Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Imóveis Arrendamento > Arrendamento Jovem: Porta 65

Arrendamento Jovem: Porta 65

Comentários: 1
Arrendamento Jovem: Porta 65

Ouvia-se há uns tempos atrás – Quem casa, quer casa! Tão correcta e tão certa, esta frase mantém-se para tudo e para todos. Mas, como dizia outro alguém, os tempos e as vontades também mudaram, e hoje em dia não é só quem casa que quer casa.

Cada vez mais somos independentes e cada vez mais cedo. Sair de casa e ser independente, gerir a sua vida financeira e emocional está nos planos de muitos jovens. Sós ou acompanhados, partem então para a aventura de viver sozinhos, mesmo que seja na mesma rua onde moram os pais – sempre se janta ao cimo da rua, certo?

Com as oscilações das taxas de juro nos últimos anos, o mercado da casa própria por empréstimo bancário caiu, dando lugar ao mercado do arrendamento de imóveis. Alugam-se mais casas e aquelas que estavam desocupadas há muitos anos, ganharam vida com novos inquilinos e roupa estendida nos estendais.

Entre arrendamentos e jovens, a distância não é muita, mas entre jovens e grande poder de compra a distância é abismal. Mas então como podem os nossos jovens arrendar casa se ganham pouco e saem tarde? A resposta pode vir mesmo de cima e não é do céu.

Há uns anos o Governo Português resolveu criar um sistema que ajuda a apoia ao arrendamento jovem de forma a incentivar á independência, ao arrendamento e ao incentivo aos jovens. Chama-se a Porta 65.

Um dos objectivos é trazer vida a muitas zonas necessitadas de gente jovem e em progresso.

Após a candidatura, o Governo oferece aos jovens habilitados, uma percentagem da renda da casa o que lhes permite um desafogo muito grande.

Mas nem toda a gente se pode candidatar. Para ter direito a este subsídio, não pode candidatar-se a mais nenhum relativamente a arrendamento. Não pode ser proprietário de outro imóvel, nem ter mais nenhum contrato de arrendamento. Tem de ter mais de 18 anos e pode usufruir até aos 30. Acima de tudo é obrigado a ter um contrato de arrendamento legal, com imposto de selo da Repartição de Finanças pago e o imóvel não pode ser de nenhum familiar directo.

Estes são apenas alguns requisitos (existem mais uns quantos) exigidos aquando a candidatura. Os documentos podem ser apresentados via internet e depois é esperar pela resposta.

Apesar deste apoio ser importante e fundamental para muitos jovens, a verdade é que é muitas vezes complicado. Arrende sem contar com isto, mas nunca deixe de se candidatar.


Carla Horta

Título: Arrendamento Jovem: Porta 65

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 0

658 

Imagem por: chaps1

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • SophiaSophia

    05-05-2014 às 21:37:31

    Que bom saber desa forma de incentivo aos jovens em morar sós. Essa porta 65 parece ser bem interessante, a Rua Direita agradece pelas informações. Acredita-se que muita gente não sabe.

    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Comentários - Arrendamento Jovem: Porta 65

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como fazer disfarces de Carnaval

Ler próximo texto...

Tema: Vestuário
Como fazer disfarces de Carnaval\"Rua
O ano começa e depressa chega uma data muito ansiada principalmente pelos mais jovens: o desejado Carnaval!

Esta é uma data que os pequenos adoram e deliram com as fantasias. O problema maior é a despesa que os disfarces representam e no ano seguinte já não usarão o mesmo disfarce ou, no caso dos mais pequenos, já não lhes serve.
O melhor nesta data é mesmo reciclar e aprender a fazer disfarces caseiros utilizando truques mais económicos e materiais reciclados para preparar as fantasias dos pequenitos!

Uma sugestão para os meninos é o traje de pirata que pode facilmente ser criado a partir de peças que tenha em casa. Procure uma camisa de tamanho grande e, de preferência, de cor branca com folhos. Se não tiver uma camisa com estas características facilmente encontrará um modelo destes no guarda-vestidos de alguma familiar, talvez da avó.

Precisará de um colete preto. Na falta do colete pode utilizar um casaco preto que esteja curto, rasgue as mangas pelas costuras dos ombros. As calças devem ser velhas e pretas para poderem ser cortadas na zona das pernas para envelhecer a peça. Coloque um lenço preto ou vermelho na cabeça do menino e, de seguida, com um elástico preto e um pouco de velcro tape um dos olhos.

Para as meninas não faltam ideias originais para fazer disfarces bonitos e especiais para este dia. Uma ideia original é a fantasia de Flinstone. É muito fácil e prática de fazer e fica um disfarce muito bonito. Comece por arranjar um pedaço de tecido branco. Coloque o tecido em volta do corpo como uma toalha de banho e depois amarre num dos braços fazendo uma alça. Depois corte as pontas em ziguezague mantendo um lado mais comprido que o outro. Amarre o cabelo da menina todo no cimo da cabeça, como se estivesse a fazer um rabo-de-cavalo mas alteie-o mais. Com o auxílio de um pente frise o cabelo, pegando nas pontas e passando o pente em sentido contrário até que fique todo despenteado. Numa loja de disfarces compre um osso de plástico e prenda na fita da criança.

Pegue nos materiais, puxe pela imaginação e ponha mãos ao trabalho!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Como fazer disfarces de Carnaval

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Imagem por: chaps1

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    09-06-2014 às 04:01:21

    Não em carnaval, mas em bailes de fantasia, sempre usei o TNT. Eles são ótimos para trabalhar o corte, para costurar e deixa bem bonito!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios