Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Mobiliário > Cadeiras de Baloiço

Cadeiras de Baloiço

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Mobiliário
Visitas: 34
Cadeiras de Baloiço

As cadeiras de baloiço fazem-nos lembrar as avozinhas que ainda hoje conseguimos vislumbrar nos filmes que passam no pequeno e no grande ecrã. Algumas imagens mostram-nos a ternura dos carrapitos brancos, mas outras, as que fazem barulho e guincham e rangem baixinho, fazem-nos lembrar os filmes de suspance ou terror.

As cadeiras de baloiço fazem-nos ainda lembrar os embalos das recentes mães quando dão de mamar ao seus pequenos rebentos, e este quadro de amor e ternura, fazem-nos muitas vezes rebuscar sensações de tranquilidade que existe dentro de todos nós.

Mas se as lembranças que trazemos das cadeiras de baloiço nos levam a tempos remotos, a verdade é que cada vez mais estas cadeiras se vêm nas casas desse Portugal.

Mas a realidade é que até as cadeiras de baloiço, ao mesmo passo de tudo o que nos acompanha, estão diferentes. A diferença pode ser muita ou pouca.

Vemos então as cadeiras de baloiço antigas, em madeira com costas e assentos em palhinha, recuperadas, restauradas, enfim resgatadas dos sótãos escuros e poeirentos.

No entanto, a modernidade oferece-nos um novo design de cadeiras de baloiço, o que torna a sua funcionalidade mais vasta do que as cadeiras de antigamente. Sabia que existem poltronas de baloiço? Pois essa é a realidade e mostra bem o avanço das ditas.

Existem cadeiras estofadas com padrões modernos, as suspensas no teto, as de acrílico, de ferro grosso e fininho, plástico e até mesmo numa madeira moderna com um design único.

As cadeiras de baloiço, acompanhadas por um banquinho de pés trás não só a harmonia a uma sala ou quarto, mas um fantástico equilíbrio, tal como um conforto único. Verdade seja dita que mesmo quem não se fascina pelas cadeiras de baloiço para a sua própria decoração, fascina-se sim com uma cadeira de baloiço. Caminham então para as cadeiras e é-lhes impossível não resistir ao conforto de um baloiço sentado e recostado.

À venda em vários locais, conseguimos encontrar as cadeiras de baloiço em lojas de antiguidades, no caso das antigas, mas nos mais variadíssimos sítios no caso das modernas e capacitadas de designs exclusivos. Por internet ou em superfícies comerciais específicas em mobiliário vai encontrar uma enorme variedade de cadeiras de baloiço. Vai ver que se é um apaixonado, vai ter facilidade em encontrar uma cadeira fantástica.

Já agora e a titulo de curiosidade, a patente da primeira cadeira de baloiço que se transforma em cama é de um nosso transmontano. Baloiça e deita, mas isto foi só uma curiosidade.


Carla Horta

Título: Cadeiras de Baloiço

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 34

809 

Imagem por: Frugan

Comentários - Cadeiras de Baloiço

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como fazer disfarces de Carnaval

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Vestuário
Como fazer disfarces de Carnaval\"Rua
O ano começa e depressa chega uma data muito ansiada principalmente pelos mais jovens: o desejado Carnaval!

Esta é uma data que os pequenos adoram e deliram com as fantasias. O problema maior é a despesa que os disfarces representam e no ano seguinte já não usarão o mesmo disfarce ou, no caso dos mais pequenos, já não lhes serve.
O melhor nesta data é mesmo reciclar e aprender a fazer disfarces caseiros utilizando truques mais económicos e materiais reciclados para preparar as fantasias dos pequenitos!

Uma sugestão para os meninos é o traje de pirata que pode facilmente ser criado a partir de peças que tenha em casa. Procure uma camisa de tamanho grande e, de preferência, de cor branca com folhos. Se não tiver uma camisa com estas características facilmente encontrará um modelo destes no guarda-vestidos de alguma familiar, talvez da avó.

Precisará de um colete preto. Na falta do colete pode utilizar um casaco preto que esteja curto, rasgue as mangas pelas costuras dos ombros. As calças devem ser velhas e pretas para poderem ser cortadas na zona das pernas para envelhecer a peça. Coloque um lenço preto ou vermelho na cabeça do menino e, de seguida, com um elástico preto e um pouco de velcro tape um dos olhos.

Para as meninas não faltam ideias originais para fazer disfarces bonitos e especiais para este dia. Uma ideia original é a fantasia de Flinstone. É muito fácil e prática de fazer e fica um disfarce muito bonito. Comece por arranjar um pedaço de tecido branco. Coloque o tecido em volta do corpo como uma toalha de banho e depois amarre num dos braços fazendo uma alça. Depois corte as pontas em ziguezague mantendo um lado mais comprido que o outro. Amarre o cabelo da menina todo no cimo da cabeça, como se estivesse a fazer um rabo-de-cavalo mas alteie-o mais. Com o auxílio de um pente frise o cabelo, pegando nas pontas e passando o pente em sentido contrário até que fique todo despenteado. Numa loja de disfarces compre um osso de plástico e prenda na fita da criança.

Pegue nos materiais, puxe pela imaginação e ponha mãos ao trabalho!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Como fazer disfarces de Carnaval

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Imagem por: Frugan

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    09-06-2014 às 04:01:21

    Não em carnaval, mas em bailes de fantasia, sempre usei o TNT. Eles são ótimos para trabalhar o corte, para costurar e deixa bem bonito!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios