Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Beleza > Revitalize os cabelos e a pele após o Verão

Revitalize os cabelos e a pele após o Verão

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Beleza
Comentários: 1
Revitalize os cabelos e a pele após o Verão

O verão é, normalmente, sinónimo de diversão, praia, sal, areia, piscina, cloro, poluição e muito sol. Pois bem, isto é o que se pode chamar uma mistura explosiva para a pele e o cabelo.

Como em tudo, a prevenção seria sempre o melhor remédio. Até porque, por exemplo, a exposição ao sol não prejudica unicamente a beleza dos cabelos e da pele, podendo, efetivamente, trazer transtornos ao nível da saúde, nomeadamente no respeitante ao cancro da pele, que mata um número crescente de pessoas por ano, sobretudo jovens.

Muitas vezes, os cabelos regressam de férias com uma secura e opacidade extremas, para além de espigados. Deve-se à ação do sol, da água salgada, da areia, do cloro, do vento, e de fitas, elásticos, ganchos e outros acessórios que se usam para os prender. Perante estas circunstâncias, o primeiro passo será lavá-los com um champô anti-resíduos e a aplicação de uma máscara hidratante, no sentido da regeneração. As cabeleiras pintadas requerem ainda um tratamento adicional à base de queratina, numa perspetiva de manterem a uniformidade do tom e de recuperarem o brilho. Se as pontas se apresentarem bastante estragadas, não há que hesitar em cortá-las um pouco. Até pode ser um bom pretexto para mudar algo no visual…

Mesmo quem não tem férias no verão deve estar atento à poluição e à transpiração. Qualquer tipo de cabelo (inclusive o seco) deve ser lavado diariamente, para evitar que fique pesado e sem vida. A escolha do champô e do amaciador é muito importante.

Para devolver o aspeto saudável à pele agredida há duas ações básicas: esfoliar e hidratar. Com o auxílio de produtos específicos (diferentes para o rosto e para o corpo, devido às divergentes características), removem-se as células mortas acumuladas à superfície da pele. A textura de grãos de areia minúsculos destes cosméticos, fazendo uma massagem adequada, funciona como uma lixa que expulsa os resíduos e torna a pele mais suave. O ideal é fazer a aplicação com a pele húmida (o que facilita a massagem), uma vez por mês.

Seguir uma alimentação saudável também participa nesta relação de causa-efeito. Para evitar cabelos quebradiços, recomenda-se o consumo de alimentos ricos em cálcio e proteínas. Já para a pele seca, a dica passa por beber, no mínimo, seis copos de água por dia. Ante pele e cabelos oleosos, há que evitar as gorduras, como queijos e manteigas, e também os doces.

Proteção, hidratação e nutrição são as palavras de ordem para cabelos brilhantes e uma pele saudável, nas férias e não só!


Maria Bijóias

Título: Revitalize os cabelos e a pele após o Verão

Autor: Maria Bijóias (todos os textos)

Visitas: 0

603 

Imagem por: izzie_whizzie

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • Sofia NunesSofia Nunes

    14-09-2012 às 14:39:35

    Os cabelos, especialmente aqueles de quem aproveita o verão, podem ficar num estado miserável com a aproximação do fim da estação soalheira. A prevenção deve ser a palavra-chave, mas quando esta foi descurada há que, com a entrada no outono, resolver a situação. A solução passa obrigatoriamente por um corte, que deverá ser significativo, tanto mais quanto mais as pontas estiverem espigadas. O corte mostrado na imagem que acompanha o texto é particularmente elegante.

    ¬ Responder

Comentários - Revitalize os cabelos e a pele após o Verão

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Martelos e marrettas

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Ferramentas
Martelos e marrettas\"Rua
Os martelos e as marretas são, digamos assim, da mesma família. As marretas poderiam apelidar-se de “martelos com cauda”. Elas são bastante mais robustas e mantêm as devidas distâncias: o cabo é maior.

Ambos constituem, na sua génese, amplificadores de força destinados a converter o trabalho mecânico em energia cinética e pressão.

Com origem no latim medieval martellu, o martelo é um instrumento utilizado para “cacetear” objectos, com propósitos vários, pelo que o seu uso perpassa áreas como o Direito, a medicina, a carpintaria, a indústria pesada, a escultura, o desporto, as manifestações culturais, etcétera, variando, naturalmente, de formas, tamanhos e materiais de composição.

A diversidade dos martelos é, realmente, espantosa. O mascoto, por exemplo, é um martelo grande empregue no fabrico de moedas. Com a crise económica que assola o mundo actualmente, já se imaginam os governantes, a par dos banqueiros, de martelo em punho para que não falte nada às populações…

Há também o marrão que, mais do que o “papa-livros” que tira boas notas a tudo, constitui um grande martelo de ferro, adequado para partir pedra. Sempre poupa trabalho à pobre água mole…

O martelo de cozinha serve para amaciar carne. Daquela que se vai preparar, claro está, e não da de quem aparecer no entretanto para nos martelar a paciência…!

Já no âmbito desportivo, o lançamento do martelo representa uma das provas olímpicas, tendo sido recentemente adoptado na modalidade feminina. Imagine-se se, em vez do martelo, se lançasse a marreta… seria, certamente, mesmo sem juiz nem tribunal, a martelada que sentenciaria a sorte, ou melhor, o azar de alguém!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Martelos e marrettas

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Imagem por: izzie_whizzie

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios