Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > Como lidar com pessoas mentirosas

Como lidar com pessoas mentirosas

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Outros
Visitas: 6
Comentários: 3
Como lidar com pessoas mentirosas

Nas histórias de ficção como nas telenovelas, conhecermos personagens que mentem com muita facilidade para enganar os bons. Alguns telespectadores chegam a sentir raiva do personagem ético por não entender porque o autor cria alguém com perfil tão inocente e bobo, incapaz de perceber que tudo é mentira, descobrindo somente quando a novela está perto do fim.

Outros se desolam com o personagem que representa o bem, dependendo de como está a sua vida começa a duvidar se o que aprendeu sobre conceitos morais para não mentir, se na vida adulta tem mesmo valia.

Vamos estender esse assunto para entendermos melhor, como na vida real isso acontece e que muitas pessoas só descobrem a verdade quando é inevitável. Mas antes de rotular essa pessoa como boba, ou que sofre de excesso de inocência, é preciso considerar que duvidar de tudo ou não acreditar em mais ninguém sem antes analisar os fatos, passa a ser um estilo de vida que pode se tornar um transtorno obsessivo.

Outra consequência é permitir que o outro tenha o poder de decidir como você deve viver dali em diante e, essa é uma escolha que cabe apenas a si mesmo. O mais sensato é não aceitar que se o outro lhe enganou, você passará a ter o mesmo comportamento, já que identifica a mentira como algo nocivo, e que de fato é.

Quem se acostuma a mentir, ou é por temer enfrentamento das situações que se depara, inventando desculpas quando não quer fazer alguma coisa ou ir a um lugar. Ou então é por um certo sadismo (maldade) para prejudicar alguém.

Tem ainda algumas pessoas que se acostumam a mentir, chega a tal ponto que cria incapacidade de dizer a verdade, mas esse é um tema que abordaremos em outro artigo. Por enquanto, ficaremos só nos que mentem com consciência.

Para lidar com pessoas mentirosas, primeiro seria necessário identificar, mas nem sempre é simples. Em geral, elas são descobertas quando inevitavelmente a verdade vem à tona. Essa é a melhor maneira de saber se está lidando com uma pessoa mentirosa. Lembrando que estamos nos referindo aquelas que mentem compulsivamente ou que prejudicam sem nenhum pudor.

A primeira dica é não contar nada nem acreditar no que essa pessoa lhe diz, se for algo que lhe pareça real, investigue sem dizer nada, principalmente se for colega de trabalho.
Evite comentários de ordem pessoal, pois um traço muito comum nas pessoas mentirosas é contar para os outros a conversa confidencial.

Uma boa estratégia que intimida o mentiroso é ouvir e não opinar em nada quando ele após contar alguma coisa pedir opinião sobre o assunto. Ao se negar opinar (sempre com muita educação e naturalidade) para que ele saiba que não lhe afetou, com o tempo a pessoa mentirosa se sentirá desconfortável e muitas até ficam intimidadas e param de mentir para você ou simplesmente se afastam.


Sílvia Baptista

Título: Como lidar com pessoas mentirosas

Autor: Sílvia Baptista (todos os textos)

Visitas: 6

785 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 3 )    recentes

  • Briana AlvesBriana

    17-08-2014 às 16:33:40

    Pessoas que mentem criaram esse hábito. É uma questão que deve ser tirada constantemente do interior, pois a mentira nunca traz bons resultados, pelo contrário, a pessoa é a mais prejudicada e nem percebe. É uma falha muito feia no caráter.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatização[email protected]

    24-04-2013 às 22:15:19

    O meu marido mente muito pra mim, com coisas banais. O que faço?

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãorosi

    20-09-2013 às 01:18:19

    se vc não for casada apenas amigada manda esse cara pastar senão vc vai sofrer igual eu sofro e o pior é que eu case com a mentira

    ¬ Responder

Comentários - Como lidar com pessoas mentirosas

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Martelos e marrettas

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Ferramentas
Martelos e marrettas\"Rua
Os martelos e as marretas são, digamos assim, da mesma família. As marretas poderiam apelidar-se de “martelos com cauda”. Elas são bastante mais robustas e mantêm as devidas distâncias: o cabo é maior.

Ambos constituem, na sua génese, amplificadores de força destinados a converter o trabalho mecânico em energia cinética e pressão.

Com origem no latim medieval martellu, o martelo é um instrumento utilizado para “cacetear” objectos, com propósitos vários, pelo que o seu uso perpassa áreas como o Direito, a medicina, a carpintaria, a indústria pesada, a escultura, o desporto, as manifestações culturais, etcétera, variando, naturalmente, de formas, tamanhos e materiais de composição.

A diversidade dos martelos é, realmente, espantosa. O mascoto, por exemplo, é um martelo grande empregue no fabrico de moedas. Com a crise económica que assola o mundo actualmente, já se imaginam os governantes, a par dos banqueiros, de martelo em punho para que não falte nada às populações…

Há também o marrão que, mais do que o “papa-livros” que tira boas notas a tudo, constitui um grande martelo de ferro, adequado para partir pedra. Sempre poupa trabalho à pobre água mole…

O martelo de cozinha serve para amaciar carne. Daquela que se vai preparar, claro está, e não da de quem aparecer no entretanto para nos martelar a paciência…!

Já no âmbito desportivo, o lançamento do martelo representa uma das provas olímpicas, tendo sido recentemente adoptado na modalidade feminina. Imagine-se se, em vez do martelo, se lançasse a marreta… seria, certamente, mesmo sem juiz nem tribunal, a martelada que sentenciaria a sorte, ou melhor, o azar de alguém!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Martelos e marrettas

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios