Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Música > A música que me define

A música que me define

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Música
Visitas: 2
Comentários: 1
A música que me define

Sendo que cada indivíduo é único, a música que o define, na impossibilidade de ser única, terá, certamente, uma definição e uma catalogação singulares. Na verdade, os apreciadores, na sua multiplicidade, avaliam as dezenas de géneros musicais que existem de forma exclusiva.

O rock, por exemplo, que pressupõe, na maioria das composições, os sons da guitarra elétrica e um insistente contratempo, consubstancia, para muitos, uma melodia sedutora. Dentro deste estilo podem ainda encontrar-se o heavy metal, o hard rock, o punk rock, o soft rock e diversos outros. Trata-se de um dos tipos de música mais conhecidos desde 1950 e emprega a guitarra elétrica, o contra-baixo, o teclado e a bateria.

Blues é um género interessante, uma vez que os instrumentos e vocais se ouvem numa sequência baixa, raramente atingindo uma nota mais alta, e costumam ser expressivos. B. B. King constitui um dos grandes ídolos de músicas que têm as suas origens em canções afro-americanas e em espirituais negros.

O reagge nasceu na Jamaica, tendo como “pai” Bob Marley, que é, simplesmente, o seu maior ícone. Este cantor e compositor descortinou uma harmoniosa maneira de criticar o preconceito, a fome e as desigualdades, alertando a sociedade.

O hip-hop, iniciado em finais de 1960 nos Estados Unidos, surgiu da necessidade de reação à violência contra as classes sociais mais baixas e aos conflitos sociais. Não será descabido enquadrá-lo numa cultura de rua, normalmente associado ao graffiti. As letras veiculam perguntas, e não é raro notar-se um tom de agressividade num ritmo intenso. De salientar que hip-hop e rap não são a mesma coisa, apesar das inegáveis semelhanças.

O samba, tipicamente brasileiro, atinge o pico da sua glória em fevereiro, aquando do mais famoso Carnaval do mundo. Consta que teve início na Baía e que foi consagrado no Rio de Janeiro. O cavaquinho, o violão e outros instrumentos de cordas, o pandeiro, o tamborim, e variados instrumentos de percussão e de sopro deixam ao rubro multidões de brasileiros e estrangeiros que abanam as ancas ao toque do samba.

A ópera tanto pode ser criada para letras cómicas como para letras dramáticas, sérias ou destinadas a provocar suspense. Os teatros musicais socorrem-se, muitas vezes, deste género, em que o compositor tem de ter uma incrível disposição para que haja cifras para cada tipo de instrumento da orquestra, numa harmonia perfeita.

A música erudita, ilegitimamente tida como música clássica, é, em princípio, mais elaborada e culturalmente mais elevada do que aquela. Vocal, sopro, cordas, percussão e teclado dão corpo a produções que se dividem consoante a época e as características predominantes.

A música folclórica deriva de culturas sociais, geralmente rurais (plantação, colheita, cantigas de lavadeiras e rendeiras, …), podendo também manifestar um carácter urbano decorrente de festas, teatros folclóricos e rituais.


Maria Bijóias

Título: A música que me define

Autor: Maria Bijóias (todos os textos)

Visitas: 2

791 

Imagem por: Fe Ilya

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • SophiaSophia

    13-05-2014 às 20:44:19

    Que interessante seu texto sobre a música que me define. Tenho minhas afinidades, peculiaridades e acredito que música que gostamos, ouvimos revela quem somos, nos define como você bem colocou!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Comentários - A música que me define

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Manutenção Automovel

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Automóveis
Manutenção Automovel\"Rua
Faça você mesmo a revisão do seu automóvel e poupe dinheiro em oficinas. Primeiro verifique com a ajuda de outra pessoa a iluminação exterior. Uma pessoa fica no interior do carro e liga as luzes, verifique á frente os mínimos, os médios, os máximos e os piscas. Depois atrás verifique os mínimos os stop a marcha atrás e o farol de nevoeiro.

A seguir verifique a iluminação do interior do veículo e do painel de instrumentos e a afinação do travão de mão.

Agora está na hora de verificar os filtros de ar, gasóleo e habitáculo. Dependendo da utilização eles podem fazer em média 40.00km, se estiverem sujos substitua-os por novos.

A seguir vem a mudança do óleo este em geral pode-se retirar pelo bujão de vazamento do cárter, convém substituir a anilha e o filtro de óleo. O óleo novo deve respeitar as especificações do fabricante, verificar no livro de manual de utilizador do veículo os litros de óleo do motor. Meter o óleo novo pelo bucal superior do motor com a ajuda de um funil, o nível do óleo não pode ultrapassar o máximo. Se não sabe a quantidade de óleo deite 4 litros e depois verifique o nível pela vareta de verificação de nível e vá deitando até chegar ao nível certo.

Agora é preciso verificar as pastilhas de travões, hoje em dia como quase todos os veículos têm jantes especiais consegue verificar sem desmontar as rodas. Substituir se necessário as pastilhas, ao desmontar repare como desmonta para depois voltar a montar tudo de novo. Por fim verifique a pressão dos pneus com um manómetro, a pressão indicada varia de carro pra carro se não sabe a pressão indicada ponha 2.2bar que é em média a pressão que todos utilizam.

Convém dizer que qualquer material que precise basta procurar numa loja de peças auto próxima de si ou então encomendar via net pois existem vários sites especializados em peças e materiais de manutenção auto. Vai ver que não custa nada se eu aprendi você também pode aprender e além disso fica a conhecer melhor o seu carro.

Com isto tudo pode poupar em média 200€ por cada revisão.
Obrigado e até a próxima.

Outros textos do autor:
Manutenção Automovel

Pesquisar mais textos:

Vendas Online

Título:Manutenção Automovel

Autor:Vendas Online(todos os textos)

Imagem por: Fe Ilya

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    17-06-2014 às 04:55:10

    Há inúmeros benefícios para fazer a manutenção do automóvel, pois isso garante melhor preservação do veículo e se prolonga o uso por muitos e muitos anos.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios