Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Como Curar uma Ressaca

Como Curar uma Ressaca

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Saúde
Comentários: 1
Como Curar uma Ressaca

Ora aqui está um tema que pelo menos uma vez na vida, esteve interessado em estar informado.

A noite anterior foi de arromba. A música estava perfeita, a companhia era fantástica e a cerveja…. Bem essa foi a rainha da festa. Geladinha, refrescava do calor que se sentia.
Mesmo consciente que beber faz mal á saúde e que apanhar uma bebedeira pode dar num resultado menos positivo, acontece que em dias de festa o abuso acontece e beber em excesso é o rumo que se leva em noite de folia.

Se tiver boleia até casa e achar de gatinhar é a melhor forma de entrar em casa, é porque ainda está em condições de se atirar para cima da cama e deixar-se embalar no sono dos bem bebidos.

Se puder dormir no dia seguinte, considere-se um felizardo, mas se tiver de comparecer a algum compromisso na manhã seguinte, considere-se em apuros.

Não conseguirá fazer milagres, mas existem algumas dicas que podem ajudá-lo a ultrapassar este dia tão difícil que se avizinha.

Quando se levantar, comece por ingerir líquidos. A água é essencial, mas se acha que o sabor o faz lembrar folhas de papel de música, pode também optar por sumo de laranja ou de melancia.

O chá de camomila ou de tília também ajudam a “arrumar” o estomago e a tranquilizar a dor de cabeça, mas a coca-cola também é uma boa opção (por causa do açúcar e do gás).
O café pode não ser o mais indicado. Certo é que o pode ajudar na dor de cabeça, mas pode não ser o melhor para o estômago.

Tente comer. Coisas secas como uma torrada ou bolachas de água e sal ou até mesmo cereais (sem o leite, claro), podem ser uma boa opção, mas a fruta ganha pontos até aqui.

Tome um duche alternando a água quente com a água fria. Vai ativar a circulação e vai acordá-lo com toda a certeza.

Apanhe ar. Este vai fazê-lo acordar e sentir-se melhor. Porque não comer a sua fruta na varanda?

Apesar de todas estas dicas, se tiver a possibilidade de ficar a descansar, é sempre melhor. Experimente mesmo assim tomar o duche, comer a fruta, beber líquidos e descansar. Depois disto vai ficar pronto para outra.

Ah… Já agora deixa-se uma dica para quem se sente tonto quando se deita na cama depois de ter bebido em excesso. Coloque um pé de fora da cama e deixe-o estar no chão. Dizem os experientes que ajuda e as tonturas passam.


Carla Horta

Título: Como Curar uma Ressaca

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 0

627 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãotiago

    28-06-2012 às 23:16:31

    muito bom me ajudou bastante, o meu irmão ao fim de semana chega sempre muito mal....obrigado

    ¬ Responder

Comentários - Como Curar uma Ressaca

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Informática
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?\"Rua
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Bom, Não é de hoje que tecnologia vem surpreendendo a todos nós com grandes revoluções e os custos que diminuem cada vez mais.
Hoje em dia é comum ver crianças com smarthphones com tecnologia que a 10 anos atrás nem o celular mais moderno e caro do mercado tinha.
Com isso surgiram sugiram vários profetas da tecnologia e visionários, tentando prever qual será o próximo passo.

E os filmes retratam bem esse tema e usam essa formula que atrai a curiosidade das pessoas.
Exemplos:

Minority report - A nova lei de 2002 (Imagem)

Transcendence de 2014

Em Transcendence um tema mais conspiratório, onde um ser humano transcende a uma consciência artificial e assim se torna imortal e com infinita capacidade de aprendizagem.
Vale a pena ver tanto um quanto o outro filme. Algumas tecnologias de Minority Report, como utilizar computadores com as mãos (caso do kinect do Xbox 360 e One) e carros dirigidos automaticamente, já parecem bem mais próximo do que as tecnologias vistas em Transcendence, pois o foco principal do mesmo ainda é um tema que a humanidade engatinha, que é o cérebro humano, a máquina mais complexa conhecida até o momento.

Eu particularmente, acredito que em alguns anos teremos realmente, carros pilotados automaticamente, devido ao investimento de gigantes como o Google e o Baidu nessa tecnologia.

Também acho que o inicio da colonização de Marte, vai trazer grandes conquistas para humanidade, porém grandes desafios, desafios esses que vão nos obrigar a evoluir rapidamente nossa tecnologia e nossa forma de encarar a exploração espacial, não como um gasto, mas sim como um investimento necessário a toda humanidade e a perpetuação da sua existência.

A única salvação verdadeira para humanidade e para o planeta terra, é que seja possível o ser humano habitar outros planetas, seja localizando planetas parecidos com a terra ou mudando planetas sem condições para a vida em planetas habitáveis e isso só será possível com gente morando nesses planetas, como será o caso do Marte. O ser humano com a sua engenhosidade, aprendeu a mudar o ambiente a sua volta e assim deixou de ser nômade e da mesma forma teremos que aprender a mudar os mundos, sistemas, galáxias e o universo a nossa volta.

Espero que tenham gostado do meu primeiro texto.
Obrigado à todos!
Até a Próxima!


Pesquisar mais textos:

Érico da Silva Kaercher

Título:Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Autor:Érico da Kaercher(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios