Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Beleza > O reflexo da beleza

O reflexo da beleza

Categoria: Beleza
O reflexo da beleza

A beleza constitui um tema por vezes polémico, não só porque os gostos são subjectivos e raramente geram consenso, como pelo facto de para uns representar uma prioridade à qual vale a pena subjugar recursos e disponibilidade, e no entender de outros não passar de mera vaidade e pura perca de tempo.

Normalmente os extremos neste campo são demarcados pela dicotomia homem / mulher.
Enquanto elas adoram passar tardes, para não dizer dias inteiros, num centro comercial e “babam” para tudo o que é roupa e sapatos que lhes agradem, assim como malas e toda a espécie de acessórios, eles perdem a paciência no carro ou a dar voltas sem fim às imediações não mercantis que conseguirem encontrar. Há quem se alargue tanto na despesa efectuada, que um tal volume de negócio quase dispensaria as diversas entidades mundiais de terem de cortar nos juros para tentar o equilíbrio em época de crise; bastaria organizar uma excursão de meia dúzia destas pessoas às grandes capitais do consumo!...

Naturalmente que o veredicto final das compras será sempre dado pelo espelho, umas vezes simpático e aliado, noutras ocasiões reles inimigo. Não obstante, ele é, certamente, o espectador mais pachorrento de acessos de euforia, quando devolve ou até excede as expectativas, e de crises de choro compulsivo, naqueles momentos em que a verdade mais dói. Para verificar se o seu espelho goza de boa saúde, é só ver se ele tem os reflexos em dia…

São muitos os recursos que o mercado oferece àqueles que desejam ficar mais belos.
Contrariando a tendência de até recentemente, na actualidade constata-se que um crescente número de homens manifesta preocupação com a sua imagem, lançando mão de um conjunto de iniciativas que os façam sentir melhor na sua própria pele.
Efectivamente, os metrossexuais vão engrossando o rol de potenciais consumidores de produtos de beleza, incluindo maquilhagem. Neste domínio existe um vasto espectro de tonalidades, consistências, durabilidade e preços. É claro que as carteiras não logram todas dos mesmos rendimentos, pelo que diante de eventuais dificuldades há que apelar à criatividade, como se fazia no decurso da Segunda Guerra Mundial, em que se recorria à fuligem para fazer de eyeliner e ao sumo de beterraba para servir de rouge e batom. Pelo menos, devia ser agradável lambê-lo…

Independentemente da hipotética disparidade que possa haver entre o que se desejava embelezar e o realmente possível, o mais importante é não maquilhar valores, princípios, propósitos, trilhos esboçados. A beleza requer, como premissa essencial, um fundo sólido onde possa assentar…



Maria Bijóias

Título: O reflexo da beleza

Autor: Maria Bijóias (todos os textos)

Visitas: 0

623 

Comentários - O reflexo da beleza

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como fazer disfarces de Carnaval

Ler próximo texto...

Tema: Vestuário
Como fazer disfarces de Carnaval\"Rua
O ano começa e depressa chega uma data muito ansiada principalmente pelos mais jovens: o desejado Carnaval!

Esta é uma data que os pequenos adoram e deliram com as fantasias. O problema maior é a despesa que os disfarces representam e no ano seguinte já não usarão o mesmo disfarce ou, no caso dos mais pequenos, já não lhes serve.
O melhor nesta data é mesmo reciclar e aprender a fazer disfarces caseiros utilizando truques mais económicos e materiais reciclados para preparar as fantasias dos pequenitos!

Uma sugestão para os meninos é o traje de pirata que pode facilmente ser criado a partir de peças que tenha em casa. Procure uma camisa de tamanho grande e, de preferência, de cor branca com folhos. Se não tiver uma camisa com estas características facilmente encontrará um modelo destes no guarda-vestidos de alguma familiar, talvez da avó.

Precisará de um colete preto. Na falta do colete pode utilizar um casaco preto que esteja curto, rasgue as mangas pelas costuras dos ombros. As calças devem ser velhas e pretas para poderem ser cortadas na zona das pernas para envelhecer a peça. Coloque um lenço preto ou vermelho na cabeça do menino e, de seguida, com um elástico preto e um pouco de velcro tape um dos olhos.

Para as meninas não faltam ideias originais para fazer disfarces bonitos e especiais para este dia. Uma ideia original é a fantasia de Flinstone. É muito fácil e prática de fazer e fica um disfarce muito bonito. Comece por arranjar um pedaço de tecido branco. Coloque o tecido em volta do corpo como uma toalha de banho e depois amarre num dos braços fazendo uma alça. Depois corte as pontas em ziguezague mantendo um lado mais comprido que o outro. Amarre o cabelo da menina todo no cimo da cabeça, como se estivesse a fazer um rabo-de-cavalo mas alteie-o mais. Com o auxílio de um pente frise o cabelo, pegando nas pontas e passando o pente em sentido contrário até que fique todo despenteado. Numa loja de disfarces compre um osso de plástico e prenda na fita da criança.

Pegue nos materiais, puxe pela imaginação e ponha mãos ao trabalho!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Como fazer disfarces de Carnaval

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    09-06-2014 às 04:01:21

    Não em carnaval, mas em bailes de fantasia, sempre usei o TNT. Eles são ótimos para trabalhar o corte, para costurar e deixa bem bonito!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios