    ¬ Responder
  • Daniel 27-02-2013 às 12:00:11

    Copiou na cara dura!

    ¬ Responder
  • Marcelo 26-01-2013 às 08:27:20

    VC ESTA COM DIFICULDADE EM CONSERTAR SEU FONE OUVIDO, MESMO COM AS EXPLICAÇÕES ACIMA? CONSERTAMOS PARA VC! TEMOS LOJA FÍSICA NO CENTRO DO RIO DE JANEIRO, RECEBEMOS E ENVIAMOS PARA TODO O BRASIL -2125071518 . BEATS BY, SONY, PHILLIPS, COBY ENTRE OUTROS

    ¬ Responder
  • Renildo 19-08-2014 às 20:58:42

    VOCE TEM COMO CONSERTAR UM ARCO DO BEATES ORIGINAL?..ELE QUEBROU BEM NO CENTRO..SE TEM COMO CONSERTAR, ME MANDE ENDEREÇO OU EMAIL PRA CONTATO...POR FAVOR..MORO EM BRASILIA..SE TIVER ASSISTENCIA TECNICA POR AQUI PRECISO TELEFONE OU ENDEREÇO..

    ¬ Responder
  • Amparo 07-09-2014 às 14:09:59

    Renildo, Vc conseguiu trocar o arco do beats? estou com o mesmo problema. Tb moro em BSB. Peço me orientar.
    Amparo

    ¬ Responder
  • Daiany Nascimento 17-09-2012 às 12:37:14

    Gostei do texto. Sou fã dos artigos publicados pelos autores do ruadireta.com devido à variedade de temas que posso encontrar, além de que a maioria deles são muito ricos em conteúdo, como este! Parabéns autor pela sua dedicação, saiba que as dicas que encontrei aqui poderão me ajudar muito, pois precisava mesmo saber como consertar meu Fone De Ouvido. Espero por novidades, pois sempre estou à procura de novos conhecimentos. Muito obrigada e Boa escrita!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios