Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Empresariais > O que não deve contar aos seus colegas de trabalho

O que não deve contar aos seus colegas de trabalho

Categoria: Empresariais
Visitas: 2
Comentários: 1
O que não deve contar aos seus colegas de trabalho

Muitos de nós, vemos o local de trabalho como sendo uma extensão de casa devido o tempo em que se passa dentro da empresa e, mesmo quem trabalha no serviço externo, está em função do trabalho.

Para afastar esse pensamento errôneo, devemos pensar e analisar o seguinte: no trabalho é preciso uma postura que requer mais sobriedade no vestir, horários à cumprir, metas mensais a serem alcançadas quando estipuladas, passar o dia ao lado de pessoas que nem sempre se tem a melhor simpatia, obedecer ordens e respeitar a hierarquia com pessoas que até então eram totalmente estranhas, saber lidar com a competividade profissional e tudo o mais. O fato é que, no ambiente familiar, se quiser passar o dia usando apenas as peças íntimas, se passa, se quiser reuinir-se com a família toda hora, se reune, se quiser ficar diante da televisão o dia todo, basta ligar o botão. Pois bem, será que é assim que nos comportamos no trabalho fazendo o que se quer a qualquer hora todos os dias? Então porque o trabalho é uma extensão de casa? Será que ficar à toa sentado no sofá trara o rendimento financeiro do trabalho? Será que se pode chegar e sair a hora que bem enterder no trabalho como se faz em casa? Claro que não, então vamos derrubar essas idéias.

O caro leitor deve estar se perguntando onde vamos chegar com todas essas indagações. É simples, é para melhor entendermos que é preciso haver uma separação, uma atitude profissional que não impede ser autêntico, a diferença é que devemos ter atenção, que os colegas de trabalho, por mais que pareçam confiáveis, ou que por um ou por outro se tenha mais sintonia, que pareça ser uma boa pessoa, não se deve dizer tudo que vem à cabeça.

Um comentário que deve ser evitado é falar mal dos superiores, do patrão, dos colegas de trabalho e de quem quer que seja que faça parte do trabalho. Primeiro por uma questão de ética de conduta, segundo e mais sério motivo, é que mesmo em um momento de desabafo, diante de uma indignação ou por estar atravessando um momento delicado, se contar para o colega de trabalho que tem desafeto com ciclano ou beltrano, esse comentário pode se tornar uma ameaça e voltar de outra forma, quer dizer; esse paciente colega de trabalho, pode posteriormente levar esse comentário adiante causando um verdadeiro rebouliço, memso que ele fale mal de alguém, não caia nessa, pode ser um incentivo para você se abrir. Assim como pode nada acontecer e ele simplesmente entender que foi um comentário infeliz levado por uma forte emoção, pode se tornar o oposto e você além de ficar com a reputação profissional abalada, ser quem sabe, o demitido.

Sílvia Baptista

Título: O que não deve contar aos seus colegas de trabalho

Autor: Sílvia Baptista (todos os textos)

Visitas: 2

775 

Imagem por: Seth W.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • Sofia NunesSofia Nunes

    18-09-2012 às 13:12:20

    Apesar de não estar inserida ainda no mercado de trabalho, compreendo como entre colegas se desenvolve alguma intimidade e partilha. Por exemplo, é comum que os colegas de trabalho se tornem naquilo a que se chama depreciativamente “amigos de circunstância”, planeando-se saídas entre o leque de trabalhadores da mesma empresa. Para além disso, alguns colegas tornam-se amigos para a vida. É apenas necessário identificar os que têm potencial de futuros amigos e os estritamente colegas.

    ¬ Responder

Comentários - O que não deve contar aos seus colegas de trabalho

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Os primeiros brinquedos

Ler próximo texto...

Tema: Brinquedos
Os primeiros brinquedos\"Rua
O brinquedo é mais do que um objecto para a criança se divertir e distrair, é também uma forma de conhecer o mundo que tem ao seu redor e para dar asas à sua imaginação. Desta forma, os brinquedos sempre estiveram presentes na sociedade.

Os primeiros brinquedos datam de 6500 anos atrás, no Japão, em que as crianças brincavam com bolas de fibra de bambu. Entretanto há 3000 anos surgiram os piões feitos de argila e decorados, na Babilónia.

No século XIII apareceram os soldadinhos de chumbo, porém só eram acessíveis às famílias nobres. Cinco séculos mais tarde, apareceram as caixas de música, criadas por relojoeiros suíços.

As bonecas são muito antigas, surgiram enquanto figuras adoradas como deusas, há 40 mil anos, mas a primeira fábrica abriu apenas em 1413 na Alemanha. Barbie, a boneca mais famosa do mundo, foi criada em 1959, mas ainda hoje é das mais apetecíveis pelas crianças.

O grande boom dos brinquedos aconteceu quando se descobriu o plástico para o fabrico. Mesmo assim, muitas famílias não podiam comprar brinquedos aos filhos, como tal, estes utilizavam diversos tipos de materiais e construíam os seus próprios brinquedos.

Actualmente, as crianças têm acesso a uma enorme variedade de brinquedos, desde bonecas, a carros telecomandados, a videojogos… Educativos ou apenas lúdicos, há de tudo e para todos os gostos e preços.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Os primeiros brinquedos

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Imagem por: Seth W.

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • umdolitoys 23-01-2013 às 05:46:38

    Adorei a reportagem! e tenho algo para vocês verem!!

    Espero que gostem!!!

    ¬ Responder
  • sofia 22-07-2012 às 21:56:29

    Achei muito interecante e muito legal saber que ano foi fabricadoas bonecas

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios