Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Alojamento > Quando arrendar casa sai mais barato que ir para um hotel...

Quando arrendar casa sai mais barato que ir para um hotel...

Categoria: Alojamento
Visitas: 2
Comentários: 4
Quando arrendar casa sai mais barato que ir para um hotel...

Os viajantes estão cada vez mais criativos e poupados. A última inovação tem a ver com o alojamento. A tendência do turismo de cidade começa a abrir horizontes e em vez de se marcar dormida num hotel, já há quem prefira um lugar em que se sinta mais em casa, como tal, alugam apartamentos. Muitos acreditam que esta é a melhor maneira de se sentir a atmosfera do local.

Face a esta procura, proliferaram sites de aluguer de estadia de curta duração, havendo mesmo proprietários que investiram numa boa remodelação para conseguir cativar mais clientes. Existem factores essenciais que o possível hóspede procura, tais como a qualidade e a localização. Casas nos centros históricos, remodeladas, equipadas com electrodomésticos, berços e aparelhagem sonora, bem decoradas, são o que pode determinar ou não um arrendamento. Empresas de gestão destes apartamentos têm sido criadas. No fundo estas casas acabam por funcionar como aparthotéis, sendo o check in feito na casa com um membro da equipa e, o hóspede tem acompanhamento 24 horas por dia, através de uma linha telefónica especial. Tanto a limpeza como a manutenção estão incluídas no preço final, que ronda em média os 65 euros (casa para duas pessoas) por noite, variando estes valores de acordo com as épocas do ano e também com a duração da estada. O grande objectivo deste tipo de turismo é que as pessoas se possam sentir em casa, ao mesmo tempo que podem ter a experiência da vivência nos bairros típicos.

Este tipo de mercado é procurado maioritariamente por europeus, mas já desperta interesse junto de quem faz viagens de negócios. Muitos consideram que esta é mesmo uma forma de se sentirem em casa, tendo a vantagem de poderem também convidar pessoas para um melhor convívio. No fundo é quase como se nem saíssem de casa, podendo manter muitos dos hábitos que tinham: ir às compras, cozinhar o que mais apetece no momento, receber amigos e estes poderem comer e beber à vontade, já que existe a hipótese de dormirem lá por casa…

Se tudo o que foi descrito no texto o começa a entusiasmar e quem sabe a pensar mesmo em planear umas férias em casa, mas fora de casa, faça pesquisa na Internet que certamente irá encontrar várias opções de alojamento. Depois é só definir o local onde quer ficar, fazer contas ao dinheiro que quer gastar, ao tempo que quer ficar e reservar. Tão simples quanto isto.

Eu vou aderir e você?



Catarina Guedes Duarte

Título: Quando arrendar casa sai mais barato que ir para um hotel...

Autor: Catarina Guedes Duarte (todos os textos)

Visitas: 2

632 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 4 )    recentes

  • SophiaSophia

    21-04-2014 às 16:51:00

    A Rua Direita acredita que é uma das melhores soluções de estadia e poupa muito dinheiro. Tudo está tão caro hoje que arrendar tornou-se já bem comum!

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoSofia Nunes

    13-09-2012 às 17:12:56

    Concordo completamente consigo quando refere que alugar uma casa ou um apartamento é a forma mais eficaz de conhecermos a cultura de um país/região. Isto porque não temos à nossa disposição as mordomias de um hotel, tendo que comprar a nossa comida, procurar o nosso próprio transporte (enquanto alguns hotéis providenciam serviços de transporte aos clientes). No entanto, há algo insubstituível na estadia num hotel que nos faz sentir que estamos verdadeiramente em férias.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoRita P.

    15-03-2009 às 23:37:00

    Que ideia mais original que em tempos de crise faz todo o sentido.

    Infelizmente , eu e o meu marido estamos desempregados por isso este ao férias só mesmo as nossas idas diarias ao Café Central.

    No entanto, vou estando atenta ás oportunidades...

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoLisberto

    15-03-2009 às 13:37:00

    Galera adorei o seu texto...muito obrigado!

    ¬ Responder

Comentários - Quando arrendar casa sai mais barato que ir para um hotel...

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Cães e Humanos: Amizade por interesses

Ler próximo texto...

Tema: Animais Estimação
Cães e Humanos: Amizade por interesses\"Rua
Não é de hoje que os cães são considerados nossos melhores amigos, porém como toda amizade ela não é totalmente incondicional e livre de interesses, pense bem, você pode discordar a princípio, mas analise a fundo e verá que tenho razão.

Cães convivem conosco a mais de 10mil anos, foi lá atrás na pré história que essa amizade começou, uma das mais duradouras da história. Teorias dizem que essa conexão iniciou pois ambas as espécies precisavam de algo que não possuíam e juntos se completaram.

Em plena era do gelo onde a sobrevivência estava sendo testada a todo vapor, aquele lobo considerado mais corajoso se encontrou com um homem também corajoso e resolveram unir forças, talvez não conscientemente, mas deu certo para ambos, e ali iniciava uma amizade que duraria por milênios.

Nesse estágio da nossa história, corríamos perigo de sobrevivência; faltava comida, segurança e energia ! ... E então percebemos que esses lobos simpáticos poderiam nos dar uma vantagem na corrida contra a morte, afinal eles caçavam muito bem , coisa que tínhamos dificuldade em fazer pela falta de energia naquele momento; então pensamos, eles nos ajudam a caçar, nós dividimos o alimento e em troca eles ganham segurança e afeto, e foi assim que essa amizade nos ajudou a enfrentar todos os percalços do caminho, e hoje evoluímos tanto que não precisamos mais de seus serviços e ainda sim continuam sendo nossos melhores amigos, posso dizer então que realmente é uma amizade verdadeira, que surgiu da dificuldade e interesses mas que não se deixou abalar por nada.

Então, agora quando virmos alguém maltratar esses animais, desdenhar deles dizendo que "não prestam pra nada", "não fazem nada de útil", como a galinha que põe ovos, ou a vaca que dá leite, lembremo-nos o quão útil eles foram na nossa caminhada, não só no quesito físico mas também no emocional, numa época em que as aparências não importavam e nem o QI para se fazer um amigo, bastava ser corajoso o bastante pra ultrapassar barreiras e conhecer mais o outro, do jeito que ele viesse, garanto que vantagens incríveis nascerão dessa amizade, e não pense em vantagens como algo ruim, quando digo penso em a vantagem da gente se sentir o humano mais importante do mundo quando esses seres peludos nos olham nos olhos sem pedir mais nada em troca, damos e recebemos carinho como nunca, uma retribuição silenciosa a quem sempre esteve do nosso lado, no pior e melhor momento.

O maior interesse em uma amizade é que ela dure para sempre, e acho que com os Cães conseguimos isso.

Pesquisar mais textos:

Lara Lavic

Título:Cães e Humanos: Amizade por interesses

Autor:Lara Lavic(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios