Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Alojamento > Pousadas da juventude: uma solução para um alojamento barato

Pousadas da juventude: uma solução para um alojamento barato

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Alojamento
Visitas: 2
Pousadas da juventude: uma solução para um alojamento barato

á vos aconteceu partilharem, mesmo que durante algum tempo um determinado espaço com alguém que passa a vida a queixar-se que não passa férias fora porque não tem dinheiro? Queixas, queixas e mais queixas… Queixam-se que a gasolina está cara, ou que não têm carro, que os alojamentos são caros, que as refeições fora são exorbitantes, enfim, um mar de lamúrias e queixumes que ao fim de 5 minutos, saturam a alma mais piedosa e paciente. São queixas frequentes e audíveis em qualquer lugar por qualquer comum mortal, mas sem desculpa. As alternativas existem e para isso basta procurá-las.

Se a pessoa que vos incomoda com tais lamechices nunca ouviu falar, lembrem-lhes que há já vários anos foram inventadas as pousadas da juventude.

Localizadas nos mais diversos locais (Ponte de Lima, Setúbal, Algarve, Porto, Alentejo, e muitos mais) as Pousadas da Juventude podem oferecer as mais variadas coisas.

As buscas podem partir exatamente daquilo de que não se prescinde. Por exemplo, se tiverem a ideia de que numa Pousada da Juventude, existe sempre barulho, desenganem-se. Isso até num hotel acontece. Vizinhança pouco respeitosa acontece em qualquer lugar e é um erro associar-se as Pousadas da Juventude a barulho e conversas do quarto ao lado.

Alguns quartos têm casa de banho particular, para isso basta procurar e quando encontrar (a busca não é muito complicada) reserve o quarto em específico.

Uma ideia é aproveitar promoções ou festejos. Por exemplo, muitas são as Pousadas da juventude que oferecem um jantar romântico na altura do Dia dos Namorados.

Os valores são do mais acessível e mais barato, nem campismo selvagem. Com o cartão de alberguista poderá usufruir de qualquer Pousada de Portugal a preços de meter inveja. A partir de 6€ por noite por exemplo, com direito ao banho e tudo, não se julgue que de pouco se pode usufruir. O cartão pode ser adquirido nas próprias Pousadas da Juventude ou Delegações Regionais do Instituto Português da Juventude e tem um custo mínimo sem limite de idade.

As Pousadas da Juventude fazem 50 anos, sabiam? São muitos anos a albergar e a estimar cliente de todas as idades. Não falta experiência a quem acolhe e quem é acolhido repete a experiência.

Assim, a próxima vez que ouvir uma lamúria de quem se entristece de não poder passar férias fora porque está mal de finanças, lembrem-se desta dica. Ficam os todos felizes – o queixoso vai de férias e vocês não o ouvem lamentar-se mais.


Carla Horta

Título: Pousadas da juventude: uma solução para um alojamento barato

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 2

Comentários - Pousadas da juventude: uma solução para um alojamento barato

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Um sinal de compromisso

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Jóias Relógios
Um sinal de compromisso\"Rua
Exibir uma aliança de compromisso é, frequentemente, motivo de orgulho e, quando se olha para ela, vai-se rodando-a no dedo e fica-se com aquela expressão ridícula na cara.

Uma questão se coloca: qual a razão de estas alianças de compromisso serem tão fininhas: será porque os seus principais clientes, os jovens, são sujeitos de poucas posses (tendendo as mesadas a emagrecer ainda mais com a crise generalizada) ou porque esse compromisso, não obstante a paixão arrebatadora, é frágil e inseguro?

Sim, porque aqui há que fazer cálculos matemáticos: x compromissos vezes y alianças…com um orçamento limitado sobre um fundo sentimental infinito…

Depois, importa perpassar os tipos destas alianças. Há as provisórias, que duram em média quinze dias; há as voadoras, que atravessam os ares à velocidade da luz quando a coisa dá para o torto; há as que insistem em cair do dedo, sobretudo em momentos em que ter um compromisso se revela extremamente inoportuno; e depois há as residentes, que uma vez entradas não tornam a sair.

Os pombos-correios usam anilhas onde figuram códigos que os identificam. Talvez não fosse completamente descabido fazer umas inscrições deste género em algumas alianças de compromisso por aí…

Só para ajudar os mais esquecidos a recordarem a que “pombal” pertencem.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Um sinal de compromisso

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Luene ZarcoLuene

    22-09-2014 às 05:46:10

    Um sinal de amor e lealdade perpétua! Adoro ver os vários modelos de aliança! Vale a pena escolher uma bem bonita!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios